3.4.18

LAVA JATO FAZ JEJUM PELA PRISÃO DE LULA, MAS COMETE PECADO MORTAL PROTEGENDO A QUADRILHA TUCANA!

EMANUEL CANCELLA -


Essa de o procurador da Lava Jato, Deltan Dallagnol, fazer jejum pedindo a Deus a prisão de Lula o torna ridículo, mais uma vez (4).

Nenhum religioso de nenhuma religião pede a Deus uma coisa injusta. Uma questão, acima de qualquer suspeita, é de que Deus protege os justos.

Além de reincidir no erro entre os homens, já que Dallagnol denunciou Lula sem provas, mas com convicção, e ainda assim pede sua prisão (3), também diante de Deus, Dallagnol pecou tanto quando denunciou Lula sem provas como agora reincide no pecado quando faz jejum pela sua prisão.

Dallagnol mesmo tendo moradia própria, onde trabalha, recebe ainda o imoral e ilegal auxílio-moradia, e, o pior, comprou duas unidades de apartamentos do Minha Casa Minha Vida, programa do governo subsidiado pois é dirigido aos pobres. E não foi para morar, foi para ganhar dinheiro, especular, deixando quem precisa sem teto (1).

Os expoentes da Lava Jato, Sergio Moro, Dallagnol e o juiz Marcelo Bretas  foram pegos com provas e convicção no imoral e ilegal auxílio-moradia (1).

Marcelo Bretas, o juiz que já se declarou em cruzada, fez eco ao “irmão” Dallagnol, pois também se colocou em oração. Bretas pelo menos não fez jejum.

Antes do episodio do jejum: “Igreja evangélica esvaziou durante pregação de Dallagnol e pastor chamou fieis de “tolos”” (2).

Na verdade Dallagnoll não está enganando nem os evangélicos, então como acreditar em suas convicções?

Enquanto Dallagnol faz jejum pela prisão de Lula, denúncia formalizada ao MPF, em novembro de 2016, apontando e detalhando a gestão criminosa dos tucanos FHC e Pedro Parente na Petrobrás, até hoje continua sem resposta, veja denúncia na íntegra (5).

O tucano Aécio Neves é recordista em denuncias na Lava Jato e continua livre leve e solto (6).

Dallagnol está dando um tiro no pé, pois se Lula for preso ele  não vai mais poder comprar imóveis do Minha Casa Minha Vida!

Fonte: