29.5.19

LULA REAJUSTAVA O SALARIO MÍNIMO PELO AUMENTO DO PIB E A INFLAÇÃO DO PERÍODO. BOLSONARO INTERROMPEU E COM A REFORMA DA PREVIDÊNCIA É O FIM!

EMANUEL CANCELLA -


Veja a reforma da Previdência de Bolsonaro e seus defensores, Globo, militares, Ratinho e Silvio Santos!

A Globo aproveitou a passeata do dia 26 para fazer propaganda da reforma da Previdência. Entrou até no intervalo do campeonato brasileiro para dizer que todo ato, em cada local do Brasil, mesmo com meia dúzia de gato pingado, estava querendo a reforma da Previdência.

Com isso com certeza que a Globo vai abocanhar a maior parte dos R$ 40 milhões que o governo Bolsonaro reservou para a campanha da Previdência na mídia (1).

É a mesma Globo que, para driblar a Previdência, paga para os grandes astros da emissora através de Pessoa Jurídica – PJ. Deste modo  deposita o total da remuneração num CNPJ criado pelo contratado e ele se incumbe de pagar os tributos, entre eles a Previdência.

Bonner e Renata Vasconcelos recebem através de PJ e contribuem para o rombo da Previdência (5).

O fracasso dessa política de recursos humanos da Globo se expressa em Berto Filho, falecido em março de 2016, que embora tenha sido a voz oficial do Fantástico na Globo, foi morar no abrigo Casa dos Artistas e não tinha nem plano de saúde (2).

Já Ratinho, garoto propaganda da Reforma da Previdência de Bolsonaro, deve R$ 76 milhões a União (4).

Os militares criaram vários planos de previdência privada que não pagaram nada a ninguém; e também não  devolveram o dinheiro aplicado e nem responderam na Justiça pelos seus erros. Foi assim com a Capemi e GBOEX. (3).

Já Silvio Santos, em sua TV, Bolsonaro defendeu a Reforma da Previdência: “Não temos outra alternativa”.

Temer na TV do Silvio Santos dizia: “Você sabia que se não for feita a reforma da Previdência, você pode deixar de receber o seu salário?”

Esse mesmo Silvio Santos criou o Aposentec que, além de não pagar aposentadoria a ninguém, também não devolveu o dinheiro aplicado (6).

Agora os bolsominions  divulgam nas redes sociais mensagens de Lula e Dilma defendendo reforma da Previdência. A Previdência vai precisar de reforma sempre, principalmente para coibir excessos e ajudar os mais desfavorecidos.

Lula e Dilma, por exemplo, criaram uma fórmula de reajuste para o salário mínimo, que inclui o PIB e a inflação do período.  Entretanto, Bolsonaro já interrompeu essa política e com sua reforma da Previdência, isso acaba de vez (8).

A Constituição de 1988 fez Reforma da Previdência incluindo, no texto, por exemplo, os milhões de trabalhadores rurais brasileiros, cujos patrões não assinavam a carteira e nem pagavam a Previdência, aliás, esses são os grandes sonegadores (7).

“Segundo a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, as 80 maiores devedoras do governo no setor do agronegócio somam juntas R$ 40 bilhões em dívidas” (7).

Agora na reforma da Previdência de Bolsonaro o trabalhador só perde!

Em tempo, Inscreva-se em meu canal e compartilhe o vídeo, o Twitter e o blog e, se gostar do vídeo, deixe seu gostei e um comentário.

Fonte: