7.4.19

BRASIL SEM SAÍDA? MARACANÃ PARA CLUBES FALIDOS

WILSON DE CARVALHO -


Ouvi ontem (6) um dos integrantes da mesa de debates do Francisco Barbosa, defender a derrubada do estádio de atletismo do Complexo Esportivo do Maracanã, para a construção de um shopping. De acordo com o plano do diabólico Cabral e da Odebrecht, que previa também, em contrato, a construção de um hotel e estacionamento mais amplo. Para isso, derrubando uma escola-modelo, os estádios de natação e atletismo e o Museu do Índio. Ou seja, acabando com um complexo esportivo, base para ajudar a reduzir o crime e formar campeões olímpicos. Por que não se investe no esporte neste país? Eu, pelo ,menos, não vi nenhum candidato falar em esporte. O próprio Bolsonaro, inclusive. Enfim, vocês acreditam na recuperação de um país que não investe no esporte?

MARACANÃ PARA CLUBES FALIDOS

O governador deveria, não apenas assumir o estádio, mas recuperar o Complexo Esportivo Maracanã, onde o diabólico Cabral e a Odebrecht pretendiam construir um hotel, shopping e um estacionamento mais amplo. Para a dupla ganhar dinheiro. Agora, o governador resolve entregar o estádio a dois clubes falidos, tanto que não conseguem segurar um só jogador, e vendendo por poucos euros. O Fluminense, pior ainda, pois deve aluguéis à própria Odebrecht e salários aos jogadores. O Estado arrecada muito com impostos, mas quando se trata de esportes, base para salvar muitos jovens do crime e formar campeões olímpicos, não dá. Quem acredita na recuperação do nosso país, também sem educação, saúde e segurança?