29.4.18

DESESPERO DOS GOLPISTAS E DA GLOBO AUMENTA A CADA DIA

MÁRIO AUGUSTO JAKOBSKIND -

Ex-Presidente Dilma Rousseff e outros amigos de Lula foram impedidos de entrar na sede da Polícia Federal, em Curitiba.
A juíza Carolina Lebbos, da 12ª Vara da Justiça Federal do Paraná, está visivelmente passando dos limites e deve ser denunciada. Lebbos simplesmente vetou a visita do médico do preso político Luiz Inácio lula da Silva, segundo denunciou o deputado gaúcho Paulo Pimenta em pronunciamento na Câmara dos Deputados.

É, sem dúvida, uma arbitrariedade da juíza e que deve ser repudiada por quem quer ver vigorar no Brasil um estado democrático. Lebbos não pode adotar tal prática, que depõe contra o Brasil. Essa juíza, sem dúvida, se alinha com os setores que têm ódio ao ex-presidente, mas que apesar de tudo continua liderando as pesquisas de opinião púbica, o que provoca irritação e grande instabilidade nos setores da direita, que não se cansam de se apresentar como centro do espectro político.

Liderados pelas Organizações Globo, que há tempos é na prática um partido político e não um espaço verdadeiramente jornalístico, o noticiário diário nos vários espaços do grupo, fazem de tudo para enganar a opinião pública, sobretudo entre os incautos. Nos últimos dias o noticiário na Rede Globo, por exemplo, tem se esforçado em queimar de vez  imagem de Lula. Mas o desespero é notório, porque, apesar do referido espaço midiático, o ex-presidente segue liderando as pesquisas de opinião.

A Rede Globo se desespera, porque os seus candidatos preferenciais, Rodrigo Maia e  o ex-ministro Henrique Meirelles não passam de 1%. Essa é a realidade atual, inclusive com outro candidato alinhado no esquema, Geraldo Alckmin, não conseguir nas pesquisas nem um número expressivo no Estado em que governou durante muito tempo.

Na verdade, a persistir o atual quadro, é preciso muita atenção, porque os golpistas de sempre podem estar preparando alguma coisa grave para evitar mais uma derrota eleitoral, como vem acontecendo desde 2002. Uma ocorrência forjada, que os golpistas são capazes de fazer, resultaria na suspensão do pleito marcado para 7 de outubro próximo.

Nesse sentido, todo cuidado é pouco, porque os setores que assumiram o governo, não pelo voto, são capazes de qualquer coisa para evitar serem barrados pelos eleitores e, sobretudo, impedidos de continuar levando adiante um projeto que está liquidando com o país.

Não é à toa a ocorrência da manipulação da informação que a Rede Globo e outros espaços midiáticos do grupo praticam diariamente.

Chama atenção também o posicionamento dos tais colunistas de sempre,convocados pelo patronato para iludir a opinião pública. E por mais que eles apresentem seus argumentos, os fatos estão  a falar mais alto do que argumentam. (via Brasil de Fato)