20.8.18

FALTAM 48 DIAS PARA O PRIMEIRO TURNO DA ELEIÇÃO PRESIDENCIAL


HELIO FERNANDES -


Desde a primeira disputa pelo voto direto (em 1945, depois da derrubada da ditadura do "Estado Novo") a de agora é a mais cansativa, monótona, medíocre. 13 candidatos e uma incógnita. Na verdade, 13 incógnitas e um único candidato verdadeiro; Luiz Inácio Lula da Silva, que lidera todas as pesquisas. Amanhã, terça feira, a Data Folha divulga nova pesquisa, com Lula disparado.

Condenado duas vezes, sem provas, apenas "convicção" do juiz Moro. Recorreu ao TRF-4, tudo acertado e combinado, os 9 aumentados para 12, a segunda instancia, e a prisão novamente sem provas, considerado inelegível pelo Ministro Fux, na véspera de deixar a presidência do TSE. Isso numa entrevista de TV.

Quatro ministros da Segunda Turma vinham conversando sobre o exagero de certas punições. Dois dias antes do recesso, examinaram as duas condenações de José Dirceu. 20 anos aplicados por Moro, mais 10 pelos ínclitos desembargadores do TRF-4. Constataram o absurdo de duas penas elevadíssimas pelas mesmas acusações. Estão revendo as condenações. Iam fazer o mesmo com as condenações de Lula, foram derrotados pela conspiração do judiciário, que cerceia até membros do STF.

Iam rever as punições do ex-presidente, foram derrotados pela conspiração do judiciário, que atinge e cerceia até membros do STF.

BOLSONARO ATACA E INSULTA MARINA

Os debates (coletivos) e as entrevistas (individuais) desperdiçaram audiência, com o silencio e a omissão do capitão quase analfabeto. Ele mesmo confessa que sabe pouca coisa de quase tudo.

Nas entrevistas e nos debates, tentava ficar bem longe, não perguntava nem respondia. Conhecendo sua fragilidade, se refugiava no isolamento e no isolacionismo. Seguia instruções conselhos do general vice. Textual: "Você tem voto para ganhar no primeiro e segundo turno, o debate favorece os adversários".

Na sexta feira, mudou de tática, e burramente hostilizou Dona Marina. Ela tem muita chance de ir para o segundo turno. Se chegar, vai massacrá-lo.

O ASSASSINATO DE MARIELLE E A INCOMPETÊNCIA DA INVESTIGAÇÃO

Depois de 5 meses do brutal e covarde assassinato, a opinião publica entende a razão da investigação ser sigilosa. Mais de 150 dias  depois da  morte, divulgam sem constrangimento: "Marielle foi assassinada por uma quadrilha de matadores de aluguel”. Ora, publico e notório, o segundo ato, prender os criminosos. Agora os investigadores resolveram quebrar o sigilo, só não explicaram porque não agiram.

Sabem tudo, quanto cobram por assassinato, o nome da quadrilha, ("Escritório do Crime"), quem são e como agem.

PS- Depois dessa confissão, os investigadores devem ser substituídos e investigados.

PS2- O caso tomou feição diferente, a impunidade é uma iniquidade.

INTERVENÇÃO MILITAR NO RIO

O general Braga, comandante supremo e absoluto da federalização militar no Estado do Rio pediu audiência ao presidente corrupto e usurpador. Fiquei satisfeito. Como o general é discreto e de boa reputação admiti: vai comunicar que a força militar está indo embora, já, agora, imediatamente. O presidente corrupto e usurpador não teria como recusar.

Fiquei mais do que surpreendido, estarrecido, quando soube do resultado do encontro. O general revelou que as forças militares, só ficarão patrulhando o Rio até 31 de dezembro. Não, general, mais 4 meses  e 10 dias, ninguém aguenta Estão onerando e desgastando o próprio Exercito. Em mais de 6 meses não fizeram nada, perdão, agravaram e arruinaram tudo. Basta olhar de relance as pesquisas.

PS- Por favor, general, volte ao Planalto, diga que foi mal entendido, todo mundo faz isso.

PS2- O Exercito agradecerá. E os moradores do Rio (e não apenas das favelas) soltarão foguetes, como continuam fazendo os criminosos, inatingidos pela militarização.