22.4.18

SINDICATO INICIA CAMPANHA SALARIAL DE MAIS DE 350 MIL TRABALHADORES NO COMÉRCIO DO RIO DE JANEIRO

GABRIEL FRÓES -

Em assembleia realizada na sede do Sindicato dos Comerciários do Rio, no Centro, com a participação de mais de 100 trabalhadores no comércio do Rio, Paty do Alferes e Miguel Pereira, a categoria aprovou o reajuste salarial de 8%, entre as principais reivindicações da categoria para a campanha de 2018, que tem sua data base 1º de maio. O percentual sugerido irá equiparar ao piso do comerciário regional no valor de R$1.250.


Entre as requisições dos comerciários, que constam da pauta aprovada por unanimidade, na noite de quinta-feira (19/4), com o objetivo de melhorar as condições de trabalho estão o reajuste no auxílio alimentação/refeição e creche, vale transporte, adoção do banco de horas, licença maternidade de 180 dias e paternidade de 120 dias, plano de saúde para empresas acima de 200 empregados e o pagamento de aviso prévio e homologação no sindicato.

O presidente do Sindicato, Márcio Ayer explicou que além do aumento salarial, há diversos itens que precisam ser debatidos com os 26 sindicatos patronais que englobam os setores dos comerciários. “Precisamos estar unidos para manter os direitos conquistados e assegurar novas demandas, como por exemplo, o pagamento de horas extras, o adicional aos domingos e feriados e estabelecer a jornada dos empregados dos supermercados”, declarou Ayer.

De acordo com o Sindicato, muitas empresas ainda violam os direitos já acordados e definidos em Convenções Coletivas de Trabalho (CCTs), como por exemplo, o comerciário não poder efetuar transporte de valores. “Nossa luta está só começando, mas estamos prontos para negociar, porque como o mote da nossa campanha: Sou comerciário, respeite o meu trabalho, é isso que buscamos”, concluiu o presidente do Sindicato dos Comerciários, que representa mais de 350 mil trabalhadores. (informações assessoria do SECRJ)