19.4.18

SERGIO MORO E JOAQUIM BARBOSA, FARINHA DO MESMO SACO!

EMANUEL CANCELLA -


O juiz Sergio Moro tem uma folha extensa de cumplicidade com os tucanos. Tudo começou em meados da década de 90, no Banestado escândalo cuja chefia da investigação coube ao juiz Moro, que segundo o senador Roberto Requião do PMDB/PR:

“O maior escândalo do país não foi o Mensalão o Petrolão foi o Banestado que surrupiou meio trilhão de reais dos cofres públicos. Um escândalo exclusivamente tucano e nenhum deles foi preso” (10).

Leia mais na COLUNA