20.7.18

1- INADIMPLÊNCIA ATINGE 61,8 MILHÕES DE CONSUMIDORES, MAIOR DO SERASA DESDE 2016; 2- CENTRÃO OFICIALIZA APOIO A ALCKMIN

REDAÇÃO -


O índice de inadimplência do consumidor cresceu 1,98% em junho na comparação com o mesmo mês de 2017, informa a Serasa Experian. O número de brasileiros inadimplentes no país atingiu 61,8 milhões em junho, o maior desde o início da série histórica, iniciada em 2016. No período, as dívidas somaram R$ 273,4 bilhões, com média de quatro por CPF, totalizando R$ 4.426 por pessoa.

O enfraquecimento do ritmo de crescimento econômico contribui para manter em nível elevado a taxa de desemprego e, consequentemente, a inadimplência do consumidor, explicam os economistas da entidade.

O montante de inadimplentes com faixa etária acima de 61 anos foi o que mais cresceu nos últimos dois anos, segundo a Serasa, embora não seja o mais elevado. Em junho, 35% dos brasileiros com idade acima dessa idade estavam com contas atrasadas, um crescimento de 2,6 pontos porcentuais em relação ao mesmo mês de 2016.

A faixa etária de pessoas inadimplentes continua sendo a dos adultos entre 36 e 40 anos, com 47,3%, embora tenha crescido menos do que a de idosos. Segundo a Serasa, no Brasil, 40,3% da população adulta está inadimplente. (…)

***
Centrão oficializa apoio a Alckmin

Após reunião de líderes com Geraldo Alckmin em Brasília nesta quinta-feira (19), o Centrão decidiu apoiar o tucano.

A disputa estava entre Ciro Gomes (PDT) e o ex-governador de SP. Com isso, Alckmin recebe apoio do DEM, PP, PRB, PR e SD.

Josué Gomes (PR), filho do ex-vice-presidente José Alencar, será o vice. (via DCM)