21.12.15

UMA HOMENAGEM MAIS DO QUE MERECIDA!

GERALDO PEREIRA -

Dois amigos: Wellington Cantal e Geraldo Pereira.
Se a homens que pela sua coragem pessoal, seu profundo amor a sua Pátria e a seu povo, e acima de tudo pela doação do seu saber, da sua inteligência, sempre colocados em prática na defesa dos mais humildes e necessitados – Wellington Cantal é um desses.

Não fui às justas e merecidas homenagens, que em boa hora a Associação dos Advogados Trabalhistas do Estado de São Paulo, a pouco lhe prestou. Chovia torrencialmente na capital paulista, antes do aguaceiro nos falamos por telefone.

Desnecessário dizer quanto m orgulho em ser seu amigo, seu irmão, seu camarada, nesse mundo desprovido desses belos sentimentos humanos, tão constantes na vida do Cantal.

Para o livro que a muito deveria ter sido editado, sobre a tortura no Brasil, corri parte do nosso país, colhendo depoimentos de bravos (e bravas) lutadores que com rara coragem souberam enfrentar o Golpe Militar de 31 de Março de 64, golpe militar que cometeu todas as arbitrariedades possíveis e imagináveis, invadindo lares a qualquer hora, prendendo, espancando,torturando e assassinando suas vitimas, Cantal foi uma delas.

Recorri aoBaú da Resistência’, é assim que chamo o local onde guardo os depoimentos desses admiráveis seres humanos. Confesso aos leitores da TRIBUNA DA IMPRENSA ONLINE que se constituiu, também, numa tortura para esse jornalista, ouvir essas pessoas. Tenho as filmagens com todas, acredito que possamos publicá-las e presenteá-los em breve, que poderão ouvir e ver o depoimento filmado, em vez de apenas ler o texto.

É uma contribuição nossa para que nunca mais sobre os céus da Pátria brasileira, tal infâmia se repita. (GP)

Leia mais em CULTURA