14.5.16

OS "NOTÁVEIS" MINISTROS DO TEMER. PEDIDO DE DESCULPAS AO TEMER E AO MOREIRA FRANCO

MIRSON MURAD - atualizado às 20h -

32% estão com a ficha suja. São investigados pela Justiça ou já foram condenados: Romero Jucá tem 2 inquéritos contra ele no STF.  Eliseu Padilha foi investigado por peculato. Geddel Vieira está envolvido com a OAS na Lavajato. Zé Pinóquio Metrô Paulista, Chevron Pré-Sal Serra responde por Improbidade Administrativa, Kassab também.

Bruno Araújo está na lista da Odebrecht. Ricardo Barros "orientou" a prefeitura de Maringá para fazer "acordo" de 7,5 milhões de publicidade com 2 agências. Sarney Filho voou para o exterior com a família com sua cota de passagens.Mendonça Filho levou grana da Camargo Corrêa. Raul Jungmann, no governo FHC, teria fraudado licitação de publicidade. Marcos Pereira, por ser da Universal (Edir Macêdo) dispensa comentários.

Henrique Alves foi delatado por Alberto Yousseff. Sérgio Etcheggoyen é filho de general torturador e é crítico da Comissão da Verdade.Nos Transportes tem Maurício Quintela que foi condenado em 2014 por desvio de dinheiro da merenda escolar.

Blairo Maggi foi premiado pelo Greenpeace com a "Motosserra de Ouro" e foi alvo de investigação na Operação Ararath. Na Justiça. Michel Temer colocou o advogado do PCC Alexandre de Morais.

E o "presidente" Michel Temer foi testemunha de defesa do maior torturador do País, o monstro Coronel Ustra.


PEDIDO DE DESCULPAS AO TEMER E AO MOREIRA FRANCO

Tendo escrito e relacionado a lista dos 'NOTÁVEIS" MINISTROS do Michel Temer e,  por uma falha nossa, deixamos de "enaltecer" os feitos do próprio "presidente "Temer" e seu secretário especial Moreira Franco. Por tal erro, pedimos desculpas...

Temer, além de testemunha de defesa do maligno torturador coronel Ustra acumula, também, a qualidade de ser um agente da CIA.  Quanto ao "Gatinho Angorá", Wellington Moreira Franco, foi ele o manipulador instituído por Aécio Neves para desviar e abafar as investigações contra o Banco Rural onde o ex-governador de Minas Gerais e neto de Tancredo Neves estava envolvido até o pescoço.

Feito o pedido de desculpas ao Temer e ao Moreira Franco, nos desculpamos também com nossos leitores.