1.1.19

ALVORADAS

MARCELO MÁRIO DE MELO -


A musa Euterpe começa o dia com toque de alvorada e continua expandindo claves e compassos dando à noite o toque de silencio em trampolim de sono.

Ela observou que muitas pessoas ao chegar em casa ou depois do jantar voltam os ouvidos só aos sons sombrios de dentro corais de fantasma orquestras de agonia solos de aflição.

Então decidiu tocar alvorada também ao meio dia e no começo da noite em alerta para todos se abrirem aos sons da vida em vigília e às sinfonias sem insônia embalando sonhos sãos.

NESSE 2019 VAMOS FICAR ATENTOS AOS TRÊS TOQUES DE EUTERPE!

***
CALENDÁRIO DA MENTE
(À minha filha Lara)

Relógio é tique-taque
Pontuando sempre em frente
Trilho trem escadaria
Passos em trilha ascendente
Agenda hora minuto
Noite/dia renitente

No desrelógio da mente
Os ponteiros alterados
Dão meia volta vacilam
Taque-ticam magoados
Tateiam horas instantes
Em novelos congelados.

Assim o tempo da mente
Tem seu próprio fuso-horário
Feito com agenda de névoa
Ponteiros do imaginário
Quadrantes de sentimento transgredindo o calendário.