4.6.19

NÃO BASTA TIRAR BOLSONARO, TEM QUE ENQUADRAR A GLOBO E DESMASCARAR A LAVA JATO!

EMANUEL CANCELLA -

Carros de O Globo são virados na porta da sede do jornal/RJ – 1954 (6).


Bolsonaro já é rejeitado até por seus pares. Sua queda é inevitável e, antes dos estudantes e professores, também os militares, banqueiros e grandes empresários já lhe deram um basta.

Mas não adianta só tirar Bolsonaro para nós que pensamos em um outro país e um mundo diferente: redondo, laico, não homofóbico, sem ódio, sem armas, com trabalhadores com seus direitos trabalhistas e toda a sociedade com direitos humanos.

A Globo sempre conspirou contra a democracia. Bolsonaro é subproduto da Globo, já que quem elegeu Bolsonaro foi principalmente a Globo, com sua campanha antipetista.

A Globo é a mesma que dizia que no governo de Getúlio Vargas havia um mar de lama. Depois do suicídio de Getúlio o mar de lama sumiu (2).

Foi a Globo que, em 1989, criou o caçador de marajá,  Fernando Collor de Mello, para derrotar Lula. Assim, para garantir a vitória do “colorido”, a Globo fez mais, pois manipulou o último debate de Collor e Lula, levando-o ao ar depois do prazo do TSE. Quem confirma a manobra da Globo  é seu próprio ex-diretor,  o Boni (1).

E depois, assim como faz com Bolsonaro, a Globo foi pivô do impeachment de Collor.

E se tiramos Bolsonaro, temos que enquadrar a Globo na lei dos meios, a que regulamenta as concessões públicas em todo mundo civilizado. Aqui a Globo diz que regulamentação das comunicações é mordaça.

Mas a Globo pode, na véspera da reeleição de Dilma, divulgar o vazamento criminoso da Lava Jato de que Lula e Dilma sabiam da corrupção na Petrobrás. Mesmo com o TSE proibindo, saiu a farsa na capa da revista Veja e no Jornal Nacional da Globo.

E o advogado do pseudo-delator disse desconhecer esse depoimento sobre Lula e Dilma(3,4).

E foi a Lava Jato chefiada por Moro que, às vésperas da eleição, prendeu Lula sem nenhuma prova, num claro intuito de beneficiar Bolsonaro e depois, na maior cara de pau, o juiz Sérgio Moro vira ministro da Justiça de Bolsonaro. O Ibope dizia que Lula ganharia a eleição em primeiro turno (5).

Para livrar o Brasil de futuros golpes, temos que ir além de tirar Bolsonaro, temos que enquadrar a Globo e desmascarar a Lava Jato!

Fonte: