1.11.18

CHORORÔ DE POLÍTICOS MINEIROS

MIRSON MURAD -


Nas redes virtuais tem bombado uma foto de Aecinho abraçadinho com seu pupilo Anastasia. É pujante, é lindo! Mas... não era de alegria e sim de queixas e reclamações. Compreensível. Se não, vejamos:

- Aecinho, como pode eu perder a eleição para um político iniciante apenas pelo fato de nós dois sermos carne e unha. Quem está atolado até o pescoço com coisas feias é você, não sou eu. Por que? chorava o gordinho.

- Pior sou eu, meu querido. Console-se comigo. Disputei a presidência com a Dilma e obtive 50 milhões de votos. Agora, fui eleito deputado por apenas 103 mil eleitores alienados. Quase dancei. Isso sim, foi uma humilhação.

E as duas horrorosas criaturas, Aecinho e Anastasia ainda abraçadinhos, se debulharam em lágrimas. Ah! coitadinhos...