2.4.16

SERGIO MORO, DEPOIS DO PITO DO MINISTRO TEORI E DO PLENO DO STF, RETALIA O PT MAIS UMA VEZ

EMANUEL CANCELLA -


Os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) confirmaram, por maioria, nesta quinta-feira (31), a decisão do ministro Teori Zavascki de determinar a remessa ao Supremo dos procedimentos relacionados ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em que ocorreram interceptações telefônicas.

E o juiz Sérgio Moro, em retaliação à decisão do STF,  bate no PT para continuar na mídia, executando a 27ª FASE DA LAVA JATO: “CARBONO 14”.A operação bem poderia se chamar “Requentada”, pois tudo isso já foi falado e julgado pela justiça.

Se Moro está agindo como candidato estaria correta em sua estratégia em atacar o PT, mesmo que pareça para todos como perseguição pessoal. Isso porque Lula do PT é o ex presidente disparadamente melhor avaliado pela sociedade e provável candidato à presidência em 2018.

Mas como ação jurídica, Sérgio Moro deixa para trás Eduardo Cunha, Aécio Neves e os 500 denunciados da Odebrech para requentar o caso do secretário do PT  que recebeu de propina uma Land Hoover e ressuscitar o caso da morte do prefeito Celso Daniel. Alguém tem que dar um basta nas loucuras desse juiz pois daqui a pouco vai acusar Lula de ter traído Jesus por trinta moedas.

Fica aí a nossa sugestão, baseada na proposta da cantora Rita Lee, que propôs que a disputa da presidência fosse via o Big Brother. Globo coloca o seu juiz premiado, o juiz Sérgio Moro, no BBB! Quem sabe desse modo ele se eleja presidente?

*Emanuel Cancella é coordenador do Sindicato dos Petroleiros do Estado do Rio de Janeiro (Sindipetro-RJ) e da Federação Nacional dos Petroleiros (FNP).