11.10.18

SOB IMPACTO

Por VIRGÍNIA FONTES -


É muito difícil escrever sobre essas eleições proporcionais e sobre o primeiro turno das eleições presidenciais. A maioria de votos em Jair Bolsonaro era prevista, embora não na proporção em que apareceu. A estranhar, a grande diferença entre entre as pesquisas prévias e os resultados do primeiro turno. O segundo turno reabre a contagem e reabre os embates. Reverteremos o cenário.

Leia mais em OPINIÃO

*Virgínia Fontes, historiadora, professora-pesquisadora da EPSJV e da Universidade Federal Fluminense (UFF), autora do livro “O Brasil e o capital-imperialismo". (Foto: José Cruz/Agência Brasil)