20.2.19

DONALD TRUMP QUER ROUBAR O PETRÓLEO VENEZUELANO E OS SOLDADOS BRASILEIROS SERÃO USADOS PARA ISSO

EMANUEL CANCELLA -


Na primavera árabe, os EUA tentavam convencer o mundo de que iriam implantar a democracia no Oriente Médio e derrubar ditadores, entretanto a máscara americana logo caiu e ficou claro que o que eles queriam mesmo era o petróleo alheio.

A prova do crime está no Iraque, onde agora a Halliburton, empresa do então vice-presidente Dick Cheney dos EUA, é que passou a administrar uma das maiores reservas de petróleo do mundo, 115 bilhões de barris de petróleo (1), antes administrados pelo governo iraquiano.

Não podemos esquecer que os EUA e seus aliados invadiram o Iraque contrariando decisão do Conselho de Segurança da ONU (2). E os EUA usaram como desculpa, para a invasão, que o Iraque possuía armas de destruição em massa (3). Nada foi encontrado!

Invasão também aconteceu na Líbia e está acontecendo na Síria, onde o pano de fundo é sempre o petróleo.

No Brasil, não precisou de guerra. Fizeram um golpe, em conivência com nosso Congresso, Justiça e mídia, e colocaram Temer no poder, que passou a entregar nosso ouro negro. Para perpetuar a entrega, impediram Lula de ser presidente e Bolsonaro segue distribuindo nossas riquezas.

A lavagem cerebral que os EUA promovem no mundo invadiu os cinemas, onde o filme Vice, indicado para para 8 Oscar, mostra, através de uma farsa, que o mundo não poderia dormir tranquilo sem ação no Iraque de Dick Cheney, o vice de George W Bush (4). Não mostram, no filme, que ficaram com o petróleo iraquiano.

Essas guerras promovidas pelos EUA, além das mortes e destruição de cidades, resultaram em milhões de refugiados que buscam, no mundo, lugar para viver com suas famílias.

E os EUA, justamente os responsáveis por esse êxodo, querem fazer muro no México para impedir a entrada de refugiados.

Milhares de crianças estão separadas de seus pais nos EUA, inclusive brasileiras, e colocadas em verdadeiros campos de concentração, para barrar a migração (5).

Donald Trump teve uma campanha polêmica onde se discute a legitimidade de sua vitória. Lembrando que Steve Bannon, que comandou sua campanha usando métodos ilegais no Facebook e WhatsApp, é o mesmo que assessorou Bolsonaro (6).

Na Venezuela, e no mundo ninguém tem dúvida de que o que Donald Trump quer é o roubar o petróleo. Isso porque a Venezuela possui a maior reserva de petróleo do mundo passando a Arábia Saudita (10).

Nicolás Maduro, diferente de Trump, elegeu-se numa eleição supervisionada por mais de 200 observadores internacionais dos mais diversos países, que nada registraram de errado (7).

Como provocação, os EUA estão mandando uma “Ajuda Humanitária” dentro da Venezuela, através de soldados brasileiros, buscando motivação para a guerra, no caso de Maduro proibir a distribuição. A Cruz Vermelha não vai participar dessa ajuda que se diz  humanitária, mas na verdade é uma armação (8).

Por que o exército brasileiro não levou essa caridade a Mariana e agora a Brumadinho?

Vale lembrar que a Rússia e a China não aceitam a intervenção externa na Venezuela e não será assim uma guerra fácil (9).

Fonte: