HELIO FERNANDES



DESPERDÍCIO E PERDA DE TEMPO, EM RELAÇÃO À INTERVENÇÃO NA SEGURANÇA

O presidente corrupto convocou para ontem, ás 9 da manhã, reunião com o Conselho da Republica. no Alvorada. Motivo da convocação: ouvir o Conselho a respeito do decreto que fez a intervenção na Segurança do Rio.

Acontece que Temer assinou o decreto na quinta feira, e convocou o Conselho na segunda, Também ontem, quase na mesma hora, Câmara e senado estarão aprovando o decreto. Não ha uma possibilidade em 1 milhão, de haver recusa.

Quanto ao Conselho da Republica, tem liberdade  de aprovar ou recusar o decreto. Mas o presidente Temer não precisa seguir o que for decidido pelo Conselho. Que Republica!

Alem de corrupto provado e comprovado Temer é um mentiroso, mistificador, sem convicção, diz uma coisa num dia, desmente no outro. Seu desgoveno, desde o inicio, é marcado pelo que chamou  de prioridade absoluta: a reforma da Previdência.

Mas desde que um "especialista (?)"  foi ocupando jornais e televisões, mostrando " a maravilha que seria o  país depois dessa reforma",foram acumulando derrotas em cima de derrotas, contrariedades e mais contrariedades.

Nem preciso repetir tudo que já disse sobre o assunto, e as concessões que foram confirmadas a partir da quinta feira de cinzas. Ha meses recebendo a confirmação de que não obteria os 308 votos, e tendo recebido o ultimatun de Rodrigo Maia, "votação da Previdência em fevereiro ou nunca mais", procurou uma saída para o seu massacre eleitoral. È o fato gravíssimo que está rolando criminosamente.

Pediu a Moreira Franco, "uma solução fora dos tramites normais", para tentar esconder a realidade: não conseguiu aprovar a sua maior prioridade. Moreira começou a trabalhar e concluiu facilmente. Abandonar a Previdência, só colocando  no seu lugar um fato muito mais grave e importante: acabar com a insegurança do Rio e  do Estado d o Rio, assunto que ele conhece bem, foi sua bandeira para se eleger governador em 1986.

Quando revelou a solução ao chefão, este vibrou. E ficou empolgado com a participação do Exercito, já consumada, aceita e concretizada. Começou então  a trazer ao publico o futuro da Previdência, comparado, com o domínio do crime organizado. Começou o abandono da votação da Previdência, substituída pela INTERVENÇÃO na segurança.

Insensato, queria a intervenção no Estado. Teve que ser contido pelo próprio Moreira, que viu logo os problemas que surgiriam com a escolha, a indicação e aprovação de alguém para governador. E concluiu: "O Pezão não atrapalha, não manda coisa alguma" 

O corrupto Temer fez então duas afirmações  sobre a Previdência. 1- "A Previdência não será votada, mas ficará na pauta política". Rodrigo Maia riu muito quando soube. 

2- O assunto Previdência não pode ser OLVIDADO (textual), é importante para o país, mas não agora". Estava satisfeitíssimo, jogara o país numa fogueira militar imprevisível, ninguém sabe o que acontecerá. 

PS- Temer está feliz, ninguém poderá acusá-lo de não ter ou conseguir 308 votos.

PS2- Escreverei muito sobre essa invenção, perdão, intervenção militar.

PENITENCIÁRIAS: O PRIMEIRO E ENORME DESAFIO DA INTERVENÇÃO

Tem que ser dividido em duas partes. 1-Lotação. Todas estão superlotadas, no Brasil todo. Enquanto discutiam, houve um problema gravíssimo em Japeri, estado do Rio.Tem capacidade para 884 presos, está com 2.300.È uma selvageria, tem que haver o que houve. Mas não se resolve facilmente.

2- As penitenciarias com presos famosos e importantes, nenhuma no Estado do Rio. Como resolver? Ante ontem, em Fortaleza, dois chefes poderosos de facções inimigas, foram assassinados. Tiveram  que chamar a Força Nacional, que estava em outra missão. A mesma coisa, superlotação

A ENTREVISTA DO GENERAL AUGUSTO HELENO

Foi no domingo, no programa, Painel, que caiu muito de audiência, o que aconteceu com as 4 maiores TVs por assinatura. (Net, Aik, Directv, TVA). O general e mais dois outros entrevistados. O general é uma figura, combate com armas e com palavras.

Quando a ONU determinou intervenção no Haiti, o Brasil foi escolhido para a missão, comandada pelo general Heleno. Fez um serviço altamente elogiado, mas inteiramente diferente da intervenção que o General Braga Netto irá executar.

Augusto Heleno já foi quase unanimidade no Exercito. Desprestigio com a atuação equivocada no Amazonas. Agora queriam transformá-lo em presidenciável. Ele aceitava, está na reserva, só precisava de apoio, não obteve.

Ante ontem, falou muita coisa correta e aproveitável. Mas também cometeu tremendos erros de posição, incluindo a estratégia. Ele é quase sempre controverso e contraditórios, mas não perde o tom elegante. Discordou frontal e duramente dos dois civis. Terminado programa, levantou, cumprimentou-os até efusivamente, com  abraço carinhoso. Ninguém faz isso.


***

O GOVERNADOR PEZÃO FOI O ÚLTIMO A SABER DA INTERVENÇÃO

Ha uma semana o  assunto rolava no Planalto. Idéia inteiramente do Ministro Moreira Franco. Contou a Temer, identificou como “a maior operação militar contra o crime organizado". A Temer disse simplesmente, "você tem tudo a ganhar, nada a perder". Politicamente uma notável jogada, foi em frente, não precisava autorização.

Independente de quaisquer restrições, é um extraordinário articulador. Teve a competência de escolher como interlocutor, praticamente único, Raul Jungman. Nomeado por Temer, sua área de influencia e competência, é o Alto Comando militar. Moreira  conversando com ele, transmitia e recebia palavras de ordens.

Na terça feira, á noite, Moreira revelou  a Temer, que tudo estava acertado para a intervenção "unicamente"  na segurança. Comunicou que marcara uma reunião para o dia seguinte (quarta feira de cinzas) no Planalto, eles dois e mais Raul Jungman. 9 da manhã, Jungman chegou pontualmente, acostumado á rotina das reuniões militares.

Conversaram mais ou menos até meio dia, descobriram que faltava comunicar ao governador Pezão. Temer que se dizia "horrorizado" com  a violência que assistira no carnaval (pela televisão), disse eu falo com ele, e já estava ligando para Pezão. Falou: "Preciso que você venha imediatamente ao Palácio do Planalto, é urgente".

Surpreendido ouviu a resposta: "O governo do estado não tem avião, vôo comercial é complicado". Falou para Pezão esperar na linha, em segundos, engendraram a solução. Jungman, que estava de avião iria buscá-lo. Moreira iria com ele.

 Temer disse a Pezão, "vá para  o aeroporto, Moreira Franco vai conversar com você". Quem trocar a palavra conversar por buscar, acertará. Pezão, que não é muito brilhante, não estranhou nem perguntou  a razão da presença do Ministro da Defesa.

Às 4 da tarde já estavam no Planalto, Pezão começou, a saber, de tudo, perdão, quase tudo. Começou quando foi feita a comunicação, com todos os detalhes. Incluindo  os poderes da segurança, concentrados com o comandante Militar  do Leste, general 4 estrelas Braga Netto. Que alem do mais tem credenciais e formação em estratégia e política.

Já estava convocada uma coletiva, com os 4 e mais, o general Etchegoyen (que participou de tudo) o presidente da  Câmara, (que também foi deixado de lado) e o ministro Meirelles. (Por quê?). Presente o general Braga Netto, que se  manteve em silencio.Falou ligeiramente, no fim.

PS- Está ai a realidade que não foi contada, para mostrar os caminhos das decisões. Acho arriscadíssimo com resultados duvidosos, mas estou a favor, já escrevi minha convicção sobre o assunto.

PS2- Logo depois, Pezão deu entrevista, garantindo: "estou feliz que minha idéia tenha sido aproveitada, era indispensável". Cada um diz o que quer.

PS3- O general Braga Netto assumiu enorme responsabilidade. Admitamos que massacre o crime, o estado incorpore suas responsabilidades.

PS4- Mas não pode ficar por aí. Nos morros não pode repetir a UPP, uma ótima idéia, desperdiçada. Faltou o SOCIAL. Transformar cada favela num bairro, igual aos outros, onde se possa morar tranquilamente.

PS5- Quanto á violência na planície, o exercito não tem nada com isso. È a rotina da repressão nas grandes cidades.

PS6- Como NY, considerada a cidade mais segura do mundo. E já foi dominada pelo crime,  antes do projeto,"tolerância zero."

PS7- Este é o "bastidor" EXCLUSIVO, de tudo que aconteceu e ninguém ficou sabendo. A partir daí, em todos os lugares, principalmente televisão, inseparáveis: o presidente corrupto, o governador Pezão, ignorado e ignorante, e Moreira Franco, inspirador e articulador de tudo.


***

A DESASTRADA CANDIDATURA DILMA, E A EXIGÊNCIA DO DOMICÍLIO ELEITORAL

Sua carreira política e eleitora é extravagante. Disputou a primeira  eleição, logo para Presidente  da República. Cargo para o qual estava totalmente despreparada, como ficou demonstrado. Agora vai disputar a ultima para o senado, onde não  tem o que fazer. Alem de conviver com a maioria que disse horrores dela, até massacrá-la com o impeachment.

A candidatura  está decidida, falta escolher o estado pelo qual concorrerá, ou seja: definir seu domicilio eleitoral, até 7 de abril. Já resolveu que não será pelo RGS, onde mora hoje. Até 1960, não havia exigência  desse domicilio eleitoral. O cidadão disputava por onde bem entendesse.

O melhor exemplo: 1960 eleição para governador da Guanabara. Tenório Cavalcanti, cujo feudo era o Estado do  Rio disputou aqui. Teve 15% dos votos, o dobro do ex-prefeito Mendes de Moraes, que construiu o Maracanã, com todas as duvidas e ressalvas, levantadas na época.

O domicilio eleitoral surgiu em 1965, danosa, ruinosa, sórdida invenção do general Golbery. Ele queria que candidatos com qualquer ligação com o golpe de 64, fossem derrotados. Em Minas trabalhou para Israel Pinheiro, um dos maiores  amigos de Juscelino, ganhou facilmente.

O problema era a Guanabara, onde a oposição era quase invencível. Precisava liquidar o candidato de Carlos Lacerda, que facilitou,lançando um concorrente fraquissmo. Mas surgiu o nome do  General  Lott, favorito, só que não servia aos interesses do general Golbery que tomou duas providencias.

Como Lott morava em Teresópolis, Estado do Rio, liquidou-o criando o domicilio eleitoral, quase em cima da eleição.

A segunda providencia: Juscelino lançou Negrão de Lima, um dos seus maiores amigos. Golbery resolveu então que a vitoria de Negrão preenchia todos os seus objetivos. Trabalhou intensamente para ele. Em determinado momento, resolveu reforçar Negrão.

Negociou com a cúpula do Partido Comunista, apoio integral a Negrão. A base não aceitou, veio a ordem definitiva: "Votem em Negrão com um lenço no nariz, mas votem". Votaram.

PS- Golbery foi para os generais e garantiu: "Toda vez que houver eleição direta, perderemos".

PS2- Os generais compreenderam, eleição direta só em 1989. Obra de Golbery. 

A segunda providencia: Juscelino lançou Negrão de Lima, um dos seus maiores amigos. Golbery resolveu então que a vitoria de Negrão preenchia todos os seus objetivos. Trabalhou intensamente para ele. Em determinado momento resolveu reforçar Negrão.

Negociou com a cúpula do Partido Comunista, apoio integral a Negrão. A base não aceitou, veio a ordem definitiva: "Votem em Negrão com um lenço no nariz, mas votem" . Votaram.

PS- Golbery foi para os generais e garantiu: "Toda vez que houver eleição direta, perderemos".

PS2- Os generais compreenderam, eleição direta só em 1989. Obra de Golbery.

PS3- Que já estava na reserva como general, uma vergonha. Na  ativa não passou de Tenente-Coronel.

PS4- Mas naquela época, os oficiais, quando passavam para a reserva, recebiam duas promoções.

PS5- Foi esse general sem caráter  e sem escrúpulos, autor e personagem de crimes terríveis da ditadura de 1964 a 1985.

PS6- Dominou  até o fim. A "anistia, ampla, geral e irrestrita", que inocentou todos os generais, (inclusive ele mesmo) ideia de Golbery, totalmente redigida por Golbery. Felizmente, essas "promoções" não existem mais.

O CARNAVAL DA PREVIDÊNCIA

Apesar de passar o carnaval na Restinga da Marambaia, o corrupto Temer só tem uma preocupação: a cooptação da base para a aprovação da reforma da Previdência. Como o que deverá ser votado no dia 19, é  uma deturpação do projeto inicial, Temer está acenando e oferecendo mais vantagens, recuos e concessões.

Segundo  os que têm contato com ele, dizem que está disposto a apostar  na intimidação - represália, comparando o desperdício espantoso para fugir da investigação do STF. Acredita que  isso possa render apoio pra chegar aos 308 votos.

Apela também para os números despropositados e contraditórios. Ha meses vem traçando um quadro de tragédia irrecuperável. Com prejuízos de centenas de bilhões, como déficit anual.

Ante ontem minimizou a relevância do déficit, ganhou manchetes de jornais, presença diária e até horárias nas televisões. Textual: "Fiz tudo para aprovar agora. Se ficar para 2019 ou depois,o déficit será de 177 bilhões  em 10 anos".

Decodificado ou sumarizado, dá 17 bilhões de prejuízo por ano, uma dádiva, perto do clamor de centenas de bilhões de déficit de bilhões por ano. Alguma coisa está errada como este repórter e o jornalista José Carlos Werneck estamos clamando ha muito  tempo.

PS- E o exagero das mordomias. Temer pediu 40 funcionários extras, para quê?

PS2- Dona Marcela vai levar 20 funcionários extras, incluindo um cabeleireiro. 4 dias na praia com cabeleireiro,é cafonice rematada.

PS3- E os aviões da FAB, indo e vindo para refazer os cardápios. Que Republica!


***


REFORMA DA PREVIDÊNCIA: PRIORIDADE,MISTIFICAÇÃO, RETROCESSO, INTIMIDAÇÃO

Temer assumiu em 12 de maio de 2016, apressadamente, assim que a conspiração parlamentar foi vitoriosa. Levou algum tempo, muito tempo, até desembocar naquele domingo de 23 de abril, inesquecível, vergonhoso, inenarrável.

Ficou um período como provisório, enquanto o senado concluía e ratificava a substituição inconstitucional. Já acertado o fim da Era Dilma, mesmo sem assumir os 3 palácios, Temer lançou as bases do seu governo. Em todas as falas, a Reforma da Previdência vinha em primeiro lugar, na frente  de tudo.

Traçou um quadro catastrófico da Previdência, mostrou que  sem a reforma, o país iria á falência. Nomeou um  especialista (?) que não saía da televisão, numa longa, diária e vazia dissertação. Insistiu no fantástico déficit da Previdência, dando números realmente assustadores. Só que era tudo facilmente destrutível. Que foi o que aconteceu.

Misturaram aposentadoria  com assistência social, despesas inúteis, corrupção, sonegação dos altos empresários e da própria  União. E  com isso, garantiram que seu governo acabaria com o déficit, a reforma da Previdência, salvaria o país. Mas o fracasso foi completo, as milhares de paginas foram jogadas no lixo, o show da televisão acabou.

(Sem falsa modéstia, o jornalista e advogado, José Carlos Werneck conhecedor profundo do assunto, demoliu tudo. Este repórter contribuiu com dados de 2 notáveis personagens  e amigos, Valdir Pires  e Rafael de Almeida Magalhães, que presidiram a Previdência por 6 anos. Forneceram dados irrefutáveis, provando que a Previdência jamais tivera déficit).

Temer, já acusadissimo de corrupção ativa e passiva, seus cúmplices, asseclas e acólitos iniciaram duas campanhas. 1- Assustarem o país com o que rotulavam de aumento descontrolado do prejuízo  irrecuperável da Previdência. 2- Contraditoriamente, foram cortando o que parecia fundamental no projeto da reforma. De tal maneira, para atender as exigências da base, que  a reforma, hoje, tem apenas 40% do projeto inicial. INDISPENSÁVEL, segundo o próprio presidente corrupto.

Durante todo esse tempo, não abandonei a luta por esclarecimento a respeito da votação. Foram adiando pelos mais diversos motivos, enquanto este repórter se fixava apenas num: até agora não conseguiram os 308 votos necessários  e indispensáveis para a aprovação. Nem conseguirão.

Natural e  compreensível esse descontrole provocou demissão de ministros. E mais grave: desentendimento entre Temer e Maia. Não chegaram  ao rompimento, Temer não tem coragem, Maia não tem interesse. Mas chegamos ao final do espetáculo, que começou como tragédia, caminha para terminar como dramalhão.

PS- Temer utilizou do retrocesso (que aprendeu com o ex-amigo FHC), da corrupção, da intimidação, não avançou um milímetro.


***

TEMER: "SÓ TRATAREI DA SUCESSÃO A PARTIR DE MAIO"

Nenhum presidente no cargo foi tantas vezes e tão repetidamente chamado de corrupto. E  ninguém como ele, desarvorada e desavergonhosamente usou  e abusou do dinheiro do contribuinte. Para fugir e se esconder bem longe do STF.

E a autorização não era para processá-lo, apenas para investigá-lo. Mas ele conhecia muito bem seu passado, sabia que investigado, o presente explodiria. Agora cuida do futuro, prevenidamente de cartas marcadas. Como os supostos ou presumíveis candidatos têm até 7 de abril para confirmarem suas condições presidenciais, estabeleceu maio, para começar as conversas sobre sucessão.

 Sem a menor credibilidade, curiosamente ninguém duvida: antes de maio o que vale é a afirmação de Temer. Candidato á reeleição (podem tentar desmentir, mas os fatos confirmarão), dará inicio oficial á campanha, sabendo quem será candidato ou quem desistirá antes. Temer tem á disposição o tempo que quiser, pode se candidatar sem sair do cargo. 

Pode não ganhar, é até mesmo quase impossível acreditar que vença, mas já esteve considerado fora do cargo, resistiu até agora. Ha meses, surpreendentemente confessou publicamente: "Já estive na eminência de renunciar, meu pessoal já estava preparado para a saída". Em 48 horas resolveu ficar, até senadores e deputados do seu grupo se surpreenderam.

Nem ele  nem ninguém contou o motivo do FICO. Mas a reviravolta e a permanência têm um fator importante: FHC. Não pelo APOIO e sim pelo DESAPOIO. O ex-presidente insistiu tanto, em entrevistas, "Temer deveria RENUNCIAR", que ele e acólitos mais íntimos concluíram e acertaram em cheio: FHC queria a vaga.

Com a sua RENUNCIA, haveria eleição indireta em 60 dias, FHC era candidatissimo. Chegou a marcar viagem para ficar 15 ou 20 dias  longe dos acontecimentos. E deu entrevista badalada á Globo News, abrindo o jogo. Temer assistiu, na mesma noite jogou FHC para o ostracismo.

Dentro da desonestidade, da falta de apoio político, da impopularidade total, desculpem, Temer foi sábio. Ficando não arriscou, saindo, perderia tudo. Ganhou um período até 2018 e a possibilidade da reeleição sem nunca ter sido eleito. E se vingou de FHC.

PS- Diga-se a bem da verdade, FHC não queria precisa ou unicamente o cargo, curto.
PS2- Pretendia entrar na Historia, como o  homem que salvou e pacificou o país.

PS3- Num personagem inteiramente dominado pelo ego e pelo exibicionismo, ficou apenas com o ostracismo. Esse é  o FHC, professor universitário aposentado aos 35 anos de idade. E candidato a suplente de senador em 1978, em plena ditadura. Ele que se apregoa como tendo sido cassado, o que jamais aconteceu.

PS4- De hoje até 7 de abril, vejamos quem desiste. E quem admite enfrentar o próprio presidente corrupto e no cargo. 

O INCERTO FUTURO DE MEIRELLES

Semana passada  apregoava, sem restrição: "Meu objetivo sempre foi ser presidente, por isso voltei para o Brasil ha quase 20  anos”. Questionado que não saía dos  2% nas  pesquisas, respondia:"Assim que eu sair do ministério, o mercado me joga lá pra cima".

Agora com Temer candidato, Meirelles precisa conversar com ele. Mas como o calendário imposto    só permite tratar de sucessão a partir de maio, o ministro da Fazenda não sabe o que fazer. Pode deixar o cargo, comunicar ao chefão.  Duas possibilidades.

1- Temer concordar, desejar felicidades. Mostrando que é candidato.

2-O presidente corrupto responder, "foi ótimo, eu ia mesmo pedir para você ser o candidato do governo".
PS- De qualquer maneira, a  situação não suporta 2 candidatos, ambos fraquíssimos.

PARABÉNS A JUCÀ, PESAMES À JUSTIÇA

Depois de 14 anos os processos contra o senador foram arquivados. Seu mandato termina no fim de 2018, a "inocência" reforça a reeleição. E ele já reivindica a presidência do senado, sucedendo Eunicio de Oliveira, cujo mandato termina no fim deste ano.

Explicação justíssima de Jucá: "Nunca presidi o senado". Outra também verdadeira: "Em 14 anos nunca fui preso"

NA MESA  DO STF, OS PRESIDENTES DOS TRÊS PODERES

Abre o pano, em primeiro plano, isolada, a Mesa do tribunal. Carmen Lucia não está sozinha. Inesperada e surpreendentemente, ladeada pelo presidente da Republica, do Senado, da Câmara. Deviam falar depois da presidente do  STF.

Ela faz um longo discurso, olha para os lados, todos constrangidos e envergonhados, estão sendo processados, cheios de acusações. Ninguém quer falar. 

Chico Caruso não perde a oportunidade, transforma a foto ocasional numa charge genial. Basta o talento, a imaginação e um rolo de esparadrapo, e está eternizada a cumplicidade de dois dos Poderes, o Executivo e o Legislativo.

PS- Na manhã seguinte, vendo a charge, Temer comenta olhando para o espelho: "Eu devia ter discursado"


***


MAGISTRADOS NO BANCO DOS RÉUS, PRESIDENCIÁVEIS À PROCURA DE VOTOS PERDIDOS

Faltam 8 meses para a eleição deste outubro que se aproxima, e o assunto tem prioridade absoluta. Nenhuma surpresa, 146 milhões de cidadãos estão inscritos para escolherem 27 governadores, 54 senadores, 513 deputados federais, 1 presidente da República.

Apesar de serem todos cargos importantes e com enorme vantagem numérica, mesmo sendo apenas 1, a supremacia, a superioridade, e o super poder do presidente da República, supera o interesse, a preocupação e a ambição dos que querem continuar no poder. Ou conquistá-lo, qualquer que seja o método utilizado na disputa.

Diante de um candidato que parecia e aparecia como invencível, optaram pelo que consideraram a única "solução": a justiça afastá-lo, retira-lo da disputa, considerá-lo inelegível. 

Facílimo obter a vitoria, com o auxilio e a participação de magistrados, já altamente vulneráveis não só pelos super salários, (uma vergonha) acrescido da luta inglória pelos "penduricalhos". Que fazem crescer mais ainda o já ultrapassado TETO fixado para os salários do próprio STF.

Nem quero ir mais longe a respeito de duvidosas, contraditórias e irresponsáveis decisões de magistrados de todas as instancias, não haveria espaço. Mas não posso deixar de registrar e comentar a "sentença" inominável e nada inviolável.

"È INADMISSIVEL DESACATAR A JUSTIÇA OU AGREDI-LA"

Concordo inteiramente, mas a justiça está tão desmoralizada, que é impossível  esquecê-la ou defendê-la. Escrevo e continuarei escrevendo sobre o assunto, para impedir que se consolide a DITADURA DO JUDICIÁRIO, a pior de todas.

Voltemos então ao que já fizemos nos dois comentários anteriores: examinar as chances dos que se julgam presidenciáveis:

Henrique Meirelles - Depois de enriquecer "milagrosamente" no Banco de Boston, veio para o Brasil, fazer carreira política. Presidente do BC com Lula, sem oportunidade foi presidir o Conselho de Administração, do grupo JBS. Lá mesmo conheceu Temer. Ministro da Fazenda, se julga presidenciável. Está com 2%, diz: "Assim que me lançar, o mercado me joga para cima"

Rumores: se deixar o cargo até 7 de abril, seria substituído por Delfin Neto. 12 anos Ministro  da ditadura, de 1967 até 1985. (Com interrupção de 4 anos, para ser embaixador na França).

João Doria - Estrategista do nada e do vazio, é presidenciável desde que Alckmin o elegeu prefeito.Começou a se desgastar assim que tomou posse. Agora tenta o governo  de SP, mas o vice se fortaleceu com o possível ou provável apoio de Alckmin. Doria só tem Plano B, sem votos.

Manuela Davila - Simpática, bonita, charmosa, mas o PC do B, não elege nem um senador.

Alvaro Dias- Tem uma vida política e eleitoral, deputado federal,governador, senador,na reeleição teve 67%  dos votos do Paraná.Nenhuma acusação ou restrição.Fica longe do segundo turno,o que pode ser considerado surpreendente.

Artur Virgilio - Dos melhores currículos. Diplomata de carreira, serviu em vários países. Deputado federal, senador destacado, prefeito eleito e reeleito de sua terra, Manaus. Quer disputar previas,Alckmin se considera candidato natural.

Michel Temer - Pretende manter o suspense. Está no cargo sem voto, e se manteve por causa  da ligação espúria com Gilmar Mendes, que alguns chamam de magistrado. Temer não precisa se desincompatibilizar.

PS- È a terceira analise, por enquanto. Mas ainda escreverei muito sobre o assunto.

PS2- Não tenho candidato, não favoreço ninguém, meu objetivo, todos sabem, é moralizar a justiça, detesto ditadura, provei isso a vida toda.

PS3- Minha obsessão e convicção é a democracia. Se isso beneficiar alguém, não me beneficiará em nada. O grande favorecido ou beneficiado será o país.

PS4- Com royalties para  Churchill: "A democracia é o pior dos regimes, excluídos naturalmente, todos os outros".

NOVAMENTE ROUBAM O FUNDO  DOS CORREIOS

Ha 2 anos, os irmãos Batista assaltaram os 4 maiores Fundos estatais. Caixa Econômica, Petrobras, Banco do Brasil, Correios. Foram denunciados, presos em flagrante, responsabilizados por prejuízo de 8 bilhões. Só Joesley ficou preso 48 horas, "resolveram" tudo.

Chegaram advogados dele, e altos funcionários federais, ligados a  ele. Conversaram, chegaram a um acordo, que só este repórter noticiou. Confessaram, concordaram em depositar um cheque de 1 bilhão, 520 milhões , como antecipação  de prejuízos.

Joesley foi logo solto. Agora os irmãos estão na Papuda, ainda não foram condenados embora são réus dos mais diversos crimes. Deviam pegar PERPETUA, depois discutiriam se era o suficiente. Os funcionários desses fundos estão recebendo a menos, nas suas aposentadorias mensais. CRIMINOSOS.

Agora, o Fundo dos Correios (Postalis) foi roubado, 6 bilhões. Não foram os irmãos Batista, outro grupo, integrado por altos dignatários. Fizeram investimento (?) recusado e alertado por institutos altamente conceituados e respeitados.

PS- Investiram até em empresas oficialmente INSOLVENTES.

PROBLEMA NO MINISTÉRIO DA DEFESA

Felizmente é positivo. Raul Jungman era suplente, já tem mandato. Precisa deixar o ministério até 7 de abril, para disputar a reeleição. Mas estabeleceu um excelente relacionamento com os militares, o Alto Comando quer que ele fique.

Temer torce para ele não sair, quem colocaria no lugar? Ha algum tempo, o então deputado Fernando Gabeira com um discurso de 3 minutos, derrubou o corrupto presidente da Câmara, Severino Cavalcanti. Enquanto festejavam, o comunista carreirista, Aldo Rabelo, já assumia para terminar o mandato.

Insensatamente foi nomeado ministro da Defesa, não demorou 3 meses. Teve que ser substituído.

PS- Outra noticia satisfatória do mesmo setor. Ontem, numa entrevista na televisão, Raul Jungman disse textualmente: "As Forças Armadas do Brasil representam um reforço totalmente democrático”.

SOS Camorim

Esquecido, negligenciado pela administração pública da cidade do Rio de Janeiro, a Estrada do Camorim em Jacarepaguá, é o retrato do descaso. Apesar de cercada de habitações, seu trecho e um verdadeiro cemitério de carcaças de veículos, que ali são despejadas, sem que a autoridade pública tome providencias. Um ponto turístico-cultural, jamais se admite essa situação.

PS - A estrada que leva ao Quilombo do Camorim é hoje um caminho repleto de condomínios fechados, e a Igreja de São Gonçalo do Amarante. Ela foi construída por africanos escravizados em 1625 e conservando muito de sua estrutura original, a igreja branca e azul celeste é uma prova da contínua produção cultural e ocupação da comunidade por afrodescendentes.

PS1 - Em 1965, o Instituto Estadual do Patrimônio Cultural do Rio de Janeiro reconheceu a igreja como marco histórico, sendo a mesma recentemente restaurada em 2000. O anexo e a praça ao lado da igreja também são espaços importantes para as atividades culturais–capoeira, jongo, maculelê–e ambientais da ACUCA, uma vez que o quilombo carece de um centro comunitário.


***

O DESEMPREGO AUMENTA, TEMER TENTA DESMENTIR

Tenho escrito muito sobre o assunto, com a preocupação jornalística de explicar a situação das vitimas desse crime selvagem. Pois é de selvageria que se trata. Os atingidos já  são 12 milhões e 700 mil, que dia a dia, mês a mês, alguns há anos, não têm o que levar para casa. Em milhares de lares, toda a família está  sem trabalho.

Em vez de providencias reparadoras, o governo mente desabonadoramente. No último ano, 2017, mais de 1 milhão de pessoas perderam o trabalho que mantinham, com a esperança de que isso continuasse. Ao contrário, o desemprego atingiu mais 1 milhão e cem mil pessoas.

Dados intocados e confirmados pelo IBGE. Com a maior desfaçatez, o governo  diz o contrario, "criamos 625 mil empregos". Afirmação despudorada e mentirosa, que não desmente nem destrói a realidade: é o maior numero de trabalhadores sem trabalho. Pelo menos desde 2012 quando o IBGE começou a fazer o levantamento.

Mas ha mais e bem mais grave. O governo tem sido salvo de números muito mais arrasadores, pelos que aceitam trabalho informal. E mais auspicioso e satisfatório. O aparecimento dos chamados EMPREENDEDORES. Demitidos, trataram de criar uma nova realidade. Já são milhões. Em 2017, mais de 1 milhão, se  tornaram independentes, prósperos, satisfeitíssimos.

PS- Mas o governo se volta contra esses vitoriosos, lamenta que não paguem impostos.

PS2- Os que aceitam ocupação informal, recebendo por serviços ocasionalmente prestados. Não têm o que pagar.

PS3- Os EMPREENDEDORES provocam a inveja do governo corrupto. Pois Temer deveria aumentar a lista de desempregados.

PS4- Como pessoa física. E como presidente volátil e volúvel, que usurpou o cargo.

O DESGASTE DO JUDICIÁRIO, NOS MAIS ALTOS ESCALÕES

Houve  um tempo em que o Supremo se julgava ou parecia mesmo poderoso. A última palavra em tudo. Irrecorrível. Respeitado. Todos os ministros interrompendo seus votos ou discursos, com o obrigatório "data venia", pedido educado de desculpas por discordar de um colega. Esse tempo acabou, a discordância passou a ser hostil e agressiva.

(Nenhum dos atuais ministros estava na Corte, de 1937 a 1945, o auge da ditadura do "Estado Novo". Não tinham nem nascido, mas devem conhecer a fase subalterna e subserviente desses  8 anos vergonhosos, difíceis até de serem lembrados. Mas que não podem ser  esquecidos ou escondidos.

No dia 10 de novembro de 1937, Vargas fechou a Câmara e o Senado, e prendeu centenas de deputados, advogados, jornalistas, personalidades consideradas inconvenientes pela ditadura que se instalava, cruel, devastadora e impiedosamente.
Mas surpreendentemente, deixava o Supremo aberto, intocado, com os 11 ministros referendando os atos mais sórdidos do ditador.

O Ministro da Justiça, José Carlos Macedo Soares, era o intermediário entre o Catete e esse Supremo desmoralizado. Nem uma só vez esse tribunal discordou de um ato ditatorial de Vargas. O auge da indignidade foi a decisão de Vargas, extraditando para as camaras de gás da Alemanha, Olga Benario, tambem  nominada como Olga  Prestes.

O Ministro da  Justiça conversou com os advogados dela, insistiu  e insinuou que "recorressem ao Supremo, que poderia modificar a decisão de Vargas". Os advogados aceitaram a sugestão-conselho do Ministro da Justiça. Perderam por 11 a 0.

Como tudo era combinado com esses magistrados, poderiam referendar o crime do ditador, forjar um  placar de 7 a 4 ou 6 a 5, como acontece hoje.O Ministro da Justiça comunicou ao ditador o que havia acertado. Vargas se levantou, berrou: "11 a 0, não quero nenhum voto contra". Foi esse o resultado, nenhum Ministro teve a coragem de discordar, construir a maioria pelo menos de 10 a 1.

Servos, submissos e subservientes se mantiveram nos 8 anos. De tal maneira, que quando a ditadura foi derrubada em 29 de outubro, quem assumiu foi o presidente desse torpe Supremo, José Linhares.  Não havia vice, presidente da Câmara, do senado, tudo fechado. Quem colaborou sempre com a ditadura, comandou a eleição  de 2 dezembro desse mesmo 1945).

No regime ditatorial que assumiu o poder em 1 de abril de 64, quase se repetia o episódio anterior. Durante 3 anos, ditadura de fato, com a Câmara, o Senado e o Supremo funcionando como se não tivesse havido golpe algum. Isso durou até 1967.

Quando começaram os rumores de fechamento de todos os poderes, o Presidente do Supremo, o bravo Ribeiro da Costa, mandou um recado para o "Presidente" Castelo Branco: "Se algum Ministro do Supremo for cassado, fecho o Tribunal e mando a chave para o senhor".

Essa rebeldia funcionou durante algum tempo: em vez de cassação, dois Ministros foram aposentados. Mas logo depois, se instalou a verdadeira ditadura e Câmara, Senado e Supremo foram fechados.

PS: O Supremo de hoje, nenhuma semelhança com os golpes de 1937 e 1964. Mas a divisão entre os 11 Ministros, com um 6 a 5 se repetindo várias vezes, mostra uma insegurança jurídica e política, que pode arruinar o restinho de prestígio do mais alto tribunal do país.

PS2: Algumas decisões estão em suspenso de forma assustadora. Única e exclusivamente pela vontade pessoal e intranferível dos mesmos Ministros. O foro previlegiado há meses tem maioria para ser transformado em lei. Mas o Ministro Lewandowski, que falta se manifestar como "voto vencido", nem se preocupa em decidir a questão. 

PS3: Existem outros casos do conhecimento público, que esperam o fim do recesso no dia 19 de fevereiro, mas ninguém sabe se haverá decisão. Não é preciso citar os casos que são muitos. 

PS4: A Presidente Carmen Lucia, declarou publicamente na televisão: "Quem pauta os processos que terão prioridade ou não, sou eu. E não abro mão dessa prerrogativa".

PS5: É bem possível que assim que acabar o recesso e o Supremo voltar a funcionar, a Presidente do Supremo, amargurada, se convença que a realidade é muito diferente da presunção.

PS6: Na Corte Suprema dos EUA, quem organiza a pauta não é o Presidente ou qualquer outro Juiz. (lá, todos são juízes, nenhum é desembargador, Ministro, etc). A pauta dos trabalhos é organizada por um Oficial de Justiça, para que não haja dúvidas ou favorecimentos.


***

COM LULA OU SEM LULA, AGORA E NA ELEIÇÃO DE 2018

Essa colocação já estava definida ha muito tempo. Numa lista indefinida mas existente, a mediocridade e a falta de credibilidade dominavam e preenchiam a despudorada relação dos que pretendiam se elevar de ignorados a presidenciáveis.

E até se julgando vencedores, sem credenciais, sem passado, presente, e seguramente sem futuro. Pelo menos político.

Com o descaso, o desinteresse e até o desprezo da opinião publica, foram surgindo nomes os mais  descaracterizados, disparatados, despreparados. Mas com a voracidade do exibicionismo de um momento ou de um instante, que pretendiam prorrogar pelo maior tempo possível. Entravam e saíam do noticiário, eles mesmos chamavam isso de estratégia.

Sem esquecimento ou exaltação, um nome se fixou indelevelmente, ninguém conseguiu superá-lo: Luiz Inácio Lula da Silva. Nos mais diversos partidos ou legendas, os candidatos que são ou se pretendem presidenciais, não escondiam nem escondem: para se elegerem, precisam derrotar o ex-presidente.

Tão evidente essa supremacia, que aderiram á "solução" única: afastá-lo da disputa, torná-lo inelegível. Já tratei do assunto em profundidade, com enorme repercussão, contra e a favor. Como a conspiração contra ele, continua em gestação, esperemos o que acontecerá.

Com a excitante presença ou ausência eleitoral de Lula, o Datafolha publicou sua ultima pesquisa, "fechada" depois do julgamento de Porto Alegre.

Lula não perdeu 1 voto, o Instituto se viu diante de um problema: em diversas simulações para o primeiro e segundo turno (que haverá de qualquer maneira), Lula ganhava de todos e de qualquer um.

O PROFISSIONALISMO JORNALÍSTICO DO DATAFOLHA

Diante desse dilema, preferiram não enganar a comunidade, optaram por publicar os resultados encontrados, COM Lula ou SEM Lula. O cidadão – contribuinte - eleitor, mesmo com um presidente no cargo que alem de corrupto, não  representa nem de longe a democracia, não perde em informação, favorecido pela opção  do Instituto. 

Este repórter, convencido de que o jogo ainda está sendo jogado, e que se a democracia for mantida, Lula  não perde para ninguém, examino os supostos adversários usando meus próprios dados e informações. (E não levando em consideração o que dizem os juristas de aluguel: "Lula pode concorrer, ganhar, tomar posse, mas não governa". È muita audácia  e confissão da conspiração judiciária).Vamos á analise, SEM LULA.

Marina Silva-Será a provável favorita. Teve 20 milhões de votos em 2010, 19 milhões em 2014. Os 35% do Lula serão esquartejados, ela ficará com 15 ou18%.

Ciro Gomes- Herdará muito voto do Lula. È a terceira candidatura, perdeu pra ele mesmo. Agora está mais comedido e menos agressivo com pessoas e bem preparado e competente em problemas.

Geraldo Alckmin - Só coloco o nome dele, se apresenta como  candidato, não  chega a 10%. Desde 1994 morando e trabalhando no Palácio Bandeirantes. Disputou  a presidência em 2006, não foi para o segundo turno. Agora, se passar de 5 ou 6%, ninguém do PSDB acreditará.

Luciano Huck - Nunca foi candidato para valer. Acabou de vender sua riquíssima e  luxuosa mansão na Costa Verde. Dizem que é para financiar a campanha. Tem que deixar o programa de TV, até 7 de abril. Desiste antes.

Jair Bolsonaro - Foi sempre o candidato do medo. E com toda a razão. Defende o que o mundo tem de pior, a começar pela tortura, arrogância e incompetência. Era elogiado por não ser acusado na Lava-Jato.

Vem caindo bastante depois da acusação de desonestidade e da fortuna mensal que ele e os 3 filhos recebem dos cofres públicos. Não tem uma chance em 1 milhão de ser presidente. Ficará sem mandato parlamentar, voltará a ser um inexpressivo capitão da reserva.

Joaquim Barbosa - Está tentando ser presidenciável ou vice de Dona Marina. É um enganador, e quando ministro do STF, um engavetador de processos. Com um deles ficou 43 meses, foi despachando outros que chegavam muito depois.

Denunciei o fato ainda na Tribuna da Imprensa, uma semana  depois se deu por  impedido, devolveu o processo sem relatar. Carreirista nato.

PS- Impossível definição mais ou menos correta, numa eleição visivelmente anti-democrática.


***

GILMAR DEIXA O TSE AGORA, MAS AINDA FICA 14 ANOS NO STF

Ninguém desmoralizou mais o judiciário do  que ele. Não só com seus atrevidos, audaciosos e pecaminosos HC. Ha mais de 10 anos, concede essa liberdade incondicional, afrontando e confrontando colegas. Como pelo próprio tribunal, um HC emitido por um ministro do STF só pode ser reexaminado ou revogado pelo plenário, ele fica absoluto e inatingido.

Não vou lembrar ou relembrar o que ele fez desde que foi nomeado para o STF por FHC, só  poderia ser ele. Bastam os HC de agora, ainda em plena validade. Libertou o riquíssimo e corruptissimo Eike Batista, que foi colocado em prisão domiciliar, mansão luxuosa e sem fiscalização. Atendia pedido da própria mulher que chefia o escritório de Brasília do  advogado de Eike.

A seguir libertou Jacob  Barata, servindo a ele mesmo. Padrinho de casamento de sua filha, e senhor e todo poderoso chefão dos transportes do Rio, Barata não podia ficar preso. Outra ordem de prisão para Barata e o corruptissimo presidente da Fetranspor, Gilmar novamente mandou libertar os dois, que continuam livres.

Terminando essa fase, Gilmar deu HC para a mulher de serginho cabralzinho, condenada a 18 anos. Foi pra casa, prisão domiciliar. Em casa foi condenada a mais 8 anos, completando 26. Foi mantida em casa, pelo próprio Gilmar. Sem qualquer fiscalização. Tudo isso como ministro do STF, posição que ocupará por mais 14 anos.

Está com 61 anos, a aposentadoria obrigatória só aos 75. A não ser que queira sair antes, para dirigir suas duas Universidades em Portugal. Já comprou até apartamento em Lisboa.

PS- Deixa apenas o TSE, onde seu exagero de autoridade e sua falta de  constrangimento, conseguiram manter o corrupto Temer no Planalto.

PS2- Depois de 1 ano de exibicionismo entre o juiz, ele mesmo, e o réu, ilegitimamente no Planalto, decide realizar o julgamento.

PS3- Já estava com o placar de 4  a 3 garantido. 3 ministros cooptados por escolha do réu. E o voto do próprio Gilmar. 

PS4- Vergonha total, desprezo e desafio para a comunidade, 4 a 3 que não podiam falhar. A não ser que o mandato de Gilmar terminasse antes.

PS5- Que República.

FEBRE AMARELA: INCOMPETENCIA DEVERIA TER DEMITIDO O MINISTRO DA SAÚDE

Ele mesmo já devia ter deixado o cargo, como acontece em muitas oportunidades nos mais diversos países. Cometeu tantos erros, equívocos e desacertos, que atinge e assusta o país inteiro. Começou afirmando, "como eu iria adivinhar que ainda existia a doença, e fosse mortal".

Isso, leviandade. Agora os erros. O Estado do Rio tem 6 milhões de habitantes, 5 milhões ainda não foram vacinados ou imunizados. SP, a maior população do país, está na mesma situação do ERJ. A proliferação da doença assusta o país, e as providencias não são tomadas.

Perdão, tomaram apenas uma,  que provoca polemica, e com toda razão: FRACIONAMENTO das vacinas. Sumarizando: cada vacina é FRACIONADA para 4 pessoas. Ou uma vacina inteira para uma pessoa, é exagero. Ou dar a cada pessoa  um quarto do determinado é um tremendo risco.

Converso com 2 médicos, competentes mas otimistas, explicam: "Numa emergência  como a de agora, dividir por 4, pode ser razoável". Falo com os dois, separadamente, mas complementam com as mesmas palavras: "O ministério da Saúde tem que se organizar. E lembrar que essas pessoas, que tomaram a vacina FRACIONADA por 4, precisam de mais 3 doses".

PS- A  duvida quase certeza: o ministério da Saúde tem organização para uma tarefa como essa?

TEMER EM DAVOS

Tem que ser entre aspas, a mistificação é colossal: "O Brasil está de volta. Um país mais aberto, mais prospero, com muito mais oportunidades e democracia". Todos os presidentes falam em horas marcadas antecipadamente, para que se organizem e todos saibam.

Temer falou para 22 pessoas, incluindo alguns funcionários. Nenhum jornalista estrangeiro. Brasileiros, 4, sendo 2 da Globo News, que iam fazer um programa, normalmente feito no Brasil, sem o  presidente corrupto.

Temer desceu, não despregou do rosto aquele sorriso supérfluo. Ficou conversando animadamente (?) com Moreira Franco.

LULA  E OS TRIBUNAIS

Ontem á tarde, advogados do ex-presidente confirmaram caminhos da defesa. Houve inversão do roteiro, esperado até mesmo pelo TRF 4. O primeiro recurso foi entregue e protocolado ontem mesmo no STJ. Surpresa, principalmente dos juristas de aluguel.

Mas a defesa de Lula não abriu mão de recorrer ao próprio TRF4. Só que deixou esse tribunal para depois, mais tarde, com uma inovação: duas petições diferentes para os 3 desembargadores. Uma contestando o relator. A outra, diminuindo a importância dos votos seguintes, com mais carga contra o desembargador revisor. Não existe previsão do tempo.

E finalmente trazendo o STF para o centro dos acontecimentos. Ninguém tinha duvida, de um lado ou do outro, que a última palavra seria mesmo do STF.

PS- Importante para a liberdade de Lula, para a sua candidatura e até para o seu futuro não presidenciável.

PS2- O plenário do STF votou ha meses sem muita convicção: na segunda condenação, PODE SER determinada a prisão. O placar, 6 a 5, mostra a  falta de convicção.

PS3- Alem  do condicional PODE SER, dois ministros já mandaram libertar condenados a segunda vez. E nada surpreendente, que o próprio STF inverta o 6 a 5, que ficaria 5 a 6.

PS4- Com royalties para Machado de Assis, "a confusão é geral".

PS5- Às 19,47, o vice presidente (plantonista) do STJ, que havia recebido o HC preventivo de Lula, NEGOU mediatamente. Não ficou nem 2 horas e decidiu. Impressionante.


***


FINALMENTE BLOQUEIAM OS BENS DE SERGINHO

Venho pedindo isso com insistência e incessantemente. Condenado a 87 anos de prisão, e respondendo a mais 20 processos, sua fortuna ilícita ficou intocada. Ia sendo transferido do Rio para Curitiba, de lá para cá, quatro vezes. Não tiveram tempo de bloquear seus bens, no Brasil e no exterior, não sabem nem o total.

Ha 15 dias, resolveram mandá-lo definitivamente para Curitiba. Onde está agora. Mas essa transferência foi feita com tais requintes de selvageria e barbaridade, que não pude deixar de protestar. Algemado, acorrentado, quase sem poder andar, lembrei os tempos da escravidão, muita gente vibrou  com a vingança do Estado.

Ordem de altas e poderosas autoridades policiais. Moro e Bretas, souberam muito depois, mandaram fazer investigação que não chegará a resultado algum. Mas finalmente anunciaram (nem sei se é verdade) que vão "buscar todos os seus bens, estejam onde estiverem". Considero que foi uma vitoria jornalística. 

E rapidamente lembrarei um dialogo estranho, entre serginho e outro tremendo corrupto, Jorge Picciani. Junho de 2014. serginho deixou o governo para se desincompatibilizar. Explicava a todos: "Se eu ficar no cargo, meu filho não pode ser candidato a deputado federal".

Espertíssimo, sócio de serginho no comando da Alerj durante 12 anos, os dois enriqueceram de forma ilegítima. Picciani não falou nada, mas desde que não era mais governador, podia disputar o senado, ajudaria ainda mais  o filho.

Passado algum tempo. Picciani perguntou a serginho: "Quando começa a campanha para o senado? "Nenhuma resposta. Picciani insistiu, serginho disse que não queria, inesperadamente explodiu: "Não POSSO, você não entende?".

Hoje, serginho e Picciani, presos bem distantes,que lembranças. Mesmo no auge  das matérias indefensáveis do jornalista investigativo, Chico Otavio, o presidente da Alerj jamais imaginaria seu destino de agora.

Preso sem saber qual será sua condenação, Picciani se prepara numa  delação, que faz a Alerj tremer antecipadamente.

PS- Pode entregar quem quiser, Picciani acabou a carreira. Perdeu tudo, a fortuna concentrada em fazendas numerosas, valiosas, criminosas.

PS2- serginho nem isso. O que pode delatar, em troca de 87 anos de prisão

O TERRORISMO INTERNO ASSUSTADOR: TRAFICANTES E MILICIANOS, ALIADOS E IRMANADOS.

Quando se enfrentavam, disputavam todos os territórios, o confronto era diário e intransferível, a comunidade vivia em pânico. As mortes por "balas perdidas" não tinham autores, só vitimas. Os bandidos  que enriquecem com as drogas, não queriam concorrência, embora os lucros fossem cada vez mais astronômicos.

Os milicianos   se organizaram como "empresários", para substituir o Estado, (com maiúscula ou minúscula) que cobra impostos e abandona  a comunidade. Só que ao contrario dos traficantes, os milicianos querem tudo, invadem todos os setores, não atuam apenas nos morros, têm preferência pela planície. E não matavam.

Por acaso, os milicianos "descobriram" o roubo de cargas, que ha algum tempo também seduzira os traficantes. Aí, traficantes e milicianos compreenderam que eram aliados naturais. E partiram para a união, passando a aterrorizar os mais diversos bairros, como fizeram na semana passada. Longe dos morros.

PS-E a repressão policial militar, encarregada de defender e garantir os cidadãos?

PS2- Esses já  descobriram ha muito tempo, que precisam voltar para casa, e que traficantes e milicianos são inimigos cruéis e selvagens, não perdoam.

PS3- Uma resposta esclarecedora: por que 80% dos PM assassinados, estavam de folga?

PS4- Conclusão: todos têm seu lado. Às vezes, a mesma escolha de traficantes e milicianos.

TEMER: ALÉM DE CORRUPTO, UMA TRAGÉDIA EM REDAÇÃO

Ontem na televisão: "Quem votar contra a Previdência vota mal para o país". Incompetente, imprudente, humilhante.

QUEM SE DEU BEM NA REDAÇÃO DO ENEM, QUASE NINGUEM EM 5 MILHÕES

Desse total  apenas 53, ( isso mesmo), 53  tiraram a nota máxima. 309 mil marcaram um ZERO retumbante. E ainda queriam tirar a REDAÇÃO das provas

JUROS DE 300% AO ANO

Todos os bancos cobram isso. Para o credito pessoal e o cartão de credito. Significa 25% ao mês. Quem fez compras de 100 reais, antes de sair da loja, está devendo 125.

O presidente do Banco Central garantiu: "Estamos estudando uma grande mudança". Quando devia estar fazendo mestrado, informa  a condição de estudante. Ha  quase 2 anos no cargo. "Que Republica”.


***


EM TODO 2018, INDOMÁVEL, EXECRÁVEL, INVENCÍVEL, INELEGÍVEL, O EX-PRESIDENTE SERÁ O PERSONAGEM PRINCIPAL, SOLTO OU PRESO

Cada palavra que usei se aplica rigorosamente a ele, por enquanto sem conclusão. Quando Lula foi condenado apenas por ilação, tendo como base suposições volúveis e voláteis sobre o triplex, estranhei e protestei. Mas acrescentei: ele corre perigo no processo por ligação com a Odebrecht e apropriação suposta do sitio de Atibaia.

Não acreditava na primeira condenação por 9 anos, mas foi essa sentença que serviu de força motora para a montagem da conspiração judiciária. Que foi contundente, revoltante, mostrou  a falência do judiciário. As pesquisas mostram um país dividido contra ou a favor de Lula. Mas não existe ninguém que tenha a consciência ou a coragem de defender um magistrado (?) de qualquer instancia.

Lula perdeu a batalha da comunicação. Jornais e revistas estão contra ele. Todos escondem os crimes dos magistrados, nem uma linha condenando a pratica que seria condenável em  qualquer cidadão, principalmente no chamado  representante da ditadura togada,a pior de  todas, civil ou militar.

Ontem, com mais satisfação pela possível nova condenação do que pelo prazer da informação, publicam  a data de outros julgamentos. Textual na primeira da Folha, bem grande: "Moro dará nova  sentença para Lula em março". O português capenga mal serve  para arrastar a alegria de outra condenação, logo a seguir da conspiração de Porto Alegre.

Mas a Folha não está inovando em relação a Lula. 24 horas depois do julgamento, modificam a primeira, preenchem o espaço com muito mais opinião do que informação. Textual e em maiúscula: "UNANIME, TRIBUNAL CONDENA LULA, ELEVA PENA E DIFICULTA CANDIDATURA". 

Isso numa organização que tem o DataFolha que coloca em todas as pesquisas Lula na frente no primeiro e no segundo turno. 

Se o Lula não pode disputar porque lidera todas as pesquisas? Ou invertendo a realidade ele está sendo condenado e até perseguido pela liderança na campanha presidencial.

Por coincidência ou incoerência, no mesmo dia o Globo modifica sua rotina e apresenta uma manchete inovadora. Textual, também em maiúscula: "CONDENAÇÃO UNÂNIME ESVAZIA CANDIDATURA DE LULA AO PLANALTO".

Para compensar e acreditando que melhora o jornalismo, vem com um editorial , que espantosamente defende o seguinte absurdo: " a condenação de lula foi uma vitória da República". Quem redigiu o editorial nem percebeu que em vez de vitória a República que não tem nada a ver com isso, era tremendamente derrotada.

PS- O grande cineasta Spielberg estava dirigindo um filme show, sentindo que a democracia estava em perigo no mundo todo encurtou o trabalho e passou a fazer um filme sobre o perigo que ronda  a democracia.

PS2- A disposição e os comentários do cineasta sobre o perigo que a corrupção ameaça a democracia deixa a impressão de que ele está falando exclusivamente sobre o Brasil.

Não satisfeitos, publicam editorial desta forma: "A condenação de Lula é a salvação da Republica". 

PS2- Parou tudo e decidiu mostrar como a corrupção destrói a democracia.

PS3- E nem veio ao Brasil.

TEMER: "TODOS OS MEUS DETRATORES ESTÃO PRESOS"

Apesar dele ser corrupto,mistificador,sem credibilidade, ninguém entendeu a sua afirmação satisfação. Na verdade os que cumprem condenações até elevadíssimas, sempre foram da mais completa intimidade e até amizade. 

Eduardo Cunha, Geddel, Henrique Eduardo Alves, Rocha Loures (o homem  que corria pelas ruas com mala de dinheiro) alem de "amigos de 50 anos", assessores que tiveram que ser afastados. Será que Temer erra tanto em português que considera DETRATOR elogio? Só pode ser.

Acolito, sócio, parceiro, o grande companheiro  da conspiração parlamentar que elevou um vice decorativo a ocupante do Planalto,Alvorada e Jaburu,o ex-presidente da Câmara é insuperável.O domingo 23 de abri de 2016, inesquecível, recorde de audiência na televisão.

No fim desse domingo, tudo combinado, Cunha levava em mãos o processo ao senado, lá demoraria muito menos. Hoje Temer pensa (?) na reeleição, seu grande amigo está condenado a 400 anos de prisão. A única tentativa  de ajuda: recebendo de madrugada o bandido Joesley Batista que confessou que ajudava Cunha com dinheiro, recomendou: "TEM QUE MANTER ISSO, VIU".

Geddel Ministro, traumatizou o país com aquelas malas com 51 milhões  em dinheiro. Tinha sido preso antes, a juíza lhe disse: "O senhor é um criminoso ascendente". Está preso ha muito tempo não sairá nunca mais.

Henrique Eduardo Alves, presidente  da Câmara e ministro do Turismo, trocou tudo por uma cela mínima, e uma incerteza em relação á condenação. Sabe que será alta.

PS-Impressionante a impunidade do presidente corrupto. Com provas surgindo de todos os lados,nada lhe acontece.

PS2- Usa o dinheiro roubado do  contribuinte, para ficar em liberdade.Uma excrescência, que também não deve saber o que é, 

O PASSAPORTE DE LULA

Continua a conspiração judiciária, até com a participação de juízes anônimos e inúteis. Mas com a obsessão  do egocentrismo e do holofote. 24 horas depois do julgamento de Porto Alegre, um desses juízes faz sua entrada em cena. Determina a apreensão do passaporte do ex-presidente "imediatamente".

E para que não fique ignorado, tudo a ver com ignorante, "proíbe Lula de viajar". Redundância da subserviência. Lula está convidado ha mais de 2 meses para uma reunião humanitária na Etiópia.Promovida pela ONU. Lula confirmou presença. Com medo que ele não voltasse, tomaram as duas decisões simultâneas.

Se quisesse fugir, Lula teria saído do país nesses 2 meses. Não digo que o ex-presidente não tome essa decisão. Mas não agora, tanto que o passaporte foi entregue sem protelação.

Pelas declarações que tem feito, a disposição com que enfrenta a conspiração do judiciário, e o espírito de combate, é fácil concluir que ainda tem muito tempo até chegar ao fim. Ou o que juristas de aluguel consideram o fim.

PS- Se e quando considerar que não tem mais chance, e que para ele o melhor é ir morar no exterior, não precisa de passaporte nem sair do Brasil.

PS2- 20 ou 30 países importantes lhe darão asilo na hora.

PS3- Talvez seja esse o objetivo dos conspiradores do judiciário trôpego e mambembe.


***

A CONSPIRAÇÃO CONTRA LULA, A MISTIFICAÇÃO DE TEMER EM DAVOS


Enquanto o ex-presidente enfrenta um bombardeio contra sua candidatura e não contra ele,o presidente corrupto, na Suíça, faz a apologia da recuperação do Brasil.

Começa o discurso, afirmando: "O Brasil voltou" e continua "O progresso é tão grande, que surgiram oportunidades para todos".

E insiste: "É um progresso tão sólido, que o país todo respira numa euforia de esperança". Distante da Suíça, ele está em contato direto com o Jaburu e Moreira Franco e Elizeu Padilha, vão contando a ele minuciosamente, tudo o que está acontecendo em Porto Alegre.

Aqui, o ambiente não está nada favorável a ele ou ao seu governo. O problema se agravou e 3 dos vice presidentes que foram afastados por 30 dias, foram demitidos sumariamente dos cargos que ocupavam.

Apesar dos demitidos serem íntimos do Planalto e do Jaburu, o que Temer lamenta mesmo, é a perda de votos para a votação da reforma da Previdência, marcada para o dia 19 de fevereiro, quando termina o recesso parlamentar.

Rodrigo Maia, agora na presidência da república, mesmo interina, tem trabalhado muito para obter os indispensáveis 308 votos para a aprovação da reforma da Previdência.

No momento, o próprio Presidente da Câmara, tem dito ao Presidente corrupto, "É melhor deixar a reforma para o próximo Presidente, pois neste 2018 é praticamente impossível aprová-la.

Voltando para Porto Alegre, o Presidente da 8a turma, Desembargador Leandro Laurens, que também é Revisor do processo do Lula, completou 2 horas do seu voto. E não há a menor dúvida de que votará exatamente como o Relator. Desde o início, vem fazendo um tremendo libelo contra o ex-Presidente.

Começou dizendo: "Ninguém está acima da lei, porque foi eleito no passado. O que interessa agora, é o presente, com consequências no futuro". Não se sabe quanto tempo mais ele vai falar, mas não absolverá o ex-Presidente.

O importante agora, que todos estão esperando, é o seguinte: esse revisor concordará com o aumento da condenação para 12 anos e 1 mês, como está no centro do voto do Relator.

Toda a acusação contra Lula, se baseia na delação do corrupto Leo Pinheiro, que era presidente da OAS. Estava preso, continua preso. O desembargador revisor teve a coragem ou a audácia de dizer: "Leo Pinheiro não é qualquer um" E acompanhou o relator até no aumento da condenação.

O ultimo desembargador, pelo menos falou "apenas" 1 hora e 40. Podia ter falado 15 minutos, cumpriria tudo o que estava combinado, perdão conspirado. UNANIMIDADE em tudo, até no aumento da sentença.

PS- O advogado de Lula, fez um comício libelo contra o julgamento. E garantiu que entrará com recurso imediato.


***


O JULGAMENTO DE LULA, NÃO PAROU O PAÍS


A sessão foi aberta ás 8 horas. Mas na verdade, interessante só a partir das 10h30, quando começou a votar o relato (outros casos desperdiçados) por vários participantes. Cada um querendo deixar uma frase.

O auxiliar da acusação: "Lamentavelmente o presidente Lula se corrompeu".

O advogado da Petrobrás, famoso e chatíssimo: "A empresa não pode assumir os prejuízos".

O  defensor do Okamoto, se fixou em provar que seu cliente era e é apenas presidente do instituto Lula. Ninguém conseguiu desmenti-lo ou contradizê-lo.

Nessa fase, objetivo e convincente, só o principal advogado de Lula. Esgotou o tempo, mas deixou boa impressão. O julgamento, presidido pelo desembargador Leandro Laurens, presidente da Oitava Turma. Sóbrio, correto, discreto, cumpriu sua função de dirigir os trabalhos. O que conseguiu.

Às 11,30, o relator completa 1 hora do seu voto. Sem veemência, exaltação ou brilho. só não faz as pessoas dormirem, acabaram de acordar. Mas na leitura insípida, fez questão  de mostrar que é rigorosamente contra  as teses da defesa.

Continua a leitura, o principal advogado de Lula procura o presidente do tribunal, Thompson Flores, para saber se teria voz para contestação. Não terá, já falou antes. Mesmo que tivesse não  destruiria o amontoado de argumentações, acumulados pelo relator.Que não dá sinais de parar.

Exatamente ao meio dia, 1 hora e meia de fala, o relator atira mortalmente contra Lula: "o ex- presidente foi o único a organizar o esquema de corrupção". Anuncia que terminará seu voto. Continua falando ininterruptamente, pretende construir libelo contra o ex-presidente, lê, sem constrangimento, tudo que o MP afirmou.

Termina garantindo: "Ha provas de que o triplex era DESTINADO a Lula". Mas não ha provas que SEJA dele, o que é muito diferente. Conclui, levando só na confirmação da sentença, 57 minutos.

Ontem eu escrevi que o voto do relator levaria 2 horas. Levou 2 horas e 32 minutos.

PS- Falaria mais, só que  eu já avisara ontem, que haveria intervalo. para almoço, ás 13 horas.

PS2- Na volta, falará o segundo  desembargador.

PS3-  NUM ADENDO SURPREENDENTE E INESPERADO, O RELATOR AUMENTOU A PENA  PARA 12 ANOS E 1 MÊS. NINGUÉM ESPERAVA ISSO.


***

O MINISTÉRIO DO TRABALHO, BEM QUE MERECE A CRISTIANE BRASIL

Ela tem tudo para consolidar e referendar as modificações criminosas que o Temer corrupto aprovou, estraçalhando os direitos dos trabalhadores. Entregando-os sem defesa, ao domínio dos empregadores.

Acabaram com a legislação escrita, colocando no lugar, um "acordo" verbal  entre patrões e empregados.

Com indisfarçável domínio dos ávidos e ambiciosos patrões. Já vimos os primeiros resultados, com a Universidade Estácio e outras empresas, demitindo funcionários antigos e substituindo-os por outros mais novos e mais facilmente exploráveis.

O ministério do Trabalho, criado em 1932, está completando 86 anos de Inutilidade e desprezo, como é até hoje.Lindolfo Collor ficou de 1932 a 34, substituído por Salgado filho.Este em 1941 foi nomeado Ministro da Aeronáutica. Gaúcho, muito amigo de Vargas, não havia um militar para assumir. 

Ficou pouco tempo. Candidato a governador do Rio Grande do Sul, morreu num desastre de avião.

Entrou para um período rápido, Agamenon Magalhães, que fora ministro, e estava esperando para ser Interventor em Pernambuco. Foi e fez grande administração. Político habilissimo e extremamente correto.

Vargas adorava festas. Em 1940, no auge do "Estado Novo" deu uma para 200 pessoas, incluindo todos os Interventores. Em determinado momento, Agamenon se dirigiu a Vargas: "Presidente, eu queria lhe fazer um pedido", e silenciou.Vargas mandou ele continuar.

Pedido de Agamenon:"Presidente, eu queria que o senhor comprasse Fernando de Noronha, que deixaria  de ser estadual, passaria a  ser propriedade da União".

Vargas riu, perguntou a razão. Agamenon explicou que não tinha recursos,e para a União seria util.E nem pesaria no orçamento. Vargas chamou Souza Costa, (ministro da fazenda 13 anos), comunicou: "Ministro, o governador de Pernambuco me fez um pedido, que já aprovei. Ele vai procurá-lo amanhã, é questão urgente".

PS- Assim, Fernando de Noronha passou a ser da União. E no golpe de 64, aprisionou um governador de Pernambuco, Miguel Arraes. (Até ele fazer acordo e viajar, livre, para a Argélia, então ditadura comunista.Mas isso é outra historia) .

PS2- Cristiane Brasil não tem historia, nem conhece nada do que eu contei.
PS3- Como revelei ontem com exclusividade, Temer e Marun esperam que ela seja aprovada pelo plenário do STF, no fim do recesso.

PS4- Com o despenhadeiro de uma parte do STF, não duvido. 

O JULGAMENTO DO LULA

Começa hoje quarta, levará o dia todo. Nem se sabe se terminará hoje ou se só haverá decisão na quinta. Ontem, terça, grande movimentação em Porto Alegre. O principal personagem, o ex-Presidente Lula, chegou na segunda à noite bem tarde, passou toda a terça visitando os acampamentos.

A distância entre a rodoviária e os acampamentos é de 7 km. Na segunda já muita gente, e ontem, terça, havia uma multidão de vermelho. Mas a manifestação era também contra ele. Tanto que a prefeitura resolver estabelecer lugares bem distantes para os dois grupos. 

O ex-Presidente Lula vai assistir o julgamento de hoje, seus planos que se confirmaram, eram de deixar Porto Alegre, o mais tarde possível da terça. Todos contra ou a favor dele, consideraram que a decisão foi sensata, compreensiva e até sem hostilidade. 

Mesmo porque, como tenho dito aqui várias vezes, o julgamento de hoje não é definitivo e até 7 de outubro, dia da eleição, não exclui Lula de participante dos acontecimentos que levarão à eleição do final de 2018. O que acontecerá hoje, poderia ser mais um episódio da conturbada.e perturbada eleição.

As contradições são mais do que visíveis. Os supostos ou presumíveis candidatos, têm enorme rejeição. E não têm votos. Meirelles tem 1%, Temer 3%, Alckmin 4%, e vai por aí . Lula também tem veto alto, mas seu cociente  positivo, é o que assusta os que se julgam seus adversários.

Em vários Institutos, Lula aparece com 35% no primeiro turno, e na frente de todos, no segundo. Marina, Joaquim Barbosa, Alckmin, Meirelles, Temer, são meros coadjuvantes.

De qualquer maneira, para esse problema, temos quase 8 meses para examinar e comentar o que vai acontecer. No momento, o mais importante, pelo menos em duração, é o julgamento de hoje. Será longo e naturalmente cansativo. Como será transmitido pela internet e pela televisão, todos vão querer alongar e prorrogar o seu tempo. 

É muita gente a falar. A acusação, a defesa e os 3 Desembargadores que irão votar. Cada um destes 3, deve falar no mínimo 2 horas. Os advogados da acusação e da defesa terão uma hora cada um. Todos no auge da visibilidade com a transmissão ao vivo, não perderão a oportunidade de aparecer. A sessão começará às 9 da manhã e será interrompida às 13 hrs para o almoço. Não estaremos então, nem na metade do roteiro. 

PS: Portanto, perfeitamente correto como análise, que o fim do julgamento possa não ser hoje. 

PS2: Mas nada disso tem ou terá a menor importância. A partir da publicação do resultado hoje ou amanhã, começará então, o que realmente influenciará na eleição de 7 de outubro. 

PS3: A próxima data relevante é a abertura oficial da campanha presidencial em junho. Portanto, apenas 4 meses. Outros 4 meses depois, a eleição propriamente dita. Mas os fatos e as interpretações estão de tal maneira complicados, que tudo poderá acontecer.


***

24 HORAS ANTES, NINGUÉM SABE O QUE ACONTECERÁ AMANHÃ

Essa afirmação parece inimaginável, mas é rigorosamente verdadeira. O julgamento do Lula pode decidir os caminhos ou o roteiro da eleição presidencial de 7 de outubro deste 2018, mas tudo é uma incógnita.

Pelo que vem ocorrendo nos bastidores, a impressão é de que existe uma conspiração. Mas até agora, só quem atuou e modificou os fatos e os acontecimentos, foi o desembargador regional federal Thompson Flores, presidente do TRF4, de Porto Alegre.

Mas ele mesmo, que parece saber muito, na verdade desmentiu o que parecia ser uma convicção.

Em fevereiro de 2017, veio a público e garantiu: "O julgamento do ex-Presidente Lula, só deve acontecer em junho ou julho". 

Grande repercussão dos que defendem Lula, e ao mesmo tempo dos que o atacam. Confirmada essa afirmação, alívio total entre os que lutam pela candidatura presidencial de Lula. Protesto e até revolta dos que combatem a candidatura do ex-Presidente. Motivos dos dois lados. 

Os lulistas em junho ou julho, já terão o seu líder como candidato, pois a campanha presidencial oficialmente começa em junho. Os que não querem Lula candidato de jeito algum, consideravam que a declaração prejudicara o veto à candidatura do líder do PT. Explicação: candidato em junho, para uma eleição que deve se realizar em 7 de outubro, ele tinha apenas 4 meses para exercer os 3 recursos a que tem direito. 

Recorrer ao próprio TRF4, ao STJ e finalmente ao STF. Isso no caso do tribunal, amanhã, confirmar a condenação imposta pelo Juiz Sergio Moro. No caso da sentença ser confirmada, se discute a meses se Lula será preso ou poderá se defender em liberdade. Esse fato que hoje, 24 horas antes, é uma incógnita, só terá uma definição amanhã. 

Mas condenado ou absolvido amanhã, preso ou em liberdade, Luis Inácio Lula da Silva, será candidato, pois de amanhã até 7 de outubro, os prazos para os recursos, levarão 7 meses e 13 dias.

É praticamente impossível que os 3 tribunais, que são acusados pela lentidão com que decidem, não chegarão nem perto de uma decisão.

Os que combatem Lula, se refugiam numa afirmação na qual só eles acreditam. Apregoam fartamente que mesmo que o ex-Presidente se candidate, que vença a eleição, e até mesmo seja empossado, não governará. Isso é tão absurdo, tão impensável, mas que os que lideram o combate à volta de Lula, propagam com a maior tranquilidade, que acontecerá.

Não vamos discutir 7 meses e 13 dias antes, quando não sabemos nem o que vai acontecer amanhã apenas 24 horas depois destes comentários. Voltando ao Presidente Thompson Flores, ele reduziu em 6 meses, a realização do julgamento. Ninguém sabe a razão dessa transformação de datas, já que na primeira, ele estava ou aparentava estar, rigorosamente seguro do que dizia. 

A grande motivação contra a candidatura Lula, nada a ver com ele pessoalmente, e sim, com as pesquisas de diversos Institutos. Em todos, Lula aparece na frente no primeiro turno e mantém a posição no segundo. Se o ex-Presidente estivesse completamente fora de cogitação, sem possibilidade de voltar ao Planalto, os que conspiram contra ele, estariam procurando um candidato melhor. 

PS: Existem com chance ou sem chance, entre 12 e 15 nomes. Nenhum deles com voto próprio ou uma reputação que os transforme em nomes representativos da coletividade. 

PS2: De Meirelles a Bolsonaro. De Dona Marina a Joaquim Barbosa. De Alkimin a Ciro Gomes. São citados e até se julgam em campanha, mas todos eles estão preocupadíssimos com o julgamento de amanhã.

PS3: Fazem algum estardalhaço, fingindo de candidato. Esses e mais alguns, só passam a acreditar neles mesmos, se o Lula for eliminado amanhã. 

PS4: Haja o que houver, condenado ou absolvido, Luis Inácio Lula da Silva, gostando ou não dele, pode não ser candidato. A razão é que o julgamento de amanhã, importantíssimo, não é definitivo.

Moro e Bretas, dois juízes destacados da Lava Jato, tem sido atacados e duramente agredidos, de acordo com a convicção dos que se manifestam. No caso de Curitiba, os lulistas, dizem horrores do Moro. Os que defendem e apóiam a Lava-Jato, enaltecem o Juiz Moro, desde o início. O Juiz Bretas entrou no mesmo circuito, quando condenou Sergio Cabral.

Agora, depois do comportamento bárbaro e selvagem imposto ao ex-Governador do Rio, incompetentes e irresponsáveis, logo jogaram a culpa em cima do Moro. No mesmo dia, combatendo o criminoso comportamento policial contra o serginho cabralzinho filhinho, expliquei que o Juiz Moro não tinha nada a ver com o caso que estava ainda na esfera policial.

Decorridos apenas 24 horas do criminoso comportamento policial, Moro e Bretas tomando conhecimento do fato vergonhoso, determinaram investigações completas para que se constate de quem é a responsabilidade do imoralissimo tratamento dado a um preso. Esse comportamento serve para mostrar que as pessoas devem ter mais cuidado, e principalmente credibilidade, quando fizerem acusações

PARABÉNS A CARMEN LUCIA

23 horas do s´sbado,recebeu a comunicação:o STFestava com recurso contra a decisão do ministro conivente do STJ, que liberara a posse da deputada como ministra do Trabalho.Posse já marcada para 9 da manhã de segunda.

A presidente do STF, examinou a questão,e ás 2 da madrugada de domingo,suspendeu a posse. Resgatou a minha decepção com a presidente do STJ.Foi tão fulminante e surpreendente, que as televisões não souberam de nada.

E o Globo, na primeira já de domingo, dava na condicional: "Carmen Lucia decide HOJE a questão da deputada"  Tudo ultrapassado, não haverá mais posse. Pelo menos por  enquanto.

PS- Temer, o presidente corrupto,queria cancelar a ida a Davos.Solidariedade a Roberto Jefferson.

PS2- Aconselhado a viajar, existe muito tempo até o fim do recesso. Concordou.

PS3-  Admitem  então, esperar o fim do recesso para recorrerem ao plenário do STF. Dia 21 de  fevereiro, depois do carnaval. O PTB pode não concordar.

PS4 - Tá feia a situação da ABI. A casa de Barbosa Lima Sobrinho e Herbert Moses, navega sem rumo. Na maior cara dura, o presidente apresentador da telinha, Domingos Meireles (ex-Globo), prometeu, mentiu e não cumpriu. Agora mandou uma Carta pessoal com lamúrias para os associados. O texto uma confissão da sua total, geral e inegável incompetência.

PS5 - Confessa literalmente que não sabe administrar e ainda escolheu mal sua diretoria, plantada para apenas concordar com seu desmando total.

PS6 – Quando a casa ainda tinha caixa, autorizou gastos que até hoje não prestou contas ao Conselho Fiscal e sequer o Deliberativo.

PS7 – É um “zero a esquerda” no contexto da ABI, embora tenha manobrado com total e desprezível tática vil, foi reeleito, mas jamais será lembrado, a não ser como o destruidor de sonhos, do jornalismo heróico e ideológico dessa casa, sempre presente nos anos de Chumbo.

PS8 – Na carta, pede dinheiro, fato este que nunca aconteceu na ABI. Devia ter vergonha de propor o pagamento de duas mensalidades, isentando os que não pagaram. E não fizeram em protesto a sua má administração.



PS9 – No mínimo deveria renunciar e convocar novas eleições. E nunca mais colocar os pés na associação que ele destruiu. E definitivamente riscar o endereço da Araujo Porto Alegre da sua agenda.



***


PAULISTAS ENGALANADOS E ENGANADOS

Os possíveis ou supostos candidatos, estão fazendo campanha exaltando o "patriotismo paulista". E dizem textualmente: "Contribuiremos para o progresso do pais, com 3 personagens importantes, como presidente da Republica, governador do estado, prefeito da capital".

Querem se referir a Alckmin (presidente), João Doria (governador), Bruno Covas (prefeito). O único certo é o neto de Mario Covas, que sem duvida ou esforço, assume até o dia 7 de  abril. E fica até o fim de 2020.

Enquanto Covas entra, Alckmin e Doria têm que sair até o mesmo dia 7 de abril, sem nenhuma possibilidade de se elegerem. E até de  obterem legenda. Mesmo mobilizando jornais, que denunciam indevidamente adversários.

Adversário de Alckmin, o prefeito de Manaus, Artur Virgilio respondeu com nota incisiva, que logicamente o jornal publicou, em silencio total. Vou publicar a nota, é pequena e definitiva, serve como esclarecimento.


1- "Não respondo a nenhum processo na Justiça Federal, nem em qualquer outra esfera do Judiciário".

2- "Nenhum voto, nenhuma medida provisória, nenhuma atitude minha como deputado federal, senador, ministro ou prefeito, beneficiou a empresa Odebrecht ou qualquer outra de qualquer ramo"

"Coloco- me á disposição da Folha, para quaisquer esclarecimentos que ela julgue necessários".

Definitivo, que só pode ser refutado com provas, e não com palavras, escritas ou faladas.

O ATROPELADOR EPILETICO E SEM HABILITAÇÂO, EM ALTA VELOCIDADE, NO MEIO DA MULTIDÃO

Inacreditável não o "acidente" que poderia ser mais trágico e mortal. E sim a tentativa do personagem criminoso, de tentar se justificar ludibriando a policia e a justiça.

Se fossem sérios e responsáveis, não teriam aceitado a sua justificativa: "Sou epilético". Deliberadamente se refugiava num crime gravíssimo, para se livrar de um "acidente".

Detido, deveria ter sido imediatamente preso ao confessar o crime de dirigir sendo epilético. Logo chegava a informação que agravava sua situação. Oficialmente o Detran informava que ele estava com  a carteira de habilitação cassada ha mais de 2 anos.

Já transformado num assunto de alta repercussão, jornalistas cobriam o caso, davam detalhes, sobre o que aconteceria a ele. Todos se enganaram. Recebeu dois telefonemas pelo celular, não demorou, um carro veio buscá-lo.

Mandaram ele pra casa. Com o conselho: "Não abandone o tratamento da epilepsia, isso é  grave". E a noticia: "Dentro de uma  ou duas semanas, você receberá em casa, a carteira de habilitação".

PS- Perguntinha ingênua, inútil e inócua: e a justiça?

PS2- O atropelador informou no interrogatório policial de anteontem,"tenho epilepsia desde os 12 anos"

PS3- Em 2015, no Detran declarou, está escrito:"Não tenho nenhuma doença neurológica". 

PS4-Depois de tanta mistificação, mentiras e mais mentiras apenas a acusação de homicídio culposo. Em LIBERDADE.

PS5- "Pano rápido", como dizia o Millor.

ALGEMAS NAS MÂOS, ACORRENTADO NOS PÈS, BARBARIDADE

Jornalisticamente já escrevi tudo o que estava obrigado a escrever sobre ele. Inclusive identificando-o, depreciativamente, como serginho cabralzinho filhinho.Condenado a  87 anos de prisão, e ainda respondendo a 20 processos, criminalmente está pagando ou resgatando sua divida com a comunidade.

Mas me recuso a concordar com essa selvageria exibida por jornais e televisões. E é repugnante essa fotografia. 4 policiais dando a impressão de serem combatentes do terrorismo, se julgando vitoriosos, com a humilhação de um cidadão, condenado por corrupção.

A Lava-Jato completou 3 anos, e nenhum acusado foi algemado. Com exclusividade, na época,   contei no meu blog. O juiz Moro e o MP, acertaram logo no inicio: "Algemas de modo algum". Passaram a andar com as mãos atrás do corpo, dando a impressão de estarem algemados. Não queriam que pensassem que protegiam os presos.

Agora esse espetáculo deprimente, aviltante, revoltante. Ficaria envergonhado de mim mesmo, se concordasse com esse tratamento criminoso, dando a impressão de que o silencio representasse que estava a favor.

PS- E mais: esses 4 policiais, receberam ordem de alguém, com mais  autoridade.Todos devem ser punidos pela selvageria. Da cúpula policial.

PS2- E esse comportamento odioso, não pode se repetir. Se o prisioneiro algemado e acorrentado fosse um negro, lembrariamos da escravidão.

PS3- Era essa a rotina diária de suas vidas.

CRISTIANE BRASIL: 6 DERROTAS E UMA VITÓRIA

Quase 1 mês ficou como quase ministra. Seis juízes diferentes, consideraram que ela não tinha MORALIDADE (textual) para ser ministra do Trabalho. Num fim de tarde de um sábado com a temperatura ambiente perto de  40 graus, um ministro plantonista do STJ, resolveu esquentar mais as coisas.

Então redescobrindo a moralidade, autorizou a deputada a se transformar em ministra. Todos são magistrados. O que é que  o sétimo a opinar, sabe o que os outros  6 não sabiam ?

PS- A ministra Laurita Vaz, presidente do STJ, ficou como plantonista, durante todo o recesso do judiciário. Tenho simpatia por ela, já manifestei isso. Que decepção.

PS2- O vice do STJ, pediu a ela para transferir o plantão para ele, o que a presidente fez imediatamente.

PS3- Até as pedras da rua, (Rui Barbosa) sabiam que ele era a favor da posse da deputada. Assumiu o plantão, ela já sabia que seria ministra.

PS4- Nossa Senhora, foi descuido  ou cumplicidade?

DIA 24 DE JANEIRO, TENTATIVA DE AFASTAR LULA DA SUCESSÃO DE 2018

Mas haja o que houver, aconteça o que acontecer na quarta feira, nada será definitivo. Inesperadamente, duas vezes, uma desmentindo a outra, o Desembargador Thompson Flores aparece duas vezes no centro do espetáculo. 

Na primeira, garante que o julgamento de Lula acontecerá em junho ou julho, com Lula já candidato. (A campanha oficial começa em junho, o PT lançará seu nome imediatamente). Na segunda, Thompson Flores anuncia a antecipação em 6 meses do julgamento. Que passou para  quarta feira, preterindo outros processos que esperam ha mais tempo.

Na verdade o importante não é o julgamento propriamente dito, e sim impedir ou protelar os recursos de Lula. O ex-presidente tem direito a 3: no próprio TRF4, no STJ,no STF. Do dia 24 de janeiro (depois de amanhã até a eleição em 7de outubro , Lula terá 7 meses e 14 dias de prazo, mais do que suficiente.


Preso ou em liberdade, Lula será candidatissimo. Mas os que se opõem a ele, com  a adesão do presidente  do TRF4, garantem: "Mesmo que vença e até sendo empossado, não governará".

Isso é outra historia que precisa  confirmação, constatação, comprovação.
O canal YouTube transmitirá com exclusividade. Tolice.

PS2- A Globo News  começará a transmitir a partir das 7 da manhã. A sessão começa ás  9. Ininterruptamente, nos intervalos, analisará e comentará os votos  e as consequências.


***


GOVERNADOR ALCKMIN - PREFEITO ARTUR VIRGÍLIO

O primeiro vive no Palácio Bandeirantes, desde 1994. Como coadjuvante, acompanhante, logo, logo vice de Covas, trabalhando e morando no mesmo local. Covas morreu em 2001, assumiu e se reelegeu.Saiu em 2006 na tentativa de ir para o Planalto, não foi nem para o segundo turno.

Agora, 12 anos depois, acredita na obsessão do Planalto, é apenas a insistência na derrota. Em 2006, tinha legenda garantida, o que não acontece agora. O PSDB tinha 3 nomes, todos 3 derrotados. Agora não tem nenhum, o que poderia ser, João Doria, enganou a todos.

Eleito prefeito pelo próprio Alckmin, acreditou na deslealdade como bandeira e alavanca de poder,  e desmoralizou seu próprio slogan, "não sou político e sim gestor". Preferiu a politicalha, não teve tempo ou capacidade e credibilidade para ser gestor.

Alckmin vai derrapando, não sabe o que fazer.

Seus presumíveis votos vão desaparecendo, tem um único adversário, que vai crescendo. È o ex-senador, diplomata de carreira, prefeito eleito e reeleito de Manaus, Artur Virgilio. Pelo menos sabe o que quer, quase uma premonição.

Senador destacado, não se reelegeu. Como diplomata, pediu posto, falou para os amigos. 1- Vou passar 6 ou 8 anos no exterior. 2- Volto, serei candidato a prefeito da minha cidade, Manaus. 3-Serei eleito e  reeleito, presidenciável em  2018.

Isso tem 12 anos, inteiramente confirmado. Precisa ser escolhido pelo partido.

PS- Cresce razoavelmente. Se for candidato, leva a vantagem de representar SP, o maior eleitorado do país. 

PS2- Seu adversário é identificado como "picolé de xuxu", não tem charme, carisma ou liderança.

PS3- O que Artur Virgilio tem de sobra.

PS4- Nada disso é preferência ou predileção por SP. E sim o reconhecimento da sua enorme população, e consequente eleitorado.

PS5- A partir de 1998, o PSDB tinha 3 candidatos. Serra, Alckmin, Serra (novamente), Aécio. Todos derrotados. Agora, nem sopro  de otimismo, principalmente com Alckmin.

SEIS VETOS PARA O MESMO MINISTRO

Rigorosamente inédito mas não surpreendente. Desde a indicação, com  a posse marcada e a festa encomendada, obstáculos e mais obstáculos. Diversas instancias da justiça, não concordaram com o passado da nomeada, não referendaram a nomeação.

Decorrido quase um mês, afirmações vazias, desmentidas pelos fatos. A  Advogada Geral da União, deveria ter se retirado depois da primeira derrota, deixado a questão com os advogados da ministra o nome da Cristiane Brasil, baseada no prestigio do pai, afirmou em entrevista na televisão: "Tomarei posse de qualquer maneira". Continua quase ministra.

O presidente corrupto, que tem pânico de contrariar  o presidente do  PTB, Roberto Jefferson, tem se encontrado com ele, garante: "Vou até o fim". Que está próximo. Mais 2 vetos, poderá dizer e dirá mesmo: "Tentei de todas as maneiras, não foi possível".

PS- O problema será transferido para a órbita do próprio PTB. A vaga é do partido, terá que haver um entendimento quase sublime.

REBAIXADOS, OS GRANDES BANCOS SE APAVORAM

Não existe nada mais deprimente, degradante, aviltante, escorchante, do que os juros (roubalheira)  já cobrados pelos maiores bancos do país.(Bradesco, Itaú, Santander e os outros). 330% no cheque especial, 410% no cartão de credito.

Loucura, alucinação, estarrecedor, a maioria paga, mas não entende a razão de ninguém tomar providencia. Apesar dos lucros exorbitantes, foram atingidos pela agencia reguladora do credito.

Aí, a Febraban, que representa os bancos,entrou no circuito, "para reduzir os juros".Mesmo que baixem, digamos 50%, como têm negócios no exterior, devem ser notificados, para entrarem na lista da Interpol. È caso de policia.

PS- Para que esses juros escandalosos entrem numa aceitável e compreensível orbita de dignidade e credibilidade, só com intervenção drástica do Banco Central.

TRUMP: 1 ANO DESPERDIÇADO, DESPREZADO, DESORIENTADO, INEDITO NA HISTORIA DOS EUA

É amanhã, nada a comemorar, tudo a esquecer. Desde a acusação, já provada e comprovada, da  intromissão de Putin e da Rússia na eleição americana, acumulou desacertos, erros e equívocos. Compromete o país nas mais disparatadas decisões.

Compromete a liderança dos EUA, internamente já demitiu ou dispensou 36 altos funcionários, que frequentavam o Salão Oval com ele. Todos saem atirando e atingindo o próprio presidente. Com 15 dias no cargo, demitiu o Conselheiro de Segurança, que praticamente não sai da Casa Branca, é ouvido em tudo, importantíssimo.

Trump foi irresponsável ao escolhê-lo. Irresponsável ao demiti-lo. Não foge desse dilema. Está isolado na Casa Branca, isolado no mundo. Única decisão compreensível: pediu um exame de  alto nível, para ver se não sofre das faculdades mentais.

PS- Pedido por ele mesmo, deve recuar. A maioria dos EUA e do mundo, desconfia que sabe o resultado desse exame.


***


85 ANOS DE FEBRE AMARELA

A contaminação vai crescendo, minhas lembranças se aproximando. Eu tinha completado 11 anos, acabara de sair da escola primaria, a doença se alastrava, assustava geral. E não apenas o Brasil, mas toda a America do Sul. Surgiu então um movimento de combate á febre.

Patrocinado pela Fundação Rochefeller. Os funcionários da Fundação chegavam, uma bandeira amarela amarrada num pedaço de pau. Espetavam na porta, entravam, trabalhavam horas. Mais ou menos em 4 anos, liquidaram a doença nos13 países da America do Sul.

O John D. Rochefeller, que dava nome á Fundação, era o homem mais rico do mundo. Toda a fortuna acumulada com petróleo, jamais furou um poço.Controlava todos os tipos de transporte.Pessoas e empresas se arriscavam, perdiam ou ganhavam, acabavam dominado por ele.

Foi o homem mais odiado dos EUA. A família entrou na política, tentaram a presidência do país. Quem chegou mais perto foi Nelson Rochefeller, governador de Nova Iorque. Candidato a presidente, foi liquidado por uma revolta da maior  penitenciaria, mais mortos do que em Carandiru.

PS- Sua candidatura desapareceu, junto com a esperança.

PS2- Temos que cuidar sozinhos, da febre amarela. Já são quase 10 milhões.

PS3- Apenas um exemplo. Toda a população do Estado de SP, está na lista de risco.

GILMAR MENDES "DOUTRINANDO" SOBRE IMPORTANCIA DO HABEAS CORPUS

Não pode ficar longe das manchetes, do noticiário. Como o STF está em recesso, resolveu comentar sobre a importância do HC, e assim ganhar primeira  de jornais e televisões. Só que não tem autoridade, dignidade ou credibilidade para ressaltar a relevância do HC nas democracias.

Tenho que transcrever um trecho da sua fala disparatada, desencontrada, contraditória: "Defender o HC é defender a liberdade individual, mas também a sociedade contra a propagação desenfreada do crime que ocorre nos presídios".

È disparate  em cima de disparate, contradição pejorativa, exibicionismo sem causa e sem efeito. Gilmar jamais se preocupou com os pobres encarcerados, como "provisórios", e que já são 400 mil, sem crime, sem culpa, sem advogados, sem saberem sequer quando serão libertados.

No pecaminoso e vexatório indulto de Natal com que Temer pretendia beneficiar amigos corruptos, Gilmar poderia ter feito uma intervenção. Rigorosamente de acordo com o que tenta exibir agora. Retiraria do decreto os amigos do presidente corrupto, libertaria os 400 mil provisórios.  Não, ficou em silencio, fala agora, apenas guiado pelo ego.

A trajetória judiciária de Gilmar, é uma defesa permanente dos ricos, que se beneficiam dos seus vergonhosos HC.Nem quero lembrar do passado, ficar nos dois ricaços, que estão em liberdade por causa de HC de Gilmar.Falo de Eike Batista e 3 vezes do compadre criminoso, Jacob Barata.

Gilmar não tem apreço, respeito e consideração pelo HC, e  sim  do que advém como consequencia, da sua concessão.

PS- Paixão pelo HC tinha o grande presidente Lincoln. (Nenhuma comparação, apenas lembrança). Em 1862, em plena guerra civil, teve que revogar a vigência do HC.

PS2- advogados recorreram á Corte Suprema, que decidiu: "Entre os poderes do Presidente, não está o de suspender ou revogar o HC". E colocou-o em vigor

PS3- Lincoln recebeu a noticia, se ajoelhou no chão da Casa Branca, e quase chorando, afirmou: "Obrigado, Deus, por nos permitir uma Corte Suprema com essa grandeza, independência e respeito pela liberdade.

PS4- E imediatamente, restabeleceu  a vigência plena do HC.

4 VICE PRESIDENTES DA CAIXA ECONOMICA

Poderosos e onipotentes, mandavam e mandam de verdade. Depois de demoradas investigações, o MP pediu o afastamento de todos. O Banco Central, preocupado, ratificou a decisão do MP.

O processo foi para Michel Temer. O presidente corrupto trocou a palavra AFSTAMENTO por SUSPENSÃO. Apenas por 15 dias. Já se passaram 4. Voltarão? Tudo indica que sim. E o MP e o presidente do Banco Central, como reagirão?

PETRÓLEO EM ALTA MENOS PARA A PETROBRÁS

Ha 6 meses registrei comentário sobre o assunto. De um amigo que mora em Londres. Não é informante fixo, vive muito perto de tudo. O preço do barril (brent), estava em 44 dólares. Todo dia, quando o Big Ben marca rigorosamente meio dia, anunciam o preço. De um escritório na Old Band Street, o antigo centro financeiro,

Ele me falou que o mercado estava exultante, e que previa boa elevação nos próximos meses. Em Nova Iorque, o barril cotado a 38 dólares. Para não ir muito longe, o fechamento ontem, dos dois mercados.

PS- Em Londres, 69,68 dólares, quase 70.

PS2- Em Nova Iorque, 64,36 por barril. Maravilha viver.

PS3- A Petrobrás prepara novo leilão de campos, e tudo indica que repetirá o ultimo.
Com preços vergonhosa e criminosamente mais deprimentes.

PS4- Denunciar eu denuncio. Ler eles lêem. Mas não tomam providencias.


***


O MINISTRO DA FAZENDA, APLAUDE O REBAIXAMENTO

Duas horas depois da decisão da Standard end Poors, atingindo a linha de credito do Brasil, esse era o assunto mais discutido no mundo inteiro. Supostos especialistas dos maiores órgãos de todos os países, tratavam a questão como tragédia para o Brasil. E muitos se aproximavam da adivinhação, prevendo um novo rebaixamento. Nenhum elogio.

Aqui, o grande interessado, repercussão mínima, manipulada ou esquecida de autoridades e de órgãos de comunicação. O irresponsável Meirelles deu entrevista á televisão. Poupadissimo, tranquilissimo, confiantissimo. Calmo e sem ser incomodado ou refutado, afirmou: "Não tem a menor importância, a nota anterior voltará rapidamente, o rebaixamento, não irá durar".

Logo depois, nova entrevista na televisão, agora com o ex-ministro da Fazenda, Mailson da Nobrega. Sem ser alarmista ou tentar agravar  a situação do País, afirmou, textual e irrefutável: "É um desastre. O país vai precisar de uns 5 anos para se recuperar". Os interesses pessoais do economista Mailson da Nobrega, prejudicassimos pela agencia de risco. Mas ele não fez concessões na analise ou comentário.

O presidenciável Meirelles: "Os projetos do governo e na economia, continuarão sem obstáculos". A  maior obsessão do governo, prioridade absoluta, a reforma da Previdência, está na pauta ha 19 meses,e só anda pra trás. Nesses 19 meses, teve que cortar 60% da proposta inicial. 

E apesar de terem sobrado apenas 40%, o presidente corrupto com aval do ministro sem convicções, garante: "Estamos dispostos a fazer concessões no dia 19 de fevereiro, quando a reforma começará a ser debatida".

A decisão da agencia de risco, alem dos efeitos diretos, provocará consequencias graves, fora do setor econômico. Pra começo de conversa, prova o que venho afirmando e reafirmando: "A bravata do governo a respeito da queda da inflação", não tem a importância atribuída e  propagada por Temer e Meirelles.

PS- Como não ha consumo, o desemprego continua entre 12 e 14 milhões, a inflação tem que cair.

PS2- A desavença Meirelles e Maia, chegou perto do rompimento. A controvérsia não é entre o Ministro da Fazenda e o presidente da Câmara. E sim atinge supostos  presidenciáveis.

PS3-  Com uma agravante. Meirelles tem que deixar o cargo até 7 de abril. O presidente da Câmara, sem preocupação com o calendário.

TRUMP: FALASTRÃO, DESNORTEADO, RACISTA

Faltam 5 dias para completar 1 ano como presidente e cada vez se parece menos com um ocupante da Casa Branca. Nas ultimas 72 horas ofendeu todos os países da África, que exigem desculpas. Chamado de racista por uma multidão, se escondeu, se encolheu.

Ia a Londres inaugurar a  nova sede da embaixada dos EUA. Lembrou que foi construída no governo Obama, cancelou a presença. A Primeira Ministra, Tereza May, deu a resposta que Trump merece. O prefeito de Londres, discursava, teve que interromper, os acólitos do presidente dos EUA, não deixavam que continuasse ou terminasse.

DESEMBARGADOR THOMPSON FLORES- MINISTRA CARMEN LUCIA

Devem se encontrar hoje em Brasília. O pedido foi dele, ela aceitou inesperadamente. E indevidamente. Justificativa que deveria ter montanhas de aspas: estou preocupado com o julgamento do Lula, no dia 24. Devia e deve mesmo estar contrariado, a culpa e todas as consequencias cabem exclusivamente a ele.

Ha 3 meses deu entrevista á televisão, revelou e confirmou: "O julgamento do Lula não acontecerá antes de junho ou julho". E explicou: "A pauta com processos que chegam de Curitiba, abarrotada, impossível desanuviar a pauta, muitos processos chegaram antes".

Tremenda repercussão, alegria para os lados do ex-presidente. Pânico para os que combatem Lula, e não conseguem tranquilidade com sua posição irrevogável nas pesquisas para o primeiro e segundo turno de 2018. Começaram a se movimentar. Mas ninguém acreditava na estranha e esdrúxula antecipação do julgamento.

6 meses antes do prazo marcado, com a pauta engarrafada, dominada pelos processos que chegaram ha mais tempo.O presidente do TRF4 não esperava essa repercussão negativa, apelou para Carmen Lucia. Generosa, aceitou, não pode fazer nada.

Haja o que houver no dia 24, o ex-presidente não ficará inelegível. Terá menos tempo para recurso, se a condenação for confirmada. Primeiro no próprio TRF4, depois no STJ, finalmente no STF. 

Em junho começa oficialmente a campanha eleitoral, o PT lançará sua candidatura, e os recursos ainda estarão no TRF4. Daí o desespero do  seu presidente e o apelo para o encontro-conversa vazia de hoje.

PS- Absolvido no dia 24, o arraial lulista estará festejando ruidosamente. È bom não exagerar.

PS2- Os que não admitem a volta de Lula, cercados de juristas e de "juristas", têm uma convicção irrefutável: "Lula é inelegível, ganhando ou perdendo no dia 24".
PS3- Só fazem uma concessão: Lula não será preso, mesmo que os 3 desembargadores do TRF4 confirmem a condenação do juiz Moro.

PS4- Um dos maiores coordenadores do anti-Lula, me diz,pedindo todas as reservas: "A situação do candidato Lula é excelente antes da eleição, insustentável depois dela".

PS5-Como fico surpreendido, explica: "Pode ser candidato, ser eleito, não toma posse". 

PS6- E mais conclusivo ainda: "Pode até tomar posse mas não governa".

PS7- Parece a afirmação de Carlos Lacerda sobre Juscelino em 1955: "Não será candidato. Se for, não ganha. Se ganhar não toma posse.Se tomar posse não governa".

PS8- A historia conta fato inteiramente diferente. Que pode se repetir.

VELOZES E DESENCONTRADOS

Ontem, domingo, o corrupto Temer convocou reunião no Jaburu. Vários assuntos em pauta. Principalmente, o rebaixamento do credito do país, aproximação da votação da Previdência, preenchimento do ministério do Trabalho.

Acabou exatamente ás 6 da tarde. Temer convidou Meirelles e Moreira Franco para darem uma caminhada pelo monumental Jaburu. Gozou o Ministro da Fazenda: "Vai ser bom para você que levou o tranco na economia". Meirelles não gostou, pois falou que não tem importância.

Andaram quase 1 hora, numa velocidade desapropriada e desaconselhada pela idade deles. Aliás, precisam consultar um fisioterapeuta ou preparador físico. Em pleno verão, usavam roupas de inverno, enormes.

***

O SEMPRE POLÊMICO E ESTRANHO MINISTÉRIO
DO TRABALHO
Derrotado na eleição de 1930, Vargas não aceitou, prendeu e asilou o presidente Washington Luiz e o vice, Fernando Mello Viana. Assumiu como "Chefe do Governo Provisório", verdadeiro ditador. Em 1932 criou o Ministério do Trabalho. Nomeou Ministro um Collor que nem sabia de onde era ou de onde vinha.

Ficou até 1934 como Chefe do Governo provisório, trocou vários ministros incluindo o do Trabalho.

Por causa da pressão de SP, e a chamada Revolução Constitucionalista, teve que convocar eleição. Para a nova Constituição e o presidente da Republica, em "eleição direta". Sem convicções nomeou para a constituinte, os "pelegos" patronais e trabalhadores. Ficou com maioria na constituinte.

Foi "eleito" indiretamente até 3 de outubro de 1938. Mas em 10 de novembro de 1937, implantou o "Estado Novo", ditadura ostensiva e cruel. Asilou para Portugal o doutor Julio Mesquita, diretor do "Estadão", e o ex-presidente Artur Bernardes.

O ministério  do Trabalho servia para o "troca troca” da época, sem nenhuma importância.

PS- Portanto, nenhuma surpresa que esse ministério, no governo de Temer corrupto, esteja ruidosamente no noticiário negativo.

PS2- E a qualquer momento aconteça alguma coisa. Haja o que houver, com desfecho pejorativo.

PS3- A transformação da eleição presidencial direta de 1934, em indireta, mantendo Vargas no cargo, frustração e decepção  colossal.

PS4- As mulheres iriam votar pela  primeira vez para presidente da Republica.

PS5- Tudo transferido para 1945, a primeira direta depois de 56 anos da Republica.

LULA E O  24 DE JANEIRO

O desembargador Thompson Flores, presidente do TFR 4, deu entrevista. Afirmou: "O julgamento de Lula não deverá ocorrer antes de junho ou julho". Justificou com o excesso de trabalho que vem de Curitiba. E concluiu explicando: "O TRF4 tem 7 membros, mas todos os processos do juiz Moro, são decididos apenas por 3 desembargadores".

Quando o  julgamento foi antecipado em 6 meses, fui o primeiro a comentar o assunto, e opor restrições á mudança da data. Uma das mais graves: ações mais antigas foram esquecidas, o processo de Lula avançou estranha e surpreendentemente.

FUI CONTESTADO

Voltei ao assunto, desautorizando os que  consideravam justíssima a antecipação. E examinavam o assunto com pretendida profundidade. Garantindo que o ex-presidente seria preso imediatamente. Era a segunda condenação, poderia continuar se defendendo, mas não em liberdade. Isso era afirmado por juristas.

Como não deixo nada sem resposta, contestei as supostas afirmações. Eles se baseavam num julgamento de 6 a 5 do STF. Alem do placar apertadíssimo, não era definitivo, podia ser ou não ser aplicado. O que alguns ministros do próprio STF desrespeitaram. Precário e pusilamine.

Mostrei com provas, que mesmo com a primeira condenação confirmada no estranho dia 24, Lula ainda teria recursos. Para o STJ e o STF.

FUI NOVAMENTE CONTESTADO

Pois agora, oficialmente, através da Assessoria  de Comunicação, a presidência do TRF4 comunica: "Mesmo com  a segunda condenação, Lula terá direito a recursos, em liberdade". Como revelei ha meses, para  STJ  e o STF.

PS- Diante de tanta confusão e contradição, o 24 de janeiro continua uma incógnita.
PS2- Faltam 13 dias para 24 de janeiro. Não se discute se Lula deve ou pode ser candidato. A questão é muito mais grave, tem tudo a ver com a posição eleitoral do ex-presidente.

PS3- Em todas as pesquisas ele aparece liderando, no primeiro e no segundo turno.

A INFELICIDADE DA REELEIÇÃO, PRINCIPALMENTE PARA O CONGRESSO

Agora em 2018, 54 senadores terminam o mandato. Uma noticia que não gostaria de dar, mas não posso esconder: os que dominam a cúpula do PMDB, (agora MDB), estão praticamente garantidos e reeleitos, apesar de chafurdados no lamaçal da corrupção.

Respondem a inúmeros inquéritos, mas lideram as pesquisas. Renan, Jucá, Lobão, Eunicio, Eduardo Braga, têm a volta garantida. E Jucá fechou a questão: "O presidente do Senado, em 2019 serei eu, nunca exerci esse  cargo".

Não está mentindo, pelo menos dessa vez. Foi líder no Senado de quase todos os presidentes, começando por FHC. E continua líder de Temer corrupto, apesar de ser demitido com 6 dias de Ministro do Planejamento. Que vergonha.

Os cálculos   e as pesquisas nos estados, podem estar erradas, sempre é possível. Mas entre os 54 senadores e os 513 deputados, 30% de reeleição, é um total mínimo.

PS- No senado, 30% de 54 significa 16 reeleições. Entre esses 16, por que considerar derrotados, "ganhadores" de sempre como Renan, Jucá, Lobão e os outros.

PS2- Só um exemplo: Renan teve que deixar a presidência para continuar senador. Reelegeu-se senador e presidente do senado. Está sendo processado desde 2010, sempre inatingido.

A ANGUSTIA DE CRISTIANE MINISTRO DO TRABALHO

Está  esperando a vez ha muito tempo. Indicado para relator da Comissão  do impeachment, foi escolhido por Eduardo Cunha, longe da eleição. Leu as 144 paginas que lhe entregaram, a conspiração parlamentar foi vitoriosa. Esperava ser presidente da Câmara, quando Cunha foi cassado.

Candidato, foi derrotado por Rodrigo Maia, que surgira do nada. Amargurando o ostracismo, está ha quase 2 anos esperando a compensação. Apareceu agora, uma tênue e vaga oportunidade. Cristiane Brasil foi indicada, nomeada, a posse interrompida por duas decisões judiciais.

Se a presidente Carmen Lucia apoiar o veto dessas duas instancias judiciais, é indispensável novo nome do PTB. Será ele. Tem bom relacionamento com o presidente Roberto Jefferson, está na vez. Temer corrupto só tem o poder de aceitar e ratificar.

Ontem, ás 19 horas  a confusão era geral. O TRF2, estava atropelado e engarrafado, com vários recursos sobre o mesmo assunto: a posse de Cristiane Brasil como ministra. Duas ações ela já perdeu. Uma através de advogados particulares.

Outra, impetrada pela Advogada Geral da União. Os dois perdedores com recurso.

Outro desembargador Regional Federal, prevento no processo. O que significa que ele tem prioridade. Poderiam tentar resolver a questão, recorrendo logo para o STF. Mas como o plenário está em recesso, quem teria que decidir: a presidente Carmen Lucia, consideram que ela acompanharia os 2 juízes que impediram a posse.

PS-  De qualquer maneira,  a ultima palavra caberá mesmo á presidente do STF.

PS2- Quem ganhar ou perder no TRF2, recorrerá para o STF.

PS3- Ha uma anomalia ou contradição: se  Cristiane  ganhar no TRF 2, vai tentar tomar posse mesmo  que seja de madrugada.

PS4- Mas ainda haverá ou caberá a palavra final do Supremo.



***

A QUASE POSSE, DA QUASE MINISTRA

Depois de 5 dias incertos, duvidosos e ansiosos, a transformação da deputada em ministra, está marcada para hoje.Raros acreditaram quando foi anunciada a sua escolha. E as peripécias alarmantes e redundantes, atormentaram o pais, o governo e a própria candidata.

No governo do corrupto Temer, tudo dá trabalho. A começar pelo preenchimento do ministério do mesmo nome. Surgiram acusações logo confirmadas. E para destruí-las, apareceu um "defensor" carcomido e comprometido, o inabalável parceiro de Eduardo Cunha. Também ministro inaceitável, Carlos Marun.

Na quinta e sexta, a dúvida da quase ministra. Angustiada falou duas vezes com esse Marun, sempre garantindo, "sua posse não corre o menor risco". Só que no sábado e domingo, o medo da não posse cresceu de forma assustadora. (Para ela).

E precisou de consolação tripla, quando soube que o STF recebeu ações contestando a posse. Só hoje haverá algum esclarecimento, o corrupto Temer ainda pode voltar atrás,o que faz com total falta de convicção.

PS- Enquanto isso, lembremos do acadêmico e intelectual Eduardo Portela.

PS2- Ministro da Educação, foi demitido por questões políticas.

PS3-Procurado por jornalistas que esperavam explicação, respondeu com a maior tranquilidade: "Eu não SOU ministro, eu ESTOU ministro".

PS4- Cristiane Brasil não pode nem repetir Portela. Ela ainda não é nem está ministra.Falta um dia, eternidade nas atuais circunstancias.

PS5 – “Estou ministra”. Não está nem uma coisa nem outra. Como se aguardava, a Justiça Federal do Rio decidiu suspender nesta segunda-feira (8) a posse da deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) como ministra do Trabalho.

PS6 - A decisão, em caráter cautelar liminar, é do juiz Leonardo da Costa Couceiro, da 4ª Vara Federal Criminal de Niterói. Na decisão, o juiz fixou ainda multa de R$ 500 mil em caso de descumprimento da liminar.

PS7 - Entre o domingo (7) e esta segunda-feira (8), três ações populares foram protocoladas na Justiça Federal no Rio de Janeiro com o objetivo de impedir que  Cristiane Brasil assuma o posto de ministra do Trabalho. A cerimônia de posse está marcada para essa terça-feira (9) no Palácio do Planalto. 

PS8 – Razões são claras e contundentes. Os processos têm como mote o fato de que da deputada ter sido condenada pela Justiça do Trabalho a pagar indenização no valor de R$ 60 mil a um motorista por desrespeitar seus direitos trabalhistas.

PS9 – Ficou difícil para um pai Roberto Jefferson o todo “poderoso” do PTB, pouco provável e perplexo desconhecer o conteúdo da condenação. O ex-funcionário alegou no processo que trabalhava por 15 horas seguidas para a deputada sem ter a carteira assinada.

PS10 - Na terceira ação popular – deferida nesta segunda-feira pelo juiz – foi proposta pelos advogados João Gilberto Araujo Pontes, Marcos Luiz Oliveira de Souza e Marcos Chehab Maleson. 

CORRUPTO E ARISTOCRATA, TEMER PROTEGE SONEGADORES

Uma das mais vergonhosas invenções, é identificada pela sigla REFIS. Foi criada eventualmente e transformada em realidade permanente. E premeditada. Empresários riquíssimos, deixaram de recolher impostos obrigatórios. Alegando dificuldades.

Numa época de juros alucinantes,(com FHC chegou a render mais de 40% ,crime de lesa-pátria) investiam o que deixaram de pagar,lucravam fortunas.

Sabiam que logo viria um REFIS, se acertavam financeira e criminalmente. E com o aprimoramento que os tempos proporcionavam. Os juros sofreram redução de 90% e as multas, 80%. Se o REFIS já  era saboroso antes, imaginem agora.

PS- Na sexta feira, demonstrando sua falta de caráter, escrúpulos  e de credibilidade, Temer vetou integralmente um projeto aprovado pelo Congresso.

PS2- Esse projeto permitia que micro e pequenas empresas também tivessem acesso ao REFIS.

PS3- Essas micro empresas, empregam no máximo 5 ou 6 empregados, são milhares, sempre em dificuldades.

SUPER SALÁRIOS DO JUDICIÁRIO, NO AMAPÁ, ROUBADO NO MANGANÊS

As providencias prometidas e até garantidas pela presidente do STF, não saíram do lugar. Mas as pesquisas continuaram e constataram: no Brasil todo, os magistrados que garantem os maiores salários, estão no Amapá.

A media salarial mensal desse ex-território, transformado em estado pela Constituição de 88,é de 62 mil reais .É muito. Meu relacionamento jornalístico com o Amapá, vem desde os tempos de Território, e a sua condição de um dos maiores produtores do mundo do riquíssimo e raro manganês.

 Foi roubado durante mais de 20 anos, e este repórter, na Tribuna impressa, não abandonou  a trincheira do combate aos ladrões da nossa riqueza. Os navios se abasteciam no Amapá, iam direto para o porto de NY, tinham lugar cativo e quase escondido para atracar.

PS- Toda  essa riqueza pertencia a uma estatal, a Vale.

PS2-Era estatal. Mas tinha um "proprietário", Eliezer Batista, que dominou e estraçalhou a empresa por quase 40 anos.

PS3- Apesar  de não abandonar a presidência, morou anos, alternadamente, na Rússia e na Alemanha, onde casou e teve filhos.

PS4- Daí o fato do Eike Batista gostar de exibir o seu domínio do alemão.

NA FESTA DO GLOBO DE OURO, SURGE UMA CANDIDATA A PRESIDENTE

As mulheres resolveram se unir, protestar e se defender do cada vez mais insistente e violento assédio sexual. Foram organizadas, combinaram de irem todas de preto. Um sucesso. Dentro desse sucesso, um outro, ainda mais estrondoso: o discurso da Oprá.

A famosa apresentadora e entrevistadora de TV, (linda toda de preto), Oprah Gail Winfrey, empolgou com um discurso violentíssimo contra a discriminação. Já haviam lançado sua candidatura para disputar com Trump em 2020. (Se ele chegar lá). Mas Oprah resistia. 

Parece que as coisas mudaram, sua fala é de candidata. Falta se filiar ao Partido Democrata, nunca um candidato independente foi eleito.

PS- Seria mais uma chance positiva dos EUA terem uma mulher presidente.



***


O PMDB JAMAIS TERÁ A IMPORTÂNCIA DO MDB

A divergência e a ambição dos generais, criou uma ditadura inédita e surpreendente. Castelo Branco que não fazia parte do golpe tomou a frente das negociações, conseguiu enganar muitos civis, incluindo Juscelino. Durante uma semana, na casa do deputado Joaquim Ramos (irmão do Nereu), negociou  a sua posse como "presidente".

Apoiado pelo embaixador Negrão de Lima, teve entendimentos com Amaral Peixoto (PSD), Doutel de Andrade (PTB), e finalmente com o próprio ex-presidente JK . Disse a ele: "Quero salvar a democracia, e só conseguirei tomando posse perante o Congresso". JK, perplexo, não sabia o que responder.

No segundo encontro, JK levou José Maria Alckmin, seu ministro da Fazenda. Castelo imediatamente cumprimentou-o  e disse: "Ele será o meu vice-presidente, e o senhor em 1965, candidato invencível". Tudo acertado, Castelo Branco foi ELEITO pelo Congresso em 9  de abril de 1964.

Mas Castelo queria um mandato inteiro, então não fechou o Congresso. "Presidente", tratou logo da prorrogação  até 1967, para desespero de Costa e Silva, conspirador principal, tido e havido como candidato único.

Costa e Silva só chegou ao poder em março de 1967, fechou o Congresso e extinguiu os partidos. Permitiu a formação de 2: Arena, para manter o governo. MDB, supostamente de oposição, se entregou logo. Com exceção de um grupo de resistência no Rio, e outro sensacional em Brasília, os "deputados autênticos".

Nos 2 estados fomos todos cassados e triturados. Em SP fizeram acordo com o doutor Ulisses. Ele não  seria cassado nem censurado, poderia se opor dentro de certos limites. Só não poderia ser candidato a governador, mesmo a eleição sendo indireta.

No Rio tivemos  que aceitar a "eleição" de Chagas Freitas, em 1970 e 1978. Roubando a legenda do MDB. Em 1974, satisfeitos com  a complacência do doutor Ulisses, concordaram com a "anti-candidatura", ele e  Barbosa Lima sobrinho. Apenas figuração.

Mas esqueceram que havia eleição para 22 senadores, 1 por estado. Surpreendentemente o MDB elegeu 16 senadores, 4 anos depois seriam eleitos 44 senadores .Costa e Silva já morrera, o "presidente" era Geisel, que por precaução mudou o esquema. 1 senador pelo voto direto, outro "nomeado" pelo Planalto. Mantiveram a maioria. 

Mas a ditadura, corrupta e incompetente, estava no fim. Implantaram  a "anistia ampla, geral e irrestrita", para que os generais pudessem ficar livres e morrer em casa.

(Ao contrario do que aconteceu na Argentina, com o carrasco general Videla, e o outro grande torturador, almirante Massera. Ficaram presos 12 anos. Morreram numa cela de 4 por  4).

O general Figueiredo permitiu a formação de vários partidos, obrigados a começarem por um P. Surgiu então o PMDB, vergonhoso, já tão carcomido quanto hoje. Na primeira eleição direta depois da ditadura, o PMDB lançou candidato a presidente. O doutor Ulisses que teve 5% dos votos. De 1989 até agora, nunca mais disputou eleição.

PS- Convencidos de que o PMDB, não tem a menor popularidade, e é enroladissimo com a Lava-Jato, resolveu mudar de nome.

PS2- Jamais abandonaram a inveja pelo MDB, ei-los usurpando a sigla heróica.

PS3- Elegerão (perdão, reelegerão) alguns senadores, são duas vagas. Mas precisam fazer uma reforma total  e completa nos seus quadros.

O ILUMINADO CONSTITUCIONALISTA, MAIS UMA VEZ VOLTOU ATRÁS NA DECISÃO

Assim que foi massacrado pela PGR, Rachel Dodge e a presidente do STF, Carmen Lucia, o presidente corrupto chamou o ministro da Justiça e determinou: "Refaça imediatamente o decreto do indulto (inSulto), vou negociar com o Supremo".

24 horas depois o mesmo presidente corrupto chamava o mesmo ministro da Justiça complacente, e determinava o cancelamento de qualquer providencia sobre o  assunto. Muitos apregoavam a analise: é o estilo irresponsável e solitário de Temer.Toma decisões apressadas, muda de posição ainda mais rapidamente.

Só que circula o motivo que influenciou o presidente corrupto. A questão precisa obrigatoriamente ser examinada pelo plenário. E Temer garante que o plenário derrotará o próprio presidente. Não acredito, seria inacreditável. Apesar de haver movimentação grande para a vitoria da corrupção.

PS- Temer deveria ter libertado os 400 mil presos, chamados de PROVISÓRIOS.

PS2- Estão presos sem saber a razão, sem culpa formada.  Pobres e miseráveis, sem acesso a advogados.

PS3- Não precisava esperar o Natal, sofrem violência oficial. E são 400 mil.

PS4- Temer queria e continua querendo libertar corruptos e parceiros

"FURIA E FOGO"

Faltando 15 dias para completar 1 ano de governo, Trump atinge o auge da impopularidade. E mais grave: é ridicularizado de todos os modos e maneiras. O livro sobre bastidores do primeiro ano, esgotou no primeiro dia. O próprio presidente fez tudo para impedir a publicação. Não conseguiu. O que foi transcrito no Brasil, uma vergonha.

Não demora as livrarias dos EUA, serão inundadas com o livro. E ele chegará ao Brasil.

PS- Mais importante  ainda. Pesquisa revela: 2  em cada 3 americanos, garantem que Trump não chegará ao fim do mandato.

O EX-PRESIDENTE DA CBF, JULGADO NOS ESTADOS UNIDOS

A situação de José Maria Marin é desesperada e desesperadora. Enquanto Del Nero fugia quando soube que ia ser preso, Marin ficou lá. Morava no Trump Tower, ficou lá mesmo em prisão domiciliar. A investigação durou quase 4 meses,o julgamento mais de 2 meses.

Ia ao tribunal diariamente, voltava para a luxuosa residência. Condenado, foi levado imediatamente para uma penitenciaria  de segurança máxima. Pode falar uma vez por semana com os advogados, são vários.

Espera a condenação ha quase 1 mês.Está demorando, falam que enquadrado em 6 acusações graves, pode pegar de 40 a 120 anos. Está com 80 anos. Mesmo que pegue o mínimo, 40 anos, qualquer consideração impede alguma  conclusão. O fato de estar demorando tanto, pelo menos deixa expectativa a favor dele.

PS- O que é "expectativa" favorável para quem tem 80 anos e pode ser condenado entre 40 e 120? 

O 7 DE ABRIL PARA TEMER

È o prazo final para as desincompatibilizações ministeriais.Pelos cálculos do próprio presidente corrupto e seus asseclas e acólitos, devem ser substituidos17 ministros. Isso citando apenas os que estão ministros, e pretendem  se reeleger para o Congresso.

Onde é que Temer vai encontrar substituto para tanta gente? Naturalmente só do tipo Marun,  que recebeu um ministério por causa da ligação que fez entre dois corruptos: Temer e Eduardo Cunha. Um que está preso, e outro inexplicavelmente solto.

No momento, estou tratando apenas dos que têm como objetivo a reeleição. Quando chegar a vez dos presidenciáveis, fico assustado com os nomes que surgem como substitutos.

PS- Temos que esperar esses 3 meses improrrogáveis.

PS2- Não podemos esquecer de Temer na madrugada com o bandido Batista, que dizia que pagava pelo silencio de Cunha preso.

PS3- E ele recomendava no que se transformou num clássico da corrupção: "TEM QUE MANTER ISSO, VIU". O ACORDO DA PETROBRAS NOS EUA

Fui o primeiro a noticiar e chamar de ótimo o entendimento. Analistas calculavam: na ação coletiva na justiça, a empresa brasileira, deveria ser condenada a pagar 6 ou 8 bilhões de dólares.(Entre 20 e 25 bilhões de reais) 

Vai pagar menos de 3 bilhões de dólares, praticamente 9 bilhões de reais. E ainda receberá uma declaração oficial: "A Petrobras não tem culpa, foi envolvida por uma organização criminosa".

PS- O problema agora é a indenização dos acionistas brasileiros, escandalosamente roubados.

PS2- Um grupo já está coletivamente na justiça. Contra o CADE. E a própria Petrobras

O PODER DE GOLBERY NA DITADURA

Mandava muito, mas não a ponto de ser chamado de eminência parda. Foi sempre golpista, desde os tempos em que ele e Carlos Lacerda eram amicissimos. Quando Vargas voltou á presidência,  em 1951, eleito pela primeira vez, teve que enfrentar uma oposição que não fazia concessões, tentaram derrubar Vargas de todos os modos.

Os lideres dessa oposição, eram Lacerda, Golbery e o brigadeiro Eduardo Gomes, duas vezes candidato a presidente da Republica. Já haviam combatido o "Estado Novo", não conseguiram nada por causa das ligações militares de Vargas.

Em 1964 já estavam brigadissimos, romperam nos 7 meses do desgoverno Janio Quadros.A carreira militar de Golbery, um fracasso.

 Na ativa não passou de Tenente-Coronel.Mas naquela época existia uma vergonha, que beneficiou centenas de oficiais. Quando passavam para a reserva, recebiam duas promoções. Golbery foi pra casa como general. 

Não teve maior importância na conspiração, mas foi designado para organizar o SNI, do qual foi o primeiro diretor. Era amicissimo do general Ernesto Geisel, os dois inimigos e apavorados com a esperada posse de Costa e Silva.

Concretizada a posse de Costa e Silva, Geisel foi promovido a general de 4 Estrelas, e nomeado Ministro do STM.Golbery ganhou uma vaga de Ministro do Tribunal de Contas da União.Quando em 1969, Costa e Silva teve o AVC e ficou incapacitado, os dois se aposentaram, e voltaram á plena atividade. 

O  que aconteceu a partir daí, está na historia do Brasil. Fora o que vou contar, primeira vez.

PS- Inesperadamente, Golbery é nomeado presidente da Dow Chemical, a maior fabricante de napalm do mundo.

PS2- Estava ganhando fortunas na Guerra do Vietnã, ninguém sabe ou soube  a razão  de vir para o Brasil.

PS3- Golbery montou em Brasília uma chácara maravilhosa, passou  a dominar de verdade.

PS4- Ernesto Geisel também terminou a vida como vitorioso. Sua extraordinária façanha:a "anistia ampla, geral e irrestrita". 

PS5-Que absolveu ele mesmo, e os outros generais "presidentes"

ROBERTO JEFFERSON DISSE QUE VOLTARIA, ESTÁ VOLTANDO

Foi o grande denunciador do mensalão, em duas etapas.1-Pediu uma audiência a Lula, revelou: "Presidente, o senhor está sendo enganado pelos próprios amigos mais íntimos". Lula fingiu que não ouviu. 

2-Jefferson então deu entrevista á jornalista Renata Lo Prete. Disse á repórter: "Tudo que estou te contando, contei ao presidente". Concluiu: "Lula sabe tanto quanto eu".

A entrevista provocou tremenda repercussão. Só quem foi preso e condenado, o proprio Jefferson.Ha 6 meses disse que voltaria, já é candidato a deputado federal, com  eleição facil. Agora a filha deputada,ministra depois do veto de Sarney a outro candidato.

Ela será ministra de 3 meses, até 7 de abril? Ou pai e filha concordam: não têm votos para eleger os dois. Então ela ficará até o fim do desgoverno Temer? Foi isso que Temer e Jefferson conversaram no Jaburu? 

PS- Aja o que houver, é a volta e a reviravolta.

PS2-De qualquer maneira, quaisquer que sejam as acusações, ela tomará posse amanhã, terça feira.Quem garante é o ínclito e inusitado Carlos Marun, ministro ele mesmo.Inacreditável. 

A JORNALISTA E O MAGISTRADO

 Mirian Leitão e Marcelo Bretas.Entrevista sem restrição ou concessão, um pouco sizuda demais.

Mostrou foto recente com o Papa, explicou: "Fui pedir a Francisco  que continue apoiando a Lava-Jato". Falou que  se acabar a condução coercitiva, a Lava-Jato não será atingida ou interrompida.

A ultima pergunta me surpreendeu e deixou perplexo.Textual:"Estou pensando muito no futuro. Não sou tão ingênuo em acreditar que nada me acontecerá". Como não consegui entender,e ele tem  feito exercicios com armas pesadas, uma unica conclusão. O juiz admite a possibilidade de ser assassinado a qualquer momento.

PS-Ninguem é mais bem informado sobre o assunto do que o proprio Juiz.

PS2- Deve ter constatado que ultrapassou limites, atingiu criminosos poderosos.

CAETANO VELOSO E CHICO BUARQUE NA ACADEMIA

Mal aberta a vaga, menos de 24 horas depois, surgem os nomes dos dois grandes compositores. Cabem perfeitamente e até ultrapassam o espaço da própria Academia. Não são apenas compositores e sim notáveis personagens. Esse apenas não é restritivo, pelo contrario é acumulativo e engrandecedor.

Só que pela historia que vou contar, inédita, Caetano deverá ou deveria ser candidato único, Chico já recusou a Academia. Ha 10 anos, o próprio presidente da "casa" convidou-o para ser acadêmico, como candidato único.

A resposta de Chico Buarque deixou o então presidente da Academia, desolado, mas sem poder fazer apelo ou retificação. Eis o fato, histórico, com grandes personagens. No "estado novo", o ditador Getulio Vargas resolveu entrar para a Academia. Nunca escreveu nada, sua base eram 40 volumes de discursos escritos por variados redatores. Alem do mais, um ditador.

A Academia aceitou  e vibrou com a candidatura negativa. Nenhum protesto de alguém vestindo o fardão tradicional. Mas de fora, um manifesto de grande repercussão, assinado por 3 personagens que estariam na Academia quando bem entendessem:Erico Verissimo, Gilberto Freyre e Sergio Buarque de Holanda.

Alem  da critica duríssima á concordância e a subserviência da Academia, o compromisso dos três, "jamais aceitaremos participar de uma Academia  que aceita um ditador em plena ditadura".

PS- Chico Buarque, filho do grande Sergio, mostrou a razão de não poder entrar para a Academia.

PS2- A Academia está livre e honrada para eleger Caetano Veloso.


***


O CORRUPTO TEMER, EM PLENA CAMPANHA PRESIDENCIAL

É o assunto predileto do  Planalto. Surpreendente, mas rigorosamente verdadeiro. E uma divulgação da candidatura á reeleição, feita por quem nunca foi eleito. Em 50 anos de vida publica, jamais disputou eleição majoritária.

Seria a primeira, com mais de 78 anos. Há meses fiz a revelação da sua suposta candidatura. E comentei: "Será a primeira vez que o Brasil  terá um presidente com mais de 80 anos". Basta fazer os cálculos. Ainda acrescentei, para maior credibilidade: "Temer  tem se recusado a conversar sobre a emenda constitucional acabando com a reeleição".

Ha 15 dias, o Chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, (que recebe salário acima do teto) deu entrevista á televisão. Textual: "Teremos candidato em 2018, temos que defender o nosso legado". Nenhum constrangimento. 2 ou 3 dias depois, quem assumiu essa coordenação, foi o próprio Temer.

E para mostrar a preocupação, teve um encontro fora da agenda (adora isso), com os irmãos mais poderosos e ecléticos do sistema de comunicação do país. Demorado, silencioso, mas altamente comprometedor. Agora é o próprio Temer que dá entrevista sobre o assunto. Extravagante mas publica.

Temer, que em agosto confessou, " em determinado momento estive para renunciar", agora mudou totalmente de rumo e de roteiro.E fala abertamente sobre a sucessão de 2018. Ele se expressa de forma não pessoalizada, mas no seu circulo intimo de 4 ou 5 cúmplices, o candidato irrecusável e insubstituivel, é ele mesmo.

Mas na condição de presidente reconhecidamente corrupto, que pretende a reeleição, vai de contradição em contradição. E não consegue fugir de disparates como este.Tentando valorizar o suposto candidato, diz que tem que ser, "ponderado, equilibrado e ESTADISTA".

PS- As duas primeiras condições, rotina pura.

PS2- Mas exigindo do presumível candidato, a condição de ESTADISTA, Temer começa a destruir a sua própria auto-indicação.E confessa que o lançamento de um candidato não passa de quimera.

PS3- Temer pode escolher numa lista com 50 ou 100 nomes, e não descobrirá um ESTADISTA.

PS4- Parece uma versão, mais desmoralizada, do "ministério de notáveis" que prometeu para a própria posse

A PRISÃO INÚTIL DE MALUF

Desrespeitaram a lei, conflitaram o STF, mandaram prender, IMEDIATAMENTE, um deputado dr 86 anos. E determinaram que cumprisse a pena, em regime FECHADO. Decisões estranhas e conflitantes. Se Maluf tivesse sido preso em 1996, quando deixou(pela segunda vez)a Prefeitura  de SP, concordaria completamente.

Aceitaria também que a prisão ocorresse em 2000, 4 anos para o processo. No primeiro caso, estariam com 65 anos. No segundo, com 69. Mas esperar todo esse tempo para executar uma prisão desnecessária, tentativa de desmoralizar o judiciário.

Essa condenação de 7 anos e alguns meses, veio da primeira instancia. Como é deputado federal, seus advogados recorreram ao STF. Sorteado, o ministro Marco Aurélio Mello revogou a prisão. Parecia terminado. Apenas parecia.

O MP recorreu, não houve sorteio, o recurso foi  direto para o Ministro Fachin, relator da Lava-jato. Acontece que Maluf é de outros tempos, naturalmente de desvio de dinheiros públicos, mas longe da roubalheira das empreiteiras.

Foi prefeito de SP, de 1970 a 74, nomeado pela ditadura. Em 1985, na ultima eleição indireta depois de 21 anos de autoritarismo e corrupção, disputou a presidência da Republica, perdendo para Tancredo Neves. Em 1992 se elegeu prefeito pelo voto direto. Ficou até 1996,  acusadissimo, num processo que já dura 17 anos.

PS- Como o STF está em recesso a presidente Carmen Lucia, plantonista até o fim de fevereiro, podia transformar a prisão em regime fechado, para domiciliar.

PS2- E  determinar o bloqueio dos seus bens, para indenizar a Prefeitura de SP.

PS3- Esta, aliás, seria a decisão racional e correta.

BOAS FESTAS AOS AMIGOS DESSA COLUNA POLÍTICA. ENTRAMOS EM RECESSO. RETORNAREMOS DIA 8 DE JANEIRO DE 2018.


***


A FORTUNA INCALCULÁVEL DO MEIRELLES "PRESIDENCIÁVEL"

Poucos sabem, mas estão começando  a espalhar. A época não é pródiga, Natal, Ano Novo, recesso, carnaval. Mas como é um fato estrondoso, pode superar tudo, e ultrapassar os setores imobiliários. È o seguinte: o ministro da Fazenda quer comprar uma casa, pagando até 45 milhões. À vista.

Meirelles tem um corretor, mas outros estão procurando, mesmo sem autorização. A comissão oficial é de 3%. Portanto 1 milhão, 350 mil reais. Bom fim de ano. Para Meirelles também? Pelas analises iniciais, complicado e até contraditório.

Ele não perde oportunidade de lançar a própria candidatura para 2018. Assim, eleito, receberia logo em 1% de janeiro, três palácios, para morar, receber e administrar. Para quê então essa casa de 45 milhões, que deve ser enorme.

O que me dizem, com bastante sentido: quer pressa porque montaria imediatamente, o centro publico de sua campanha. Como para ser candidato tem que deixar a Fazenda no máximo até 7 de abril, daí  a pressa.

PS- Esse é o fato, rigorosamente verdadeiro. A conclusão, a partir daí.

PAULO MALUF: A PRISÃO, DEMORADA, RETARDADA, ESPERADA.

È um tremendo personagem, gostando ou não gostando dele. No meu caso, apenas fatos, lembranças, uma conclusão que chegou quando acabou de completar 86 anos. Deveria estar imune a prisão, principalmente porque os fatos pelos quais é acusado teriam ocorrido entre 1992 e 1996. Quando tinha 65 anos.

Surpreendentemente eleito prefeito de SP, tomou posse em 1993, ficando até abril de 1996, para se desincompatibilizar. Dizem que nesse período incorreu em crimes de corrupção, remessa para o exterior, lavagem de dinheiro. Foi condenado na França. Ele que adorava viajar, principalmente a Paris, não pôde mais sair do Brasil, seu nome inscrito na Interpol. Para Maluf, 21 anos sem ir a Paris, um tormento.

Muito antes foi candidato a presidente da Republica. Na eleição indireta de 1985, com 54 anos.  Seu adversário era Tancredo Neves, mas já se  considerava vitorioso. Apesar do "presidente" Figueiredo não admitir sua candidatura. Tão forte, que Sarney pediu a um jornalista importante (já morto) para conversar com Maluf sobre seu nome para vice.

Maluf recebeu o jornalista por ser seu amigo, mas ditou o recado: "Diga ao Sarney que vou ganhar sozinho, pra quê o apoio de quem serviu á ditadura?". Descartou Sarney, Tancredo  aceitou Sarney, que serviu realmente á ditadura, por isso toda  a tragédia que abalou o país. Pessoal e 

individualmente a segunda maior da nossa Historia. Só é menor que o suicídio de Vargas em 1954.

PS- Agora, o conflito dentro do STF. O ministro Marco Aurélio Mello,revogou a prisão. Base da argumentação de Marco Aurélio quando foi pedida, em medos de 2017: seus 86 anos.

PS2- Agora, o ministro Fachin, (relator da lava-jato, Maluf não é dessa época) mandou prendê-lo, imediatamente.

PS3- Ontem, ás 11 da manhã, sozinho, Maluf se entregou á Policia Federal . Mas as duvidas continuam.

PREVIDÊNCIA NA ARGENTINA, QUE VERGONHA

Gostamos muito de ridicularizá-los, identificando-os, pejorativamente de "hermanos". Mas em diversas oportunidades, recebemos lições inesquecíveis. Só que nada se compara com o comportamento deles em relação á Previdência.

Lá, o povo foi pra ruas, protestou de todas as maneiras. Inclusive fazendo greve contra o Presidente e o Congresso. Nós aqui, silêncio completo. Nenhum protesto, nem do povo, nem dos órgãos de comunicação.

E olha que temos um presidente que não foi eleito, é tido e comprovado como corrupto. E um Congresso, deputados e senadores que não deviam estar em liberdade.

PS- E não podemos esquecer as ditaduras, daqui e de lá.

Os generais torturadores do Brasil, se INOCENTARAM com a farsa e a mistificação da "anistia, ampla, geral e irrestrita". Morreram em paz.

PS2- Os maiores comandantes e torturadores da ditadura da Argentina, general Videla e almirante Massera, morreram numa cela de 4 por 4. 

PS3- Ficaram 12 anos condenados, presos, sem direito a qualquer visita. 


---

O TERRORISMO DOS BANQUEIROS. SEM REFORMA AGRÁRIA NÃO HÁ DESENVOLVIMENTO. QUEM SÃO OS “DONOS” DA TERRA?


Mazola: devoro teus textos magníficos. Muito bem escritos, e melhor ainda, corajosos, lúcidos, chegando à identificação como audaciosos. Mas tenho que discordar quando você escreve, “SÓ Deus muda a República dos banqueiros”. No meu entendimento, tem que ser “NEM Deus muda a República dos banqueiros”. 

Há anos o cidadão espera receber o roubo dos bancos

Em dezembro, antes das férias da justiça, começaram no Supremo, a examinar os prejuízos de centenas de milhares de pessoas. Dizimadas por cinco planos engendrados por economistas incompetentes: Verão, Bresser, Cruzado e o Collor I e Collor II. Disseram: “Os ministros vão se manifestando, depois é só votar”.

A fraude dos banqueiros

Muito tempo antes, ainda na Tribuna impressa, escrevi bastante sobre o assunto. Os banqueiros não perderam nada, tiveram lucros em todos esses planos. E os economistas que planejaram e arruinaram os cidadãos, continuam cada vez mais prestigiados, donos de consultorias arrogantes, parece até que não participaram dessa fraude trilionária, que para eles se acumula como vitória profissional e aumento de contas bancárias.

O terrorismo dos banqueiros

Durante quase 30 anos, esses poderosos e intocáveis donos de bancos, não deixaram ninguém examinar a questão. Espalhavam as maiores fraudes, mantiveram engavetadas as devoluções do dinheiro do cidadão-contribuinte-eleitor. Mas como é preciso uma satisfação à comunidade, o caso chegou ao plenário do Supremo, pelo menos para que os senhores ministros, data vênia, pelo menos discursassem.

“O país vai quebrar”

Esse foi o trovão espalhado pelos donos dessas “arapucas” chamadas de bancos. Começaram a se aproveitar da “Liberdade de Imprensa”, fizeram frases e divulgaram números assustadores. “Se tivermos que pagar, o Brasil vai à falência junto conosco”. Ou: ”Não devemos nada, já perdemos muito”.

Em matéria de números, iam avançando de forma assustadora para o país e o todo. Começaram falando “em prejuízos” de 150 BILHÕES, passaram para 450 BILHÕES.

E alguns, mais audaciosos chegaram a falar que o total que a comunidade devia e deve receber, é de “900 BILHÕES”. Poderiam ir mais longe, eles não precisam prestar contas a ninguém.

O Supremo não pode decepcionar o cidadão

Além do prazo dilacerante que desperdiçaram para não chegar a lugar algum, (reconheço, nenhum dos Ministros de agora, estava no Supremo na hora dos golpes baixos dos bancos e banqueiros). Mas agora estão no mais alto tribunal, têm que decidir a favor da comunidade.

Se votarem a favor dos banqueiros enriquecidos e poderosos, estarão desperdiçando o capital que conquistaram em alguns julgamentos, mesmo polêmicos. Votando a favor desses banqueiros ávidos e tresloucados, serão cúmplices e acumpliciados. Favorecendo esses sanguessugas do dinheiro da comunidade, é MELHOR QUE RENUNCIEM COLETIVAMENTE.

Se não RENUNCIAREM ou se APOSENTAREM SEM VENCIMENTOS, a coletividade do Brasil todo, deve ACAMPAR diante do Supremo. Não deixando que os Ministros ENTREM ou SAIAM. Pacificamente.

Reforma agrária

Todos os camponeses do mundo ocidental, (e não apenas eles) só se desenvolveram depois da reforma agrária. No Brasil essa reforma se esconde atrás do agronegócio, os governos se omitem com medo desses poderosos senhores da terra. Se julgam os salvadores do mundo, apregoam e acreditam que sem eles o pais morreria de fome.

Dona Dilma fez muito bem em receber os líderes do MST, 24 horas depois de uma vasta e importante manifestação. Mais de 30 mil pessoas, sem violência, mas assim mesmo agredidos pela polícia.

Mas não adianta nem resolve utilizar o imponente Palácio do Planalto para uma conversa de botequim. É preciso fazer, realizar, construir. Fortunas incríveis são feitas nas cidades e nos centros urbanos, apenas nas transações com terras.

Os “donos” da terra

Depois da indústria automobilística, os maiores anunciantes são os senhores dos negócios imobiliários. No Rio, estão construindo um campo de golfe para a Olimpíada. Depois, nesse terreno enorme, serão construídos 22 edifícios com 24 andares cada um. Mais fortunas imobiliárias.

Qualquer que seja a concepção ou a convicção sobre a criação do mundo, a terra jamais foi propriedade de alguém. Socialistas ou capitalistas. A terra é de Deus. Seja qual for a religião, a fé ou a crença do cidadão. O maior escândalo do Brasil em todos os tempos se chama NOVACAP. Quilômetros e quilômetros de deserto foram distribuídos, doados, destacados para privilegiados. Cidadãos de todas as origens e procedência, foram para Brasília já na posse e doação daquela terra imensa. E de graça.

PS – Saiu na Folha, do Painel de Vera Magalhães: Lobão elogiava um dirigente do setor elétrico que já ocupou muitos cargos. Mas ressalvou: “Ainda não foi Ministro de Minas e Energia. Se quiser o meu lugar terá que esperar muito tempo”.

PS2 – Como Lobão é senador e seu mandato termina agora, precisa se desincompatibilizar até 5 de abril. Duas hipóteses. 1 – Continuará Ministro não tentará a reeleição. 2 – Está tão desprestigiado, desprezado e tecnicamente desmoralizado, que considera 45 dias, de hoje a 5 de abril, “um tempo muito grande”.

PS3 – Nadal estreou com vitória, no ATP 500. O Brasil não está preparado para organizar competição como essa. A quadra central tem 6 mil e 200 lugares, um terço das outras do mundo. O Jóquei recebeu 20 milhões para montar os jogos.

PS4 – Além da quadra central, outras três, apertadinhas, com capacidade para 400 pessoas cada uma. Sem televisão, reclamação total. São 32 jogadores, 11 da Espanha. Se for campeão, Nadal só vai enfrentar compatriotas.
*Em 20/02/2014.


***

A MACONHA NO ALTAR DA PENICILINA, VERDADEIRA REVOLUÇÃO 


Reprimida, combatida, proibida, passou a ser considerada suicida. Entrou para a relação das drogas criminosas, custavam a reconhecer que não era nem mesmo uma droga. Grandes personalidades que chegaram aos postos mais altos nos seus países, confessavam que na adolescência fumavam maconha. Sem maiores conseqüências, não era considerado droga.

O presidente do Uruguai, o psiquiatra Lester Grinspoon

A tentativa de reabilitar ou liberar a maconha, parou em muitos obstáculos, principalmente em estados americanos. Faziam concessões que não concediam nada, permitindo apenas o uso medicinal. Só que agora, o ex-guerrilheiro presidente do Uruguai, ganhou as manchetes do mundo, fazendo aprovar no Congresso, liberdade total, para essa maconha que pode ser plantada e consumida por qualquer um. Voltou a expressão, que foi muito citada no Brasil, há pouco, por causa das biografias: “É proibido proibir”.

O Uruguai é um país pequeno, com três milhões de habitantes, mas veio provar que a Justiça provoca satisfação e reconhecimento, muito maiores do que a injustiça. E o mundo que se prende muito mais a notícias de assassinatos, de corrupção, e tudo isso junto com penitenciárias como a de Dona Roseana, colocou nas manchetes, a liberação dessa maconha. Que um psiquiatra que passou a vida estudando o problema, comparou-a á penicilina.

Agora, quem vai desmentir o pesquisador?

Ainda me lembro, eu era pequeno e o mar bramia, quando houve a revolução da Penicilina. Um estrondo de satisfação, o povo que não tinha direito a coisa alguma, teve aberta a caminhada da descoberta, que servia para curar doenças sem fim.

Foi uma consagração, primeiro perplexidade, depois o direito dos povos se utilizarem das mesmas soluções que salvavam e favoreciam as elites enriquecidas com o dinheiro que sobrava da exploração do esforço do trabalhador. E isso resistiu até hoje.

O psiquiatra e suas lições

Grinspoon, com 86 anos de idade, é reconhecido pelo menos por 60 anos de estudo sobre a maconha. Nunca teve medo da droga, nem mesmo se pudesse atuar sobre ele. Para os que se surpreendiam com tanto tempo de convivência com a maconha, respondia sempre: “Uso maconha, pessoalmente, há mais de 40 anos, se prejudicasse minha memória, é evidente que eu já saberia”. E continuou devassando essa planta tão idiozincrizada e assustadora.

Descrição de apenas alguns dos benefícios

Diz que a maconha tem um extenso e ainda não desvendado uso medicinal. Nem fala na satisfação e no uso recreativo da maconha. Começa por dizer que na “Califórnia, médicos receitam para dor nas costas, com sucesso total”.

A maconha já foi utilizada para aliviar dor de cabeça, disenteria, baixar imediatamente a febre, como solução para a depressão, até para acabar com a enxaqueca. E conclui essa lista: “Sozinho, descobri que a maconha é o tratamento por excelência para a dor de cabeça”. Sem contestação de especialistas consultados.

A transformação do psiquiatra

Seu depoimento pessoal é irrefutável. Confessa: “Até 1967 era comum o uso da maconha em festas”. Eu era o primeiro a dizer: “isso deve fazer mal a saúde”. Mas aí o psiquiatra afirma que começou a questionar suas próprias afirmações e convicções sobre a maconha. E, mergulhou no estudo dessa planta, dedicou toda sua vida a constatar sua aplicação e seus benefícios.

Eu um médico, acreditando em versões

Começou se questionando como profissional, reconheceu que como quase todas as outras pessoas, estava enganando a si mesmo, acreditava no que diziam sem o menor fundamento.

Afirmação importante do psiquiatra e pesquisador: “Um dia fui à biblioteca de Harvard para tentar descobrir a base cientifica da maconha. Li todos os estudos e fiquei satisfeitíssimo de reconhecer, eu e quase todas as outras pessoas sofremos lavagem cerebral”. Impressionante a constatação e a confissão.

“A partir de 1973, 40 anos, comecei a fumar. Não queria ser criticado pelo fato de recomendar mas não utilizar a maconha. Nunca mais parei”.

O médico, psiquiatra, professor e pesquisador, garante: “A maconha tem efeito anti-inflamatório, e ação analgésica. Eu tenho complicações de estômago e diabetes, isso me dá terrível sensação de náuseas. Por isso, quando vou a um restaurante, carrego um pouco da erva para emergência, mastigo um pouco e continuo a comer, sem maiores problemas”.

Maconha-penicilina

Para terminar, a consciência e consistência do grande pesquisador, que mais do que ninguém pesquisou coletivamente a maconha e se serviu dela, pessoalmente. “A maconha tem múltiplos efeitos, que serão aproveitados, depois de dissipados os temores. Em muitas doenças ou males, a maconha será uma descoberta para a humanidade, assim como foi a penicilina”.

Que o mundo e a humanidade, reconheçam essa oitava maravilha médica.
(Em 25/01/14)