10.1.19

TER UM FILHO NO BB GANHANDO R$ 36,3 MIL NÃO TEM PREÇO (8). NÃO É, MOURÃO?

EMANUEL CANCELLA -

Polícia Apura mentiras na rede contra filho de Lula (7).


Bolsonaro, verdade seja dita, nunca abandona os amigos! E não é só o filho de Mourão, pois até o genro de Leo Pinheiro, Pedro Guimarães, foi agraciado com a presidência da Caixa Econômica.

Bolsonaro, que disse que Lula vai apodrecer na cadeia, com essa nomeação na Caixa retribui a Leo Pinheiro pela prisão de Lula (2).

Leo pinheiro, dono da OAS, foi aquele preso pela Lava Jato que, em delação premiada para diminuir sua pena, disse que fizera a reforma milionária no tríplex de Guarujá a pedido de Lula. Em troca, receberia do ex-presidente vantagens ilícitas na Petrobrás.

Foi só a palavra de Leo Pinheiro, não houve qualquer comprovação.

Assim Lula foi preso e ficou fora da eleição por causa dessa delação de Leo Pinheiro.  Pasmem! Essa reforma alegada na delação nunca existiu. Há fotos e vídeos que comprovam a farsa (3a6).

A ex-presidente Dilma sofreu impeachment sem que nada fosse provado contra ela. E Lula preso pela Lava Jato, chefiada por Moro, num claro intuito de o deixarem fora da eleição para favorecer Bolsonaro. E Moro, que prendeu Lula com base numa reforma que nunca existiu, conseguiu assim ser ministro da Justiça de Bolsonaro, como prêmio pelos serviços prestados.

E agora o filho do Mourão no BB. Imagine se o filho de Lula ou de Dilma fosse agraciado com um cargo no governo? O mundo viria abaixo!

O filho de Lula, mesmo sem nenhum cargo, foi acusado de dono da Friboi e de tantas outras relíquias milionárias. E, mesmo desmentidas, continuam a ser ditas, agora é a polícia que investiga as mentiras contra o filho de Lula (7).

Esta aí mais uma constatação de idoneidade de Lula e Dilma, pois nunca praticaram o nepotismo!

Fonte: