11.8.16

DILMA AGORA É RÉ; JORNALISTAS BABACAS MADE IN USA

MIRSON MURAD -


Os senadores votaram,ontem, pelo prosseguimento do processo de impeachment da presidenta Dilma. Tudo pela parca alegação de 3 pedaladas a ela atribuídas.

Mesmo que tenha praticado tais atos, não seriam passíveis de cassação de mandato e, se assim fosse, o relator Antonio Anastasia que é medalha de ouro nesse quesito, inúmeras vezes mais, estaria cassado e, quem sabe,até preso, há muito tempo.

Aliás, suas excelências , deputados e senadores, que querem porque querem o impeachment da Dilma são, na maioria esmagadora (uns 95 %), fichas sujas, borradíssimas.

Em seu discurso-voto pelo prosseguimento do golpe, o senador e presidente do PSDB, Aécio Neves, declarou em alto e bom tom que quem comete um crime tem que pagar por ele.

Aecinho tem 7 delações premiadas contra ele. todas prá lá de comprovadas, o que se conclui que o netinho do vovô precisa ser cassado e preso... Ou não?

JORNALISTAS BABACAS MADE IN USA

O maravilhoso espetáculo de abertura dos Jogos Olímpicos, no Rio de Janeiro, foi mostrado e comentado nos quatro cantos do planeta Terra.

Todavia, alguns jornalistas babacas, made in USA, criticaram a presença do 14 Bis, de Santos Dumont, Pai, indiscutível, dos aviões.

Esses babacas disseram que o brasileiro Santos Dumont não é o pai da aviação e sim dois irmãos nascidos nos States, de nomes... quais seriam mesmo seus nomes? Não consigo lembrar mas, diga-se de passagem, isso não tem importância, nenhuma importância mesmo.

É bom lembrar que, quando Bill Clinton era presidente dos Estados Unidos da América do Norte, vindo ao Brasil em visita oficial, reconheceu, publicamente, que - realmente - Alberto Santos Dumont é sim o Pai da Aviação e não seus patrícios.

Finalmente, para o Brasil e demais países do mundo inteiro, o crédito é do brasileiro. A opinião desses jornalistas babacas é apenas chorumela.

*Mirson Murad, colaborador da TRIBUNA DA IMPRENSA SINDICAL, escreve originalmente seus comentários e artigos no blog Notícias em Análise.