6.3.19

PARAÍSO DO TUIUTI USA COXINHAS ARMADAS PARA CRITICAR BOLSONARO

REDAÇÃO -

Além de fazer uma homenagem ao ex-presidente Lula, a Paraíso do Tuiuti levou à Sapucaí na madrugada desta terça-feira 5 diversas críticas ao presidente Jair Bolsonaro. Uma delas foi a ala "A peleja entre o bode da resistência e a coxinha ultraconservadora", em que as coxinhas levavam um adereço simulando uma mão segurando uma arma de fogo.


As críticas fazem referência tanto à flexibilização de armas logo no início do governo quando ao próprio símbolo feito com a mão pelo presidente com frequência durante a campanha. As coxinhas já haviam sido utilizadas no carnaval passado, desde que "mortadelas" e "coxinhas" passaram a se referir a pessoas de esquerda e direita - de uma forma simplista - na sociedade.

O último carro da escola fez uma homenagem à diversidade e levou aparelhos de celular com frases que faziam referência a falas de Bolsonaro. Para o carnavalesco Jack Vasconcelos, a ideia era criticar a intolerância disseminada por aplicativos de mensagens.

Fonte: 247