18.12.18

ENQUANTO LULA É ATÉ IMPEDIDO PELA JUSTIÇA DE DAR ENTREVISTAS VEM AÍ O NOVO AUXILIO MORADIA PARA JUÍZES E PROCURADORES

EMANUEL CANCELLA -


Em 2005, durante o governo Lula, foi tentado moralizar o auxílio-moradia, já que só mandava pagar ao magistrado que não tivesse residência na comarca em que labutava.

Entretanto em 2014, Luiz Fux derrubou essa decisão do governo Lula, mandando pagar a todos. Agora esse mesmo ministro abre caminho para a volta do imoral e ilegal auxílio, descumprindo o acordo firmado de reajuste de 16%, com os ministros do STF, que com o aumento abririam mão do auxílio-moradia (6).

A volta do penduricalho deve acontecer nesta terça, 18, última reunião do Conselho Nacional de Justiça – CNJ (5).

A justiça, em retaliação a Lula, que acabou com a farra do auxílio-moradia, mantém o ex-presidente preso sem provas, só com convicção. Lula, além de não poder ser candidato, não pode receber visitas, dar entrevistas, etc (7).

E a mesma Justiça que corroborou com o golpe contra Dilma, contra quem nada se provou, mantém na governança MiShel Temer, que já vai para 3ª denúncia de corrupção (3).

E Temer continua a lambança, além de entregar aos americanos a Embraer, ainda libera 100%  do capital estrangeiro as  companhia aéreas (1).

MiShell Temer também é autor e já sancionou a lei que isenta, em um trilhão de reais, as petroleiras estrangeiras. A mais beneficiada foi a Shell (3).  E a Lava Jato, que investiga a Petrobrás, fica calada!

Sabe a história da extradição de Cesare Batisti para a Itália? Seria por acaso a ida de Temer, ao final do governo para chefiar a embaixada do Brasil na Itália? “Bolsonaro vai salvar Temer com embaixada na Itália (4)”

Os golpistas prenderam Lula, sem provas, num claro intuito de impedir sua candidatura. O STF, ao que parece, não o solta, porque não perdoa Lula pelo fim do auxílio-moradia. Será que eles só vão soltar Lula depois da aprovação do novo auxílio-moradia?

Fonte: