22.1.19

GENERAL MOTORS CONFIRMA REESTRUTURAÇÃO GLOBAL E ABRE NEGOCIAÇÃO COM SINDICATO DOS METALÚRGICOS

REDAÇÃO -

A General Motors confirmou, nesta terça-feira (22), que está em processo de reestruturação global e que para realizar novos investimentos no Brasil buscará negociações com governos, sindicatos e fornecedores.


Da reunião de hoje participaram o presidente da GM Mercosul, Carlos Zarlenga, dirigentes dos sindicatos dos metalúrgicos de São José dos Campos e São Caetano e os prefeitos dessas duas cidades.

O Sindicato de São José dos Campos, filiado à CSP-Conlutas, posicionou-se contra qualquer plano que envolva demissões e flexibilização de direitos. Ainda assim, a direção do Sindicato afirmou na reunião que está aberta a negociações para garantir empregos, salários e direitos.

Uma das reivindicações defendidas na mesa junto a Carlos Zarlenga foi a garantia de estabilidade no emprego para todos na fábrica. Hoje a GM local emprega cerca de 4.800 funcionários.

Negociação já começou

A primeira rodada de negociação com o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos começou nesta terça-feira, às 15h, mas até este momento não terminou. Para que se chegue a algum acordo, antes todo o processo de negociação será discutido com os trabalhadores da fábrica e votado em assembleia. A primeira acontecerá nesta quarta-feira (23).

“Somos contra a reestruturação e não aceitaremos que os trabalhadores paguem esta conta com seus empregos. A GM é líder de mercado e não há qualquer motivo que justifique o fechamento de fábricas, como vem sendo anunciado”, afirma o vice-presidente do Sindicato, Renato Almeida.

Fonte: Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos