24.8.18

DEDO NA FERIDA DISPUTA O POSTO DE FILME NACIONAL QUE VAI CONCORRER À INDICAÇÃO AO OSCAR

Via SENGE-RJ -

Filme de Silvio Tendler, produzido pelo Senge-RJ e pela Fisenge, foi habilitado na primeira etapa da seleção, que será concluída no dia 11 de setembro.


O documentário Dedo na Ferida, de Silvio Tendler, produzido pelo Sindicato dos Engenheiros no Estado do Rio de Janeiro (Senge-RJ) e pela Federação Interestadual dos Sindicatos de Engenheiros (Fisenge), foi selecionado para concorrer ao posto de longa-metragem brasileiro que vai disputar uma vaga entre os cinco indicados ao prêmio de Melhor Filme em Língua Estrangeira do Oscar 2019. A festa do Oscar será realizada no dia 24 de fevereiro de 2019, em Los Angeles (EUA), pela Academy of Motion Picture Arts and Sciences.

A primeira etapa do processo de escolha do filme nacional na disputa da indicação ao Oscar foi finalizada pelo Ministério da Cultura, e habilitou, além de Dedo na Ferida, outros 21 filmes. O representante brasileiro será escolhido por uma Comissão Especial de Seleção, formada por membros indicados pela Academia Brasileira de Cinema (ABC). O anúncio do longa selecionado está programado para 11 de setembro, na Cinemateca Brasileira, em São Paulo.

O longa-metragem entrevista economistas, trabalhadores e trabalhadoras, políticos e intelectuais de diferentes partes do mundo, apresentando de forma clara o desmonte global promovido pelo capital financeiro, contra o Estado de bem-estar social. Ganhou os prêmios de Melhor Filme Documentário no Festival Rio/2017 e na Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental/2018, além de ter integrado a Seleção Oficial do Festival de Havana/2017.

Fonte: Senge-RJ