11.5.18

PARLAMENTARES E TRABALHADORES REALIZAM EVENTOS CONTRA PRIVATIZAÇÃO DA ELETROBRAS

ILUSKA LOPES -

ALERJ será palco de audiência pública e lançamento de frente parlamentar.


Nesta sexta-feira (11/05), às 10h, o Plenário da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (ALERJ) receberá a Audiência Pública Contra a Privatização da Eletrobras, Furnas, Cepel e Eletronuclear, convocada no âmbito da Comissão Especial do PL 9463/2018. Na ocasião também acontecerá o lançamento da Frente Parlamentar no Estado do Rio de Janeiro em Defesa do Setor Elétrico. A sessão da Comissão Especial da Câmara Federal é fruto de requerimento formalizado pelos Deputados Federais Alessandro Molon (PSB-RJ), e Glauber Braga (PSOL-RJ); já a Frente Parlamentar será liderada pelo Deputado Estadual Carlos Minc (PSB). O evento atende a anseios de trabalhadores do setor elétrico, em especial os empregados da Eletrobras e suas subsidiárias, que vêm contando com apoio de uma quantidade significativa de parlamentares de todo o país   – Deputados Federais e Estaduais, além de Vereadores – também contrários à privatização da Eletrobras. Trabalhadores de outras empresas e fundos de pensão que também estão sob ameaça de intervenção, privatização e até mesmo extinção por parte do atual governo estão solidários à causa dos eletricitários e também confirmaram presença.

Além de parlamentares contrários à privatização da Eletrobras em um movimento suprapartidário, algumas lideranças importantes ligadas aos trabalhadores e entidades independentes foram convidadas a compor a mesa da sessão: Pedro Pereira, Presidente do Clube de Engenharia; Ronaldo Bicalho, Professor da UFRJ e Diretor do Instituto Ilumina; Victor Costa, representante dos empregados de Furnas; Urbano Vale, representante do Sindicato Majoritário; Emanuel Mendes, representante dos empregados da Eletrobras; Gunther Angelkorte, representante dos empregados da Eletronuclear; e Edilson Soares, representante dos empregados da Cepel. Os entes envolvidos afirmam que o evento é um ato de defesa do setor estratégico de energia e tem como principal objetivo proteger os reais interessas da população, contrários ao desmonte do Estado Brasileiro, em especial das áreas ligadas à infraestrutura.

Há uma grande expectativa em torno das presenças do Ministro de Minas e Energia, Moreira Franco, e do Presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Jr. A ocasião pode ser uma boa oportunidade para que as posições opostas sejam apresentadas diante da corrente contrária à privatização, que alega absoluta falta de diálogo por parte do governo.

Os eventos acontecem em um momento importante do processo de tentativa de privatização da Eletrobras e suas subsidiárias por parte do Governo Federal. Nesta quarta-feira (09/05) foi aprovado pela Comissão Mista que analisa o tema, o texto principal da MP 814/2017, que trata da privatização das distribuidoras da Eletrobras. Assim como todo o processo desde o início, a votação do texto se deu sob intensos protestos, principalmente da oposição, e de forma apressada, como todo o processo até aqui.

---
SERVIÇO:

AUDIÊNCIA PÚBLICA CONTRA A PRIVATIZAÇÃO DA ELETROBRAS, FURNAS, CEPEL E ELETRONUCLEAR. LANÇAMENTO DA FRENTE PARLAMENTAR NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM DEFESA DO SETOR ELÉTRICO.

Sexta-feira (11/05) às 10h
Plenário da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (ALERJ)
Palácio Tiradentes – Rua Primeiro de Março, s/n – Praça XV – RJ.