30.12.18

CONTAGEM REGRESSIVA: FALTAM DOIS DIAS PARA TEMER, PADILHA E MOREIRA PERDEREM FORO PRIVILEGIADO; BOLSONARO NÃO CONVIDOU TOFFOLI E RAQUEL DODGE PARA POSSE NO CONGRESSO

REDAÇÃO -


Moreira Franco, Michel Temer e Eliseu Padilha (foto) estão com uma capivara de respeito em se tratando de bandidagem.

Daqui a dois dias, perdem o foro privilegiado e a cadeia se torna um risco iminente.

Por falar nisso, repercutiu muito mal a renúncia de Antônio Carlos Mariz Filho à defesa de Temer. Mariz disse que estava abandonando o cliente por “incompatibilidade moral e legal”.

Em outras palavras, sujou para Temer.

Incompatibilidade moral significa que um dos dois não presta. Como quem disse isso é Mariz, já se pode imaginar a quem a frase é dirigida.

Temer teria dito, no auge do escândalo da JBS, que o único receio que tinha era viver longe de Marcela Temer, aquela que a Veja disse que iria levantar a popularidade do marido.

É esperar para ver o que acontece. (via DCM)

***
BOLSONARO NÃO CONVIDOU TOFFOLI E RAQUEL DODGE PARA POSSE NO CONGRESSO

De Gabriel Mascarenhas na Coluna Radar da Veja.

Jair Bolsonaro convidou 139 pessoas para a cerimônia de posse no Congresso. Bem ao seu estilo, porém, o capitão ignorou o protocolo presidencial e deixou de fora as autoridades mais importantes do país.

Se dependesse de Bolsonaro, personagens como o presidente do Supremo, Dias Toffoli; a procuradora-geral da República, Raquel Dodge; e uma penca de parlamentares iriam ficar de fora.

Para evitar o constrangimento, Eunício Oliveira incluiu essas e outras excelências em sua lista de convidados.