2.1.19

VAMOS TORCER PARA QUE NO GOVERNO DE BOLSONARO

EMANUEL CANCELLA -


Nenhum casal heterossexual ou homossexual seja agredido porque esteja se beijando em público;

Que a mulher ganhe o mesmo salário do homem porque tem a mesma competência, e ainda faz dupla jornada, pois além de trabalhar fora coordena as tarefas domésticas. E ainda engravida garantindo  a perpetuação da espécie;

Que tenhamos mais mulheres em posição de destaque e que nenhuma seja considerada uma fraquejada;

Que os afrodescendentes sejam respeitados no Brasil e em todo mundo. São as vítimas da escravatura. E o Brasil, o maior país escravocrata do mundo, restabeleça seus direitos seja através dos programas de cotas e também com perdão da dívida dos países africanos.

Que seja respeitado o estatuto do desarmamento ( Lei no 10.826, de 22 de dezembro de 2003) e que seja proibida a venda de armas. E que seu uso sem o devido e legal porte de arma seja considerado crime. Vamos desarmar a população e dizer não à violência.

Que os movimentos sociais sejam reconhecidos como de utilidade pública e jamais enquadrados como terrorismo. Que os sindicatos dos trabalhadores sejam fortalecidos para defender os legítimos direitos dos operários.

Que os direitos dos brasileiros contidos na Constituição Federal sejam respeitados e que seja compromisso desses e de todos os governantes:

Art. 6º São direitos sociais a educação, a saúde, a alimentação, o trabalho, a moradia, o lazer, a segurança, a previdência social, a proteção à maternidade e à infância, a assistência aos desamparados, na forma desta Constituição.

Que a liberdade de imprensa e de opinião seja uma conquista inalienável da sociedade. Que todos os nossos governantes tenham sobre o tema um pensamento análogo ao de Dilma, primeira presidenta do Brasil, ao dizer: “ Prefiro o barulho da imprensa ao silêncio da ditadura” (1).

Fonte: