9.7.16

DIREITOS HUMANOS - CAMINHADA PELA COMUNIDADE DA MARÉ COM PANFLETAGEM ATRAI PESSOAS DE TODO RIO DE JANEIRO

ROGER MCNAUGHT -


O complexo de favelas da Maré foi palco de uma caminhada no início da tarde deste sábado, dia 9 de julho. Moradores, mães, apoiadores e comunicadores se reuniram para uma caminhada com o intuito de panfletar e manter viva a memória da comunidade.

Durante uma das mais perversas violações dos direitos humanos cometidas por forças de segurança durante a ocupação militar no local, diversos moradores foram assassinados ou mutilados em enfrentamentos que – mais uma vez – se provaram infrutíferos na resolução do conflito urbano, que curiosamente causa mais estragos e perda de vidas na população pobre e periférica.


Diante dos jogos olímpicos (da vergonha), cresce a sensação de que mais pessoas podem ser vítimas dessa estratégia desastrosa que sequer consegue garantir a segurança dos próprios agentes do Estado, imaginem agora as vidas de idosos, crianças e trabalhadores que ficam diariamente sob fogo cerrado em uma guerra da qual não fazem parte.

Para alertar a todos de seus direitos e não permitir que mais violações caiam no esquecimento, o verso do panfleto distribuído na caminhada continha diversos telefones e contato de comissões e grupos dedicados à preservação dos direitos humanos.

Nosso compromisso para com a defesa da vida é constante e nos manteremos alertas à qualquer violação nos direitos humanos.