26.3.16

O GOLPE EM MARCHA NO BRASIL É CONDENADO PELA ONU; MAIS UMA CANALHICE DA VEJA

MIRSON MURAD -

A ONU condena a violência sexista praticada contra a presidenta Dilma. Em comunicado divulgado pela ONU Mulher consta: "Nenhuma discordância política pode justificar a banalização da violência de gênero".

Na nota, a ONU conclama a preservação da legalidade e lembra a Constituição Federal de 1988 assim como os tratados internacionais de direitos humanos que o Brasil é signatário.

Dilma tem sido vítima e xingamentos sexistas, de depreciação da figura de mulher e muitas outras violências como palavras de baixo calão.

Os traidores da pátria, comprados por interesses alienígenas, para justificar o golpe, arrogam-se honestos defensores da pátria mas são os mais corruptos de todos.

MAIS UMA CANALHICE DA VEJA


A Revista Veja está nas bancas com matéria de capa, em letras garrafais, onde Lula teria negociado com o embaixador da Itália asilo político para ele, dona Marisa e seus filhos, para escapar de serem presos.

Em nota oficial, a embaixada italiana desmente - categoricamente - esse folhetim da Abril chamado Veja. Na nota da representação diplomática da Itália, cada detalhe da panfletária "reportagem" é contestado com veemência.

Em outras palavras da embaixada, tudo, rigorosamente tudo o que está contido na matéria é mentira. Ainda existem pessoas idiotas que acreditam nesse pasquim. Como pode?

Cada vez mais, fica provado que a Veja está em conluio com os golpistas nazi-fascistas, disfarçados em oposição política brasileira, para tomar - de qualquer maneira - as rédeas do poder, mesmo que isso custe um prejuízo sem precedentes para o Brasil e para os brasileiros.