8.7.18

HÁ 24 ANOS FALECIA O PRESIDENTE KIM IL SUNG

LUCAS RUBIO -

Em um 8 de julho de 1994 o mundo se viu sem um dos maiores revolucionários de todos os tempos, KIM IL SUNG, Presidente da República Popular Democrática da Coreia e líder da Revolução Coreana.


KIM IL SUNG devotou toda sua vida ao povo. Desde a mais jovem idade, esteve envolvido ativamente na liderança de um movimento nacional coreana contra a ocupação colonial do Japão. Aos 14 anos fundou o que seria a semente de um exército imenso que libertaria a Coreia dos ocupantes japoneses.

Depois de liderar o povo coreano contra os japoneses, KIM IL SUNG liderou o povo contra outro brutal inimigo invasor: os Estados Unidos. A Guerra de Libertação Nacional durou de 1950 a 1953 e terminou com a humilhante assinatura de um armistício por parte dos EUA, que, com esse ato, admitiram sua primeira derrota militar na História.

Durante as décadas seguintes, KIM IL SUNG tratou de liderar a construção de um país próspero, industrializado, alfabetizado e desenvolvido. Durante esse período, a Coreia Popular passou a contar com uma das melhores e mais crescentes economias do mundo. O Presidente também tratou de estabelecer laços de amizade com o mundo inteiro, tendo visitado vários países e prestado apoio, inclusive material, a vários processos revolucionários e de libertação popular e nacional.

KIM IL SUNG trabalhou até seu último minuto de vida. No dia de seu falecimento, assinou vários documentos e resoluções de Governo. O último documento assinado por KIM IL SUNG tratava da Reunificação da Coreia, dividida pelos americanos em 1945 em dois Estados diferentes.

Em 8 de julho de 1994, aos 82 anos de idade, o Eterno Presidente KIM IL SUNG partiu, deixando órfão o povo coreano que sentiu uma tristeza nunca antes experimentada. A morte de KIM IL SUNG coincidiu com um momento econômico desfavorável devido à queda dos mercados socialistas na Europa Oriental e URSS, momento esse agravado por terríveis calamidades climáticas e ambientais ocorridas no país. Foi dura e triste o desaparecimento físico do Presidente KIM IL SUNG.

Viajando pelos rincões da Coreia e trabalhando arduamente por toda sua vida, KIM IL SUNG é um exemplo imortal de líder comunista internacionalista apaixonado incondicionalmente pelo seu povo e pela liberdade. Ele venceu o imperialismo japonês e o imperialismo americano e trouxe ao seu povo a liberdade de dias iluminados pelo sol do socialismo.

KIM IL SUNG ESTÁ SEMPRE CONOSCO! KIM IL SUNG, PRESENTE!

* Lucas Rubio - Presidente do Centro de Estudos da Política Songun-Brasil, colaborador do site TRIBUNA DA IMPRENSA Sindical.