15.5.18

PEDRO PARENTE, UM CRIMINOSO, COM AVAL DA LAVA JATO, DESTRÓI A PETROBRÁS E HUMILHA OS PETROLEIROS!

EMANUEL CANCELLA -


Pedro Parente é réu, desde 2001, em ação que deu um prejuízo de bilhões a Petrobrás (1). E volta à Petrobrás, indicado pelo golpista MiShell Temer, agora com aval da Lava Jato,  para chafurdar ainda mais:

- “Vende” o campo de Carcará, do pré-sal, sem licitação, ao preço de um refrigerante o barril de petróleo.

- “Vende” também, sem amparo legal, a petroquímica de Suape pelo preço aproximado de 5 dias de faturamento (3,4).

- Pedro Parente celebra ainda  acordo com os acionistas americanos pelo qual a Petrobrás pagou R$ 10 BI, mesmo sem a Petrobrás ter sido condenada (2).

- Pedro Parente está vendendo as refinarias da Petrobrás. Tirou a Petrobrás e entrega aos gringos as áreas do setor petróleo mais estratégicas empregatícias e lucrativas, como gás, petroquímico, fertilizante e combustível (5,6).

Mas se Pedro Parente favorece os gringos, com os petroleiros é só chicotada.

Há fortes indícios de que Parente, no ataque ao Beneficio Farmácia, estava junto com a Globo, no programa do Fantástico em que buscou atingir a imagem da Petrobrás e tratou a categoria petroleira como bandida (8).

Se não estivessem mancomunados a Petrobrás teria respondido às criticas da Globo com referência ao Beneficio Farmácia: diria que os remédios, que não eram todos, só poderiam ser retirados em farmácias credenciadas e com receita assinada por médico; diria que todos os petroleiros e seus dependentes, cerca de 300 mil petroleiros, pagavam no contracheque pelo Benefício, mesmo aqueles que não utilizavam nenhum tipo de remédio.

Entretanto, Pedro Parente, para mostrar de que lado ele estava, acabou com o Beneficio Farmácia e ainda aumentou a participação financeira dos petroleiros na AMS.

Pedro Parente também cobra nos, contracheques dos petroleiros, por um possível rombo no fundo de pensão Petros, mais de 13%, o que está levando vários petroleiros aposentados à morte.

Digo que “possível” rombo porque o barril de petróleo, na época da crise, caiu de US$ 140 para US$ 25 o barril, teria saído daí parte da diferença nas contas da Petros. Hoje o barril de petróleo está acima de US$ 70. Por exemplo, as ações da Petrobrás triplicaram de valor e elas compõem carteira de investimentos da Petros.

Pedro Parente  exige também que todos os funcionários liberem dados do patrimônio informados à Receita (7) com a intenção de desviar a atenção da sociedade e dizer que ele, o corrupto mor, está combatendo à corrupção na Petrobrás.

E não digam que os petroleiros ficaram calados diante das falcatruas do tucano Pedro Parente na Petrobrás!

Foi um petroleiro que denunciou o rombo bilionário de Pedro Parente, em 2001, na Petrobrás, veja a denúncia na íntegra (1).

E foi também outro petroleiro que denunciou, em novembro de 2016,  ao MPF, a omissão da Lava Jato em relação à gestão criminosa dos tucanos FHC e Pedro Parente na Petrobrás! Veja também na íntegra a denúncia (9).

Fonte: