18.5.16

PRESIDENTE DA VENEZUELA ALERTA SOBRE PERIGO IMPERIALISTA

ROGER MCNAUGHT -


O presidente da Venezuela Nicolás Maduro realizou uma coletiva de imprensa ao vivo no início da tarde desta terça-feira, dia 17, onde denunciou ataques midiáticos e incursões contra a soberania de países latino-americanos.

Os consulados convocaram a imprensa para que acompanhassem ao vivo a transmissão e enviassem perguntas via consulado para o presidente.

Com tom firme, o presidente Maduro denunciou os constantes ataques midiáticos contra a soberania da Venezuela e demais países latino-americanos por parte da imprensa internacional bem como ataques diretos a governos de origem popular. Rechaçou severamente também a recente situação política brasileira e os ataques imperialistas no oriente médio. Munido de diversos artigos veiculados na imprensa internacional, fez duras críticas à forma como a imprensa internacional imperialista vem aos poucos minando a soberania da Venezuela e de seus vizinhos, e como tramaram junto a governos para desestabilizar a Unasul e as conquistas que a acompanham.

Por fim, uma revelação bombástica foi feita, a de que aviões não tripulados estariam deliberadamente adentrando o espaço aéreo venezuelano para fins de espionagem, em clara violação da soberania venezuelana. Com este ataque direto, o presidente teme por ações hostis contra seu país e seu povo, que seriam obviamente as primeiras vítimas de um ataque externo não provocado.

Mesmo em meio a denúncias graves, o presidente Maduro não perdeu de vista seu apelo pela paz e respeito à soberania dos povos tanto das Américas quanto do oriente médio, de forma clara e respeitosa.