7.3.18

O STF E A PGR QUEREM CONDENAR LULA PARA MANTER O IMORAL AUXÍLIO-MORADIA E OUTROS PENDURICALHOS!

EMANUEL CANCELLA -


A presidente do STF, Carmem Lucia, nega 2 habeas corpus de Lula que impediriam sua prisão em segunda instância (3). A Constituição garante a Lula ou a qualquer brasileiro a presunção de inocência e a garantia de não punição até o processo transitar em julgado assim ninguém pode ser punido pela segunda instância do Judiciário.

Segundo o Artigo 5º, inciso LVII, da Constituição Federal, que preceitua:

"Ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória".

Pasmem! O STF é guardião da Constituição Federal. A presidente do STF, Carmem Lúcia, negando o habeas corpus a Lula, rasga nossa Constituição.

A PGR, Raquel Dodge, que deveria ser a fiscal da lei, nega um direito cristalino de prisão só com o processo transitado em julgado e  também é a favor da prisão de Lula em segunda instância (1).

O que nossa tanto a presidente do STF como a do PGR não dizem é que estão retaliando Lula e o condenando pelo fato dele ter acabado com o imoral auxílio-moradia. Lula disse que juiz tem que ganhar bem e sempre em seu governo concedeu aumento, porém acabara com a farra do auxílio moradia.

Segundo reportagem do DCM:

 “O justo era acabar com isso, reestruturando a carreira, aumentando o salário e preservando o auxílio apenas nos casos de transferência de magistrados para lugares distantes.

Lula concordou que juiz tinha que ganhar bem, e não por subterfúgios ou penduricalhos.  Acionou seu então ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, que ajudou a formatar a proposta e incluí-la no orçamento da União.

O Congresso em 2005 aprovou e a República achou que tinha ficado livre do auxílio-moradia dos juízes – até que ele voltou a ser universalizado, por decisão do ministro Luiz Fux, do STF, em 2014. (2)”

Na verdade, tanto o STF como a PGR estão com medo de Lula, que se mostrou um presidente corajoso e acabou com imoral auxílio moradia e, com certeza, vai questionar os ilegais supersalários e os demais penduricalhos.

Construímos, no Brasil, uma realeza, formada de juízes e procuradores. Não se trata somente de super salários, tem juiz no Rio de Janeiro ganhando mais de R$ 600 000,00 (seiscentos mil reais) por mês (4). Se algum deles for condenado, a pena máxima para eles é a aposentadoria compulsória, com todos os direitos.

Eleição sem Lula é golpe!

Fonte: