29.3.19

O ÚNICO ASSUNTO QUE NÃO SAI DOS HOLOFOTES: A PREVIDÊNCIA, E OS PERSONAGENS QUE GIRAM EM TORNO DELA

HELIO FERNANDES -


Paulo Guedes, depois de fugir da Câmara e ser amplamente repudiado pelos senadores: "Não sou de abandonar a luta na primeira derrota.Continuarei a lutar "Primeira derrota?". Posso contar de 1 a 8 sem o menor esforço.

Do presidente Bolsonaro, cada vez mais surpreendente e despreparado: "O destino e o futuro da reforma da Previdência, estão cada vez mais com o Congresso". Ele fala muito nos compromissos de campanha. Mas só começou a dizer, "governarei com o Congresso", a partir de 28 de outubro, quando venceu o segundo turno.

Rodrigo Maia, cada vez mais incisivo, elucidativo, definitivo: "Está na hora do presidente Bolsonaro sentar e começar a governar". Não precisa nem de interpretação. Só registrar: todas essas manifestações, ao mesmo tempo e no mesmo dia.

PS- Primeiros dias de abril se completam os primeiros "100 dias do meu governo". Prometeu fazer reavaliação  completa dele como presidente. e como chefe do governo, Se fosse "líder da oposição", seria consagrado e triunfante.