31.8.18

RECALQUE E INVEJA CAMINHAM LADO A LADO

ISA COLLI -


“O carro do vizinho é muito mais possante e aquela mulher dele é tão interessante, por isso ele parece muito mais potente.” Esse trecho da letra “Invejoso”, de autoria do músico Arnaldo Antunes, retrata perfeitamente o sentimento do invejoso. E o que pensar da mensagem passada na letra “Garota Recalcada”, da cantora Ludmilla? O hit diz: “para com essa coisa, garota recalcada… não tem nada pra fazer, está sentada no portão, fazendo fofoquinha quer arrumar confusão”. Do sambista Zeca Pagodinho à cantora Anitta, passando por vários artistas de diferentes estilos, são inúmeros os exemplos de músicas que têm como tema a inveja ou o recalque. Na literatura, impossível não citar Nelson Rodrigues que, em “A Falecida”, conta a história de uma mulher obcecada pela morte que sonha com um enterro que faça inveja à prima. Nas mídias sociais, como Facebook, costumam fazer sucesso comentários ácidos sobre mulheres acusando outras de invejosas ou recalcadas.

O termo recalque é bastante usado no dia a dia para definir pessoas invejosas, que falam mal e criticam as outras pessoas.

Na arquitetura, é o termo utilizado para designar o rebaixamento do solo, principal causa de rachaduras em edificações, principalmente quando ocorre o chamado recalque diferencial, ou seja, uma parte da obra rebaixa mais que outra, gerando esforços estruturais que podem acabar por destruir a construção.

O que diz a psicologia

psicologia define o recalque como uma defesa automática e inconsciente que repele do consciente as ideias que são penosas ou perigosas. Ato de dominar, de concentrar, de eliminar da mente, aspiraçõesdesejos e instintos.

Assim como o recalque, a inveja é inerente ao ser humano e podemos perceber isso logo nos primeiros anos de vida de uma criança. Uma cena clássica observada na infância é a criança aborrecida porque o amigo tem um brinquedo maior que o dela ou um doce mais gostoso. Observem como elas administram os seus conflitos. Toda a sua vivência, seja boa ou ruim, formam os registros e arquivos no seu inconsciente e estruturam sua base cognitiva. É importante que os pais ou responsáveis saibam lidar com esse comportamento para que não se torne um problema para a própria criança e para os que estão ao seu redor.

A inveja é um dos sinais mais evidentes do recalque

Os mecanismos principais da inveja são o ódio e a raiva. Não se inveja apenas a prosperidade do outro, mas também suas capacidades e dons. Inveja é um sentimento negativo e um dos sinais mais eminentes de recalque.

Uma pessoa recalcada é geralmente uma pessoa sem atitude, que acha dificuldade em tudo. A incapacidade de realizar determinadas atividades deixa o recalcado sempre na defensiva, criticando tudo nas outras pessoas.

Quem nunca lidou com gente falsa, forçada, sem vontade espontânea, onde sorrisos e falas expressam excessos desnecessários?

Faz parte da natureza humana competir constantemente com o seu semelhante, seja em uma partida de xadrez ou na compra de um automóvel, ou ainda na demonstração de um corpo esteticamente perfeito ou, até mesmo, na conquista amorosa. Ou seja, vivemos em um duelo perpétuo com as outras pessoas que fazem parte de nossas vidas, de uma forma ou de outra.

O problema é que algumas pessoas não sabem (ou não querem saber) perder. Desta forma, fazem com que seus corações sejam recheados de sentimentos maus, como se as pessoas que conquistaram os sonhos que eram delas tivessem alguma culpa por terem logrado êxito perante esse fator. Desta maneira, essas criaturas não podem aceitar o fato de algumas pessoas ostentarem algumas “joias” que elas não puderam comprar, pelo fato de não possuírem “dinheiro” suficiente para tal ato. Por isso, Oscar Wilde disse que: “a cada bela impressão que causamos, conquistamos um inimigo. Para ser popular é indispensável ser medíocre”.

Se o recalque é uma defesa do inconsciente ao contrário, a inveja não é. A inveja é um sentimento negativo de pessoas que não acreditam em suas próprias potencialidades, são inseguras e vivem se sabotando. São pessoas que querem ter e não ser.

Ninguém é perfeito, mas conhecer seus próprios limites pode ajudá-lo a afastar sentimentos destrutivos para a sua vida. Para não sentir inveja, é fundamental elevar sua autoestima. É apenas gostando de quem você é e se sentindo satisfeito com sua vida que você conseguirá se valorizar e parar de se rejeitar.