27.11.15

DELCÍDIO AJUDOU A SEPULTAR CUNHA

HELIO FERNANDES -


Antes da transformação do senador numa nova versão dos 007, Eduardo Cunha está morto, mas vários parceiros, apaniguados e aderentes insistiam que ele não seria cassado no plenário. Se baseavam na votação pelo voto secreto do plenário.

Foram para a sessão que examinaria a prisão e que conseguiriam liberta-lo pelo voto secreto. Como isso não era sigilo,Cássio Cunha Lima foi preparado, garantiu a votação de forma aberta, clara, transparente.

Cunha. apavorado, sentiu o golpe,agora o que acontecer na Comissão de Ética, secundário e sem importância, a decisão definitiva virá do plenário, gloriosamente aberto e transparente.

Cunha se diz tranquilo e despreocupado, mas anda com cinco seguranças até no salão verde, onde jornalistas conversam com deputados e senadores, 1 do lado, 2 atrás, 2 na frente, fingem não ter ligação com ele. Quando vai para o palácio residencial, entra no carro na frente 2 seguranças no banco de trás.