28.4.18

REPÚBLICA DO PARANÁ. QUEM MANDA É O MORO

MIRSON MURAD -


O juiz Sérgio Moro, marido da advogada da Shell, de suas irmãs petrolífera, do PSDB e que já foi da APAE, tomou a decisão soberana de ignorar as determinações do Supremo Tribunal Federal que transferia para São Paulo o julgamento do eterno presidente brasileiro Luis Inácio Lula da Silva.

Com seus poderes supremos, que lhe foram conferidos pela República do Paraná, o magnífico magistrado, também conhecido por Mensalão, Lava Jato e, principalmente, pela carinhosa alcunha de "Tenho Convicção de Sua Culpa E Por Isso Eu O Condeno", está dando prova inequívoca da máxima: "Manda quem pode, obedece quem tem juízo".

Os ministros do STF, pessoas ajuizadas que são, nada farão, nada dirão. Mesmo porque seriam decisões inócuas, sua excelência Sérgio Moro, a mais alta autoridade jurídica de Pindorama manda e desmanda com os poderes que lhe foram conferidos, sempre acertadamente, é intocável.

Alguém duvida?

---
Leia também: