18.3.18

1- EQUIPE JURÍDICA RASTREIA POSTS CALUNIOSOS CONTRA MARIELLE NAS REDES SOCIAIS; 2- “DEMOCRACIA ESTÁ AMEAÇADA”, DISSE MARIELLE FRANCO EM ENTREVISTA INÉDITA; ASSISTA [VÍDEO]

REDAÇÃO -

Quem compartilhar áudios de WhatsApp ou posts com calúnias contra a socióloga será devidamente processado.


Assim como acontecerá com a desembargadora Marília Castro Neves e com o deputado federal Alberto Fraga (DEM-DF), que atacaram a vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ), pelas redes sociais, e serão alvos de representações no Conselho Nacional de Justiça e na Comissão de Ética da Câmara, respectivamente, quem tiver a mesma ideia deve se preocupar. Uma mensagem está circulando nas redes com o seguinte conteúdo:

“Avisem quem mandar áudios de WhatsApp ou posts com calúnias contra Marielle que há uma grande equipe jurídica voluntária rastreando tudo e quem compartilhar esse lixo será devidamente processado. Ela não será difamada. Não permitiremos”. (via Revista Fórum)

Os prints caluniosos devem ser encaminhados para o e-mail
contato@ejsadvogadas.com.br

Leia tambémTexto de Henrique Coelho do G1 Rio.

***
“DEMOCRACIA ESTÁ AMEAÇADA”, DISSE MARIELLE FRANCO EM ENTREVISTA INÉDITA

Há menos de um mês, Marielle Franco falou sobre intervenção federal à equipe da Pavio e o quanto o discurso do medo prejudica a população negra e favelada.

Por Maria Teresa Cruz e Pavio, na Ponte Jornalismo – “Foi um dia infeliz, de dor”, desabafou a vereadora Marielle Franco (PSOL), a respeito do anúncio da intervenção federal na segurança do Rio de Janerio pelo governo Michel Temer (MDB). O desabafo foi feito numa de suas últimas entrevistas, concedida à Pavio, parceira da Ponte, menos de um mês antes de Marielle ser assassinada, junto com o motorista Anderson Pedro Gomes, no Estácio, região central. (...)