10.12.15

CINCO DIAS PERDIDOS

CARLOS CHAGAS -


Faltava o Judiciário. Agora não falta mais. Também o Supremo Tribunal Federal, melhor dizendo, um de seus ministros, acaba de deixar  dúvidas sobre  suas obrigações constitucionais. Edson Fachin, alta noite de terça-feira, concedeu liminar para interromper o processo de impeachment da presidente Dilma. Claro que  dependendo  da concordância da maioria de seus companheiros, em sessão plenária marcada para a próxima quarta-feira.  Se não havia certeza  para sua decisão, por que mandou interromper tudo?

Leia mais na COLUNA