24.6.19

MORO NEM SE AFASTA DO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA, MUITO MENOS INVESTIGA O QUEIROZ E AS MILÍCIAS!

EMANUEL CANCELLA -


As denuncias de Moro no vaza Jato, pelo Intercept não pode ser impedimento do ministério da Justiça dar prosseguimento na investigação do Queiroz e do envolvimento do clã Bolsonaro com as milícias.

Moro continua articulando seu pacote anticrime, mas não faz o dever de casa, ou melhor, se descredencia por exemplo quando perdoou o caixa dois do ministro Onyx Lorenzoni, isso depois de dizer nos EUA que caixa dois é pior que corrupção (1,2).

Enfraquece as articulações do Moro em prol de seu pacote anticrime o fato de empurrar com a barriga as fortes denuncias de elo de ligação do clã Bolsonaro com as milícias.

O fato de Moro empurrar com a barriga, o caso Queiroz e as milícias deixa a bunda de fora dos Bolsonaros que apanham mundo afora como tendo culpa no cartório.

Ou será que fogem da investigação por que o envolvimento com as milícias é fato e que o Queiroz representa para os Bolsonaros uma bomba de nitroglicerina?

Ou o ministro da Justiça, Sérgio Moro se afasta do governo, para ser investigado, e aí lava as mãos, ou investiga as milícia e o Queiroz.

A sociedade começa a ficar em dúvida do que é mais grave: O ministro da Justiça se omitir na investigação nos casos envolvendo o clã Bolsonaro como o Queiroz e as milícias ou as denuncias do Intercept envolvendo a vaza Jato, chefiada  pelo então juiz Sérgio Moro.

Fonte: