13.8.18

ZONA PORTUÁRIA DO RIO COMEMORA DOIS ANOS DO PROJETO VIADUTO LITERÁRIO [VÍDEO]

ANA CLARA SALLES -


Neste sábado dia 11 de agosto ocorreu embaixo do viaduto São Pedro, entre o Morro da Providência e o Morro do Pinto, em Santo Cristo na zona portuária do Rio de Janeiro a comemoração de dois anos do projeto Viaduto Literário, que traz principalmente para crianças da região o acesso a questões culturais de leitura, brincadeiras, teatro e uma sessão de cinema por mês.


O projeto, que é organizado principalmente por mulheres ativistas LGBT e dos direitos humanos, comemora dois anos do Favela Cineclube que procura trazer produções de audiovisual que carregam um teor social de crítica e discussão para pessoas da comunidade que dificilmente tem acesso as salas de cinema e a filmes pelo grande descaso do governo em relação à cultura, e tantas outras questões sociais para as camadas mais pobres da sociedade.

Depois da sessão de filmes sempre se estabelece uma roda de debate e conversa, e com isso as pessoas expõem suas opiniões e posicionamentos, onde ocorre a construção e a desconstrução de idéias, mudando e abrindo a oportunidade para a mudança de preconceitos e a consciência de se pensar numa sociedade estruturada como a nossa, que falta educação pública e acesso a cultura que são direitos de todos os cidadãos, e não apenas para quem tem capital.  Os adultos e crianças da favela conseguem ter acesso a discussão dos próprios direitos e isso é de extrema importância no contexto de retrocesso político que o Rio de Janeiro e o Brasil se encontram.


Além do Cineclube, o Viaduto Literário todos os sábados propõe atividades que envolvem literatura com as crianças da região. Isso inclui muitas atividades, como contação de histórias, cenas teatrais, e brincadeiras. As crianças têm um espaço de lazer e aprendizagem que impulsiona a própria cultura da comunidade e a reflexão sobre como os moradores podem se empoderar.