8.1.19

HOJE, HÁ 50 ANOS, EU, MARIO LAGO E OSVALDO PERALVA, ÉRAMOS LIBERTADOS

HELIO FERNANDES -


Fomos presos no AI-5, junto com Carlos Lacerda. Só que o ex-governador se movimentou tanto, que a pedido do Cardeal, (seu amigo fraternal) foi solto no dia 23, véspera de Natal.

Ele considerava que em liberdade não seria cassado. Não adiantou, foi cassado no dia 30. Eu disse a ele: "Quem está preso não pede nem cede nada, a prisão é consequência da luta".

Nós 3 fomos levados para um Regimento de cavalaria, com 3 mil homens. Foi à prisão mais degradante da minha vida. Humilhante também, dormíamos num chão de madeira. Num calor terrível.

No dia de todos os Reis, torturadores mas católicos, os generais mandaram nos soltar. Eu já estava cassado, (em 1966) os outros foram depois.

OS CRIMINOSOS DO CEARÁ ESTÃO VENCENDO A GUERRA

A Força Nacional está enfrentando os coadjuvantes na rua, que cumprem ordens, totalmente insanos e  irresponsáveis.

Os poderosos mandantes, intocados, estão dentro das penitenciarias, mesmo de segurança máxima. É preciso impedir que de dentro das penitenciarias continuem saindo as ordens para os massacres de rua.

Para isso, única ação vitoriosa: criminoso poderoso tem que ser eliminado de toda e qualquer forma.

A comunidade e o país têm prioridade total e absoluta.

Estão esquecendo uma frase que ficou famosa ha 60 anos: "BANDIDO BOM É BANDIDO MORTO".

BOLSONARO DESPERDIÇA O TEMPO EM DEMORADAS SOLENIDADES DE POSSE

Chegou a vez dos bancos estatais. Entregou o BNDES ao economista Joaquim Levy, que nos últimos 4 anos, ocupou 5 cargos, incluindo um nos EUA.

Falou "que pela primeira vez apertou sua mão", e perguntou com toda informalidade: "O governo vai dar certo?”.

Antes de ouvir a resposta, foi para o microfone, esvaziar o saco de bobagens.

Depois repetiu tudo com o presidente da Caixa e do BB. E apertava a mão, varias vezes, dos 9 ministros que estavam presentes.

Devia deixar as posses com Paulo Guedes que segundo ele, "teve liberdade para indicar e convidar todos".