28.6.16

DOMINICAL FANTÁSTICO DA GLOBO MENTE DESCARADAMENTE SOBRE BENEFICIO FARMÁCIA DA PETROBRÁS

EMANUEL CANCELLA -


Mais uma vez as Organizações Globo mentem para tentar manchar a imagem da Petrobrás. Foi essa mesma Globo que na década de 1990 fez campanha, comparando a Petrobrás a um paquiderme e chamando os petroleiros de “marajás”, em apoio ao governo de FHC que tentou privatizar a empresa.

Agora, a Globo com apoio da atual direção tenta passar para a sociedade que a empresa e todos os petroleiros são corruptos. A edição do programa Fantástico exibido neste domingo (26), falou sobre o Benefício Farmácia da Petrobrás, com a seguinte chamada: ‘Compra de remédio é nova fonte de fraude na Petrobrás’.

Os funcionários prestando contas à sociedade, já que a atual Direção da empresa não esclarece nada, informa que o Benefício Farmácia é custeado por todos os 300 mil funcionários e seus dependentes oficiais como: mulher, marido, filho etc. Pelo benefício o funcionário pode retirar o remédio, que não são todos, pois alguns tipos de medicamentos estão fora do programa, nas farmácias devidamente credenciadas. Inclusive medicamentos para diabetes, hipertensão e outros, que  são fornecidos de graça pelo governo a todos brasileiros.

Para o usuário efetivar a compra do remédio é necessário apresentar o cartão da Assistência Multidisciplinar de Saúde (AMS), a receita assinada pelo respectivo médico e a identidade.

Os funcionários chegam a pagar pelo benefício até R$16,53, individualmente, e para cada dependente incluído.  Inclusive cerca de 40% dos funcionários da empresa são novos funcionários, cuja maioria não faz uso de nenhum tipo de medicamento e mesmo assim pagam por si e por seus dependentes. Considerando o número de 300 mil usuários, com cada um pagando R$2,75 a R$16,53, dependendo da faixa salarial, a empresa arrecada cerca de R$ 3,5 Milhões por mês que já são descontados no contra cheque do funcionário. Que fique claro que os funcionários e seus dependentes pagam pelo Benefício Farmácia.

É importante lembrar que o Benefício Farmácia está suspenso desde setembro de 2015, segundo informe da companhia, por conta de uma decisão do Tribunal de Contas da União (TCU).  Durante esse período o reembolso dos valores, a retirada dos remédios, nas farmácias, o pagamento por conta dos funcionários ao beneficio estão suspensos. Quanto à matéria sensacionalista do Fantástico, que trata de historias envolvendo receitas em branco, sem assinatura do médico, remédio para animais, cabe informar que tudo isso esta fora da cobertura da assistência. Inclusive o jornal o Globo mente quando diz que o Beneficio Farmácia tem dez anos. O Benefício Farmácia começou em 31 de janeiro de 2014.

Diante da situação repudiamos a atitude da direção da companhia, agora presidida por Pedro Parente, réu em uma ação popular por prejuízos de 790 milhões à Petrobras em 2001, que diante desses ataques criminosos não vem a publico esclarecer o que é na verdade o Beneficio Farmácia. O blog da companhia ‘Fatos e Dados’ não esclarece nada, e no conteúdo corrobora com as denuncias da Globo.

Da mesma forma que passou as informações sobre o benefício, o que fica claro na matéria,  A Petrobrás deveria também esclarecer a sociedade. E não é a primeira vez que o Beneficio Farmácia é usado na tentativa de atingir a companhia e seus funcionários.

Em 06 de setembro de 2015, em declaração à Revista Veja, Murilo Ferreira, ex-presidente do Conselho de Administração da companhia, fez uma critica mentirosa se referindo ao Beneficio Farmácia, na reportagem em que disse: “Além dos políticos, funcionários também são 'donos' da empresa”.

Quanto a Globo, só resta mais uma vez constatar que a mesma usa o recurso da  ‘espetacularização’ negativa sobre a Petrobrás, ao produzir uma matéria nacional, num programa de grande audiência e usar o desvio de conduta de alguns funcionários citados na reportagem para justificar uma matéria tendenciosa. Acreditamos que os fatos que devem  ser apurados e se for o caso, que se puna os envolvidos.

Diante de tudo isso fica registrado o nosso repúdio à matéria, que não passa de mais uma tentativa de manchar a imagem da Petrobrás e de seus empregados.

Mas o que esperar das Organizações Globo? Uma empresa que sonegou o Imposto de Renda da Copa do Mundo de 2002. Que entre outros grupos da grande mídia como a Band, Folha, Grupo RBS, Jovem Pan, Editora Abril, responsável pela revista Veja, estão envolvidos no escândalo conhecido como  ‘Swissleaks’, que revela  o uso de contas secretas para lavagem de dinheiro no Banco HSBC na Suíça.

É bom frisar que essa mesma Globo também está envolvida em contas offshore para lavagem de dinheiro no escândalo conhecido como ‘Panamá Papers’. A Globo também é a principal suspeita no escândalo de corrupção da FIFA, tendo inclusive o seu principal sócio a TV Tem de São Paulo como réu confesso no processo. Além disso, a Globo monopoliza as transmissões de torneios da FIFA no país.

A Petrobrás sempre obedeceu a lei, diferente da Globo corrupta e golpista. Inclusive para provar isso o TCU suspendeu o Beneficio Farmácia da Petrobrás, que esperamos que o libere o mais rápido possível para tranquilidade de seus funcionários, dependentes, e, principalmente, os aposentados, inclusive alguns morrendo por falta de medicamentos.

E a Globo corrupta, golpista e  impune, ainda se acha no direto de difamar a Petrobrás e seus funcionários!

*Emanuel Cancella é coordenador do Sindicato dos Petroleiros do Estado do Rio de Janeiro (Sindipetro-RJ) e da Federação Nacional dos Petroleiros (FNP).