1.9.18

LAVA JATO IMPLEMENTA A VERSÃO “NEW”, NA BLINDAGEM DOS LADRÕES DE COLARINHO BRANCO!

EMANUEL CANCELLA -


Se, por um lado, a Lava Jato “prendeu” gente importante, por outro, blindou gente importantíssima, como o tucano, Aécio Neves, o símbolo da picaretagem da Lava Jato. Aécio é recordista em denúncia na Lava Jato e continua livre, senador da República, candidato, e, como deboche, ainda cobra arrependimento de Lula, que não pode ser candidato (1).

Por um lado, Lula está denunciado, condenado e preso pelo tríplex de Guarujá e o sítio de Atibaia que a Lava Jato diz, sem a mínima comprovação, que seriam de Lula, que os teria através de corrupção na Petrobrás.

Por outro lado, o tucano FHC nem sequer é investigado pela Lava Jato, apesar de denunciado várias vezes em corrupção na Petrobrás, inclusive em algumas envolvendo seu próprio filho, (2). E mais, com forte indício de enriquecimento ilícito, já que  FHC tem apartamento de Luxo em Paris e Nova York e fazenda com aeroporto no Brasil (3,4).

Quando digo, entre aspas, que a Lava Jato prendeu gente importante, é porque os principais ladrões da Petrobrás estão, de forma muito suspeita, em suas casas, verdadeiros clubes de lazer construídos com dinheiro da roubalheira, São eles: Sergio Machado, Fernando Baiano, Paulo Roberto Costa, Alberto Youssef, entre outros, estes últimos respectivamente condenados a mais de 30 e 80 anos de cadeia (5).

Ou seja, se por um lado, os tucanos, apesar das denúncias, estão livres; os ladrões da Petrobrás estão em suas mansões, por outro, Lula está preso sem provas, e nem sequer pode ser candidato.

Prenderam Lula através de uma denúncia forjada, via delação premiada do dono da OAS, Léo Pinheiro, preso pela Lava Jato. Leo Pinheiro, para diminuir sua pena, mentiu dizendo que fez uma reforma milionária no tríplex a pedido de Lula, que em troca Leo receberia vantagens ilegais na Petrobrás. Hoje sabemos que essa reforma nunca existiu. Veja Vídeos, fotos e notas fiscais, que provam essa farsa da reforma (6 a 10).

Nenhum cidadão brasileiro propôs o fim do PGR por causa do Engavetador Geral da República, Geraldo Brindeiro, indicado por FHC, que blindava os tucanos, e também não queremos o fim da Lava Jato, que é uma operação financiada pelo dinheiro público.

Mas não aceitamos na Lava Jato a versão “New”, na blindagem dos ladrões de colarinho branco implementada pelo juiz Sergio Moro e o procurador Deltan Dallagnoll, até porque a lei é para todos!

Fonte: