22.6.16

CRIANCINHAS E ESGOTO NA SALA DE AULA; SÉRGIO MACHADO CONFIRMA: DEI PARA O TEMER SIM!

MIRSON MURAD -

Em Duque de Caxias cujo prefeito, Alexandre Cardoso, não é médico e, portanto, desconhece os princípios elementares da saúde pública, não cuida das criancinhas que são obrigadas a conviver com esgoto na sala de aula, respirando e se envenenando com os fedores da podridão.

Alguém me disse que eu estava enganado. Que Alexandre Cardoso é médico sim. Contudo, é impossível imaginar-se tanto descaso na administração pública de um rico município como é Duque de Caxias, permitindo tal descalabro com a saúde das pessoas, especialmente das criancinhas, sendo ele um médico. Não, não pode ser.

Não acredito! Deve ser calúnia contra o prefeito, para denegrir sua imagem de homem público, afirmar que sua excelência é formado em medicina. Um médico zelaria pela saúde pública.

Aliás, em Caxias falta tudo. A administração do município está ao Deus Dará. Perguntem aos moradores da cidade...

SÉRGIO MACHADO CONFIRMA: DEI PARA O TEMER SIM!

O ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, diz que deu. Deu para o Temer sim! Emocionado, cantou para Michel Temer:

"Se você não me queria, não devia me procurar.
Não devia me iludir, nem deixar eu me apaixonar.
Evitar esse amor é impossível, evitar essa dor é muito mais..."

"Negue o seu amor, o seu carinho, diga que você já me esqueceu.
Pise magoando com jeitinho, esse coração que ainda é teu.
( ... ) Diga que já não me quer. Negue que me pertenceu.
E eu mostro a boca molhada e ainda marcada pelo beijo teu!"

*Mirson Murad, colaborador da TRIBUNA DA IMPRENSA ONLINE, escreve originalmente seus artigos no blog Notícias em Análise.