23.6.16

JUSTIÇA DE SÃO CARLOS/SP INDENIZA 8 FRENTISTAS DEMITIDOS SEM RECEBER DIREITOS; FRENTISTAS DO RIO GRANDE DO SUL CONCLUEM CAMPANHA SALARIAL

Via FENEPOSPETRO -


O Sindicato dos Frentistas de Ribeirão Preto finalizou na última semana, a entrega dos pagamentos referentes à indenizações trabalhistas a 8 ex-funcionários do Auto Posto Estância Suíça LTDA, de São Carlos-SP, que em 2003 demitiu a todos e não pagou  as verbas rescisórias. Na ocasião, a empresa decretou falência antes de fechar as portas. A liberação do crédito trabalhista no valor total de R$ R$ 268.567,32 é decorrente de  decisão da 1° Vara do Trabalho de São Carlos (TRT-15).

O frentista R.C.O, 38, que trabalhou na empresa por 4 anos antes de ser der demitido sem pagamento de salário e direitos, é um dos beneficiados pela ação judicial movida contra o posto, pelo sindicato. Ele  recebeu,na ultima quinta-feira (16), na sede do Sinpospetro de Ribeirão Preto, do presidente da entidade, Joabe Valença e o diretor  sindical Vanildo Custódio, a quantia de R$ 51 mil. “ A batalha foi longa, mas os empregados venceram; disse o diretor Vanildo, para quem o exemplo mostra a importância de o trabalhador persistir na busca pelos seus direitos, mesmo que demore pra receber, como foi o caso dos 8 ex-funcionários do Auto Posto Estância Suíça LTDA. (Assessoria de Imprensa Fenepospetro – Leila de Oliveira)

FRENTISTAS DO RIO GRANDE DO SUL CONCLUEM CAMPANHA SALARIAL


A categoria do Rio Grande do Sul (com exceção de Santa Cruz) concluiu na tarde de ontem (21) a Negociação Coletiva 2016/2017, cuja campanha é unificada entre os sindicatos de Pelotas, Porto Alegre e Federação Nacional Nacional – Fenepospetro. Pelo acordo firmado após 3 rodadas de negociação com a Sulpetro, a entidade patronal, os 31 mil trabalhadores do estado vão receber  9,88% de reajuste nos salários retroativos e 1° de maio, data-base da categoria,  e 9,90% a partir de setembro. Com o aumento, os salários passam para  R$ 1.032,oo e R$ 1.050,00, respectivamente, (já incluído os 30% de periculosidade). O presidente do Sindicato dos Frentistas de Pleotas, Miltom Rosseli classificou o resultado como razoável, diante das circunstancias econômicas no país”.

(Com inf: Assessoria Campinas-SP / Leila de Oliveira Colaborou/ Imagens: Milton Rosselli – presidente do Sinpospetro de Pelotas-RS)