27.6.19

OAB E ADVOGADOS PELA DEMOCRACIA PEDEM AFASTAMENTO E PRISÃO DE MORO E DALLAGNOL!

EMANUEL CANCELLA -

Justiça bloqueia R$78 milhões de Lula. E os US$ 612 mil de propina na conta do advogado da Lava Jato?


O ex-presidente Lula não tem e nunca teve patrimônio sequer aproximado da quantia de R$ 78 milhões, que o juiz da 13ª Vara Federal de Curitiba determinou o bloqueio (1).

Na verdade, isso faz parte de mais um lance pirotécnico da Lava Jato contra Lula.

A Vaza Jato ficou durante esses cinco anos falando de pedalinhos, barco sem motor, tickets de pedágio e 101 idas de Lula ao sitio, como se isso fosse prova de propriedade.

E o principal não fizeram, pois nunca anexaram ao processo e mostraram à sociedade o registro do imóvel ou qualquer documento hábil ligando o nome de Lula ao sítio em Atibaia ou ao tríplex em Guarujá.

E dizem que esse imóvel é fruto de corrupção de Lula na Petrobrás e querem, na marra, ligar Lula a eles.

Mas foram anos de investigação, com apoio do MP, Receita Federal, PF e toda máquina do Estado,  ou seja,  dinheiro público a rodo, para, no final,  o próprio Dallagnol, chefe dos procuradores da Lava Jato, dizer, ao vivo, na Globo, que não tinha provas, só convicção, de que Lula é o comandante máximo da corrupção na Petrobrás (6).

Acusam Lula sem provas e, por outro lado, criminosamente se omitem em investigar FHC, na Petrobrás, agora explicado pelo diálogo de Moro e Dallagnoll no Intercept “Acho questionável pois melindra alguém cujo apoio é importante" (2).

Para quem não sabe, FHC foi várias vezes citado na Lava Jato e, em algumas, com o próprio filho (3). E com fortes indícios de enriquecimento ilícito, pois tem apartamento de luxo em Paris e Nova York e fazenda com aeroporto no Brasil (4,5).

Se contra Lula, que está preso, nunca provaram nada, agora chega a prova material de que o advogado da Lava Jato, Carlos Zucoloto Junior,  pediu US$ 5 milhões em propina, por fora, ao advogado da Odebrecht, Rodrigo Tacla Duran. Assim, na ocasião, caso Duran aceitasse, ficaria garantido acordo de delação premiada, que daria a Duran prisão doméstica e perdão de US$ 10 milhões em multa à Odebrecht (11).

Rodrigo Tacla Duran fez o depósito, conforme boleto anexo no valor de US$ 612 mil na conta do advogado  Marlus Arns, que, assim como Zucoloto, além de amigo de Moro é ex-sócio da esposa de Moro, Rosângela Moro (7,8,9).

E não é só isso, a revista Veja já havia mostrado, com base em extrato da Receita Federal, que Duran já fizera depósito na conta de Rosângela Moro (10).

Lula, pelo resultado das investigações da Lava Jato, já ganhou um diploma de Ficha Limpa.

Não quero ainda que afastem e prendam Moro e Dallagnol como propõem a OAB e o Coletivo de Advogadas e advogados pela Democracia (12,13). Mas gostaria de saber quando começará  a investigação contra eles?

Fonte: