24.3.19

SE HOUVESSE JUSTIÇA NO PAÍS, O PRÓXIMO PRESO SERIA O MINISTRO DA JUSTIÇA, SÉRGIO MORO!

EMANUEL CANCELLA -

Moro prendeu Lula sem provas, num claro intuito de favorecer Bolsonaro. Lula, segundo o Ibope, venceria a eleição no primeiro turno (2).


Moro, pessoalmente, também vazou para mídia a delação premiada, rejeitada pelo MPF por falta de provas, do ex-ministro Antonio Palocci a 6 dias da eleição, atacando Lula, Dilma e o PT e assim favorecendo Bolsonaro. Quem disse que a delação fora rejeitada foi o próprio procurador da Lava Jato,  Carlos Fernando Lima (1).

Depois disso,  Moro, sem nenhum constrangimento, aceitou ser ministro da Justiça de Bolsonaro, provavelmente pelos serviços prestados.

O MPF diz que o grupo comandado por Temer "assaltava o país há 40 anos" (3). E a Lava Jato não fez nada, por exemplo quando Michel Temer foi um dos articuladores do impeachment contra Dilma.

Temer também governou tranquilamente mesmo sendo denunciado três vezes por corrupção (4). E Dilma foi afastada do governo e não foi denunciada nenhuma vez.

A Lava Jato, mesmo sabendo que Temer há quatro décadas assaltava o país, permitiu que MiShell Temer  articulasse e sancionasse lei que concedeu, em isenção de impostos, um trilhão de reais a petroleiras estrangeiras. A mais beneficiada a Shell (6).

Lembrando que Lula foi denunciado sem qualquer  prova, só com convicção, pelo procurador Deltan Dallagnol (5). Mesmo assim, Moro aceitou a denúncia e condenou Lula e, em seguida, prendeu Lula por conta de uma reforma milionária no tríplex de Guarujá.

A denúncia da reforma milionária foi fruto de delação premiada de Léo Pinheiro, executivo da OAS, preso pela Lava Jato, que, para diminuir sua pena, declarou que a reforma do tríplex foi a pedido do ex-presidente Lula que, em troca, lhe daria vantagens ilícitas na Petrobrás.

Primeiro nunca mostraram qualquer documento que prove que o tríplex é de Lula e segundo que essa reforma, da qual Leo Pinheiro falou, nunca existiu (9).

Há fotos e vídeos que mostram que ela não existiu. O site R7 chegou a publicar imagens como se houvesse uma  reforma luxuosa, mas quando foi desmascarada a farsa, o R7 tirou as imagens imediatamente (8).

Como se não bastasse, a Lava Jato, chefiada por Moro, é acusada de destruir a economia nacional em poucos meses, veja o vídeo (7).

Os golpistas apostam em nossa covardia, por isso Lula está preso e Moro comanda o ministério da Justiça!

Fonte: