21.1.19

SAIBA COMO A EDUCAÇÃO SEXUAL É ENSINADA NA ESPANHA

REDAÇÃO -

“Qual é a diferença entre sexo e gênero?”. “É a mesma coisa estar doente e menstruada?”. “Meninos e meninas recebem a mesma educação sexual?”. “A sexualidade continua sendo tabu?”. “Quem deve assumir maior responsabilidade no uso dos métodos anticonceptivos, os homens ou as mulheres?”.

Essa são algumas das perguntas colocadas nas aulas enquanto os estudantes jogam Sapiensex, uma espécie de perguntas e respostas criado em 2010 pela psicóloga Rocío Carmona para maiores de 14 anos. “Ao fazer educação sexual saem medos, inibições preconceitos. Quando são colocados em formato de jogo, todas essas resistências desaparecem e se aprende muito melhor”, diz a própria Rocío.

Barcelona na Espanha. (foto: Wikimedia Commons)
As perguntas desse jogo são distribuídas em quatro âmbitos temáticos: o corpo, o amor, as relações eróticas e riscos e prevenção. E também existem provas de ação em que uma equipe desafia a outra a colocar um preservativo, encenar alguma situação e trabalhar com ilustrações, por exemplo.

Durante dez anos, 1.500 estudantes de diferentes colégios o jogaram. Na educação espanhola, os conteúdos sobre educação sexual e afetividade estão dispersos entre diferentes matérias. A inexistência de uma matéria específica deixa o ensino nas mãos dos colégios e do professorado.

Se o colégio é mais sensibilizado, o alunato receberá mais formação afetivo-sexual. Caso contrário, é provável que os alunos atravessem seu ciclo escolar escutando somente alguma palestra esporádica sobre riscos, prevenção e pouco mais. No Brasil, a educação sexual nas escolas é alvo de polêmica. O atual presidente Jair Bolsonaro foi uma das principais vozes contra um projeto deste tipo quando Dilma Rousseff ainda estava no poder. (…)

Aproximar a educação sexual dos jovens com as novas tecnologias é a estratégia do SexuMuxu, um videogame para alunos de 12 a 16 anos encomendado pelo Governo Basco.

Cada aluno escolhe um personagem virtual e se depara com situações sobre as quais deve tomar decisões ligadas às relações sentimentais e sexuais, tanto próprias como de seu círculo de amizades. O jogo se completa com questionários sobre saúde sexual e afetiva. (…)