2.4.18

1- FRENTE ANTIFASCISTA REÚNE LULA E FREIXO NO RIO; 2- COORDENADOR DE DIVERSIDADE DO RIO É ALVO DE EMBOSCADA

REDAÇÃO -


O deputado carioca Marcelo Freixo e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva protagonizarão juntos um ato político pela primeira vez ao longo de suas trajetórias. Um sinal dos tempos, que aponta para o tamanho dos desafios do campo progressista frente a crise deflagrada na política brasileira.

A manifestação, que deverá contar com a presença também Jandira Feghali, Lindbergh Farias, Manuela D'Ávila, além de diversas lideranças políticas de diversos partidos, tem como mote a Defesa da Democracia e acontece após um agravamento da violência no país: o assassinato da vereadora do PSOL Marielle Franco, que trabalhou muitos anos com Freixo, e o mais recente atentado à Caravana de Lula pelo sul do país, no qual dois ônibus foram atingidos por 3 tiros de arma letal.

O assassinato de Marielle Franco deverá ser lembrado também com importantes homenagens de figuras públicas e artistas. (via Mídia Ninja)

***
COORDENADOR DE DIVERSIDADE DO RIO É ALVO DE EMBOSCADA

O coordenador Especial da Diversidade Sexual da Prefeitura do Rio de Janeiro, Nélio Georgini, foi perseguido e teve o carro alvejado por disparos de arma de fogo quando deixava um bar da Zona Norte da capital fluminense.

Segundo Georgini dois motoqueiros armados seguiram o seu carro – onde também estavam o marido e os pais do coordenador – logo após ele deixar o tradicional bar Adonis por volta das 14h30 deste domingo (1).

"Acredito que fomos seguidos do restaurante até o Bairro do Rocha, onde fui deixar meus pais em casa" relatou. "Eles estavam usando capacetes e apontaram às armas para o meu carro, fugimos pela Rua Ana Nery quando os motoqueiros emparelharam o carro e dispararam seis tiros", disse Georgini.
Apesar dos criminosos terem disparado seis vezes contra o veículo, segundo Georgini, ninguém ficou ferido no atentado ao coordenador. (via Rio247)