25.3.19

NUMA SEMANA TUMULTUADA EM QUE O IBOPE DEVASTOU E CONSTATOU A IMPOPULARIDADE TOTAL DE BOLSONARO E DO SEU DESGOVERNO, QUE ELE MESMO FRUSTROU, DECEPCIONOU E HUMILHOU O PAÍS, EM QUE O RETROCESSO DA PREVIDÊNCIA É MAIS DO QUE VISÍVEL E NÃO SERÁ CONCLUÍDO NO PRIMEIRO SEMESTRE. A GRANDE ATRAÇÃO É A PRISÃO ESPERADA E DEMORADA, DO EX-PRESIDENTE CORRUPTO E USURPADOR

HELIO FERNANDES -


O juiz Marcelo Bretas, tem tudo para colocar Temer num patamar tão negativo e irrecuperável, que ficará sem liberdade pelo resto da vida, e entrará negativamente na Historia, para sempre. Numa decisão longa e corretíssima, Bretas cuidou de tudo, sem erros ou equívocos. Começou evitando intrigas ou imaginários confrontos com o STF, definindo sua competência e a base para a prisão.

Veemente, incisivo, elucidativo e definitivo: "A prisão do ex-presidente, NADA A VER COM CAIXA 2".

E para não deixar duvida completou e complementou: "Temer foi preso pelos crimes de peculato, lavagem de dinheiro, corrupção, recebimento de propinas, formação de quadrilha, obstrução da Justiça".

Fez um levantamento minucioso da atividade de temer, concluiu com provas irrefutáveis: “Ha 40 anos, Michel Temer é líder e comandante de uma quadrilha formada para enriquecer com dinheiros públicos". E mandou prender também os que identificou como sócios, cúmplices, parceiros. Moreira Franco, o ex-coronel Lima e a mulher, (conivente, coadjuvante, executante), e mais 12.

A repercussão internacional foi espantosa, manchetes dos maiores jornais do mundo. Aqui também, movimentou partidos e parlamentares, vai influir indiretamente na já ameaçada aprovação da Previdência.

Ninguém defendeu o ex-presidente. O MDB, usou apenas uma palavra: "DESNECESSARIA". O PSDB se manifestou na mesma linha, através do senador Corruptasso Jereissati. O PT não devia ter aparecido.

Agora o destino e o futuro do ex-presidente. Depois de cumpridos os tramites e prazos constitucionais e indispensáveis, Marcelo Bretas assinará a primeira sentença condenatória que não deverá ser menor do que 10 anos. Como Temer responde a 9 processos, poderá ser condenado 9 vezes, cumulativamente. (Bretas condenou Sergio Cabral, 29 vezes).

Já começa um movimento para favorecer Temer por causa da idade, 77 anos. Acontece que ele responde a crimes, que não PRESCREVEM, decisão do STF. Peculato, lavagem de dinheiro e outros. (Exemplo em plena evidencia. Maluf, depois de 30 anos do crime, foi condenado com 88, está preso com 90, perdeu recurso no próprio STF).

Temer terá muito tempo de isolamento, poderá concordar com a frase feita e verdadeira "O CRIME NÃO COMPENSA". Será tarde, mas o que fazer numa penitenciaria, permanência de longo prazo?